Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

PUG - Mulher trans funda mesquita para acolher muçulmanos LGBTQYRÇW@&%$#

ENCOSTOENCOSTO Member
editado March 11 em Religião é veneno
https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/03/mulher-trans-funda-mesquita-para-acolher-muculmanos-lgbtq.shtml

Grupo em Chicago defende direito de exercer fé fora do armário e sem medo

«1

Comentários

  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    A pessoa tem uma religião que lhe proíbe alguma coisa, daí ela cria sua própria religião onde aquilo é permitido.
    Ora, se é mandamento de algum deus, quem é ela para decretar que não é preciso obedecer?
  • 👍
    Não faz o menor sentido se afiliar a uma religião se NÃO CONCORDA com os postulados da religião.
    Claro: nos países onde o islão controla o Estado as pessoas são obrigadas a pelos menos fingir. E nesses casos tem é que ficar quieto ou tentar politicamente mudar o sistema de governo pra Estado laico...
    Agora, na America, não faz o menor sentido 👎
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Gorducho disse: 👍
    Não faz o menor sentido se afiliar a uma religião se NÃO CONCORDA com os postulados da religião.
    Claro: nos países onde o islão controla o Estado as pessoas são obrigadas a pelos menos fingir. E nesses casos tem é que ficar quieto ou tentar politicamente mudar o sistema de governo pra Estado laico...
    Agora, na America, não faz o menor sentido 👎
    Tipo as "Católicas pelo direito de decidir", que defendem o aborto.
    Ou católicos divorciados que procuram uma igreja que aceite casá-los.

    Ser católico implica em aceitar as 800 páginas do Catecismo Oficial da Igreja Católica, com casca e tudo, gostando ou não. Ao recusar um único item que seja, a pessoa deixa de ser católica. Fundou uma nova religião.


  • PugIIPugII Member
    Ser católico é uma coisa estranha.
    Ouço muito falarem em católico não praticante. Talvez, se possa ser honesto não praticante penso toda vez que escuto essa explicação estranha.

    Ainda ficou mais estranho pensar nestes não praticantes, desde que eu mesmo com alguma regularidade, passei a frequentar a missa.

    O interessante é observar de perto os comportamentos.
  • PugIIPugII Member
    editado March 12
    Lgtmgftxxxghj
    É uma coisa moderna, talvez, as religiões ao seu modo ainda mantenham um mínimo de sanidade no mundo.

    Há dias escutei a notícia de um trans-género que pretende ir além passando a Alien.

    Mundo é esquisito. O povo elege bosta como Bolsonaro.
    Os melhores intelectuais (direita) racionalizam o evento como mal necessário.

    Berghhh
  • PugIIPugII Member
    Islão quase não existe aqui.

    Acho que raramente vejo um sinal da sua presença. Desde que vim viver para o centro de Portugal sinto estar noutro mundo.
    Aqui, mesmo se a 1 hora em autoestrada de Lisboa, a vida passa devagar.
    Natureza, mesmo com parte do Pinhal ardido...mar, montes, Campos e vales...

    Um paraíso onde os males da modernidade não chegam. Até brasileiros aqui vivem...

    Uma fila de trânsito significa 10 carros em marcha lenta.


    Há aqui tudo o que é moderno, no entanto, sem o mal.


    Bolsonaro é mito.

    Esquerda que consta governar é invisível.

    ICAR existe discreta.


    O que tem estas palavras a ver com o caso?
    Nada.
  • PugIIPugII Member
    Chicago!!!

    Vivo em Leiria, tranquilo.
  • PugIIPugII Member
    Brasil ainda me interessa...
  • GorduchoGorducho Member
    editado March 12
    Ouço muito falarem em católico não praticante.
    Se por isso se entender católicos que não vão na missa 👍
    Ou mesmo me parecerá legítimo católicos contestarem o celibato dos seus cléricos, visto ser uma política arbitrária sem amparo escritural.
    Agora NÃO é legítimo filiados quererem mudar os fundamentos da religião que professem por livre e espontânea vontade. Se a(s) divindade(s) da religião em tela falou(aram) tal coisa, não cabe ao Fiel desdizer. E se não acreditam que a(s) divindade(s) tenha(m) falado o que a religião diz que falou(aram), então não se filiem nela.

    Mais ou menos exatamente como alguém se inscrever num mega torneio de xadrez on line e aí querer mudar as regras do jogo.
  • PugIIPugII Member
    editado March 12
    Gorducho disse:
    Ouço muito falarem em católico não praticante.
    Se por isso se entender católicos que não vão na missa 👍
    Ou mesmo me parecerá legítimo católicos contestarem o celibato dos seus cléricos, visto ser uma política arbitrária sem amparo escritural.
    Agora NÃO é legítimo filiados quererem mudar os fundamentos da religião que professem por livre e espontânea vontade. Se a(s) divindade(s) da religião em tela falou(aram) tal coisa, não cabe ao Fiel desdizer. E se não acreditam que a(s) divindade(s) tenha(m) falado o que a religião diz que falou(aram), então não se filiem nela.

    Mais ou menos exatamente como alguém se inscrever num mega torneio de xadrez on line e aí querer mudar as regras do jogo.


    Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência.


    Católico que não participa do culto é que nem virtuoso não praticante.
    É querer mudar regras a partir da base.

  • PugIIPugII Member
    Deus/ Allah não terá previsto dizer: gays, lésbicas, tsgfhzcxsfh são imorais.

    Bíblia diz algo mais claro acerca do assunto, mesmo assim a léguas da realidade actual.

    .....

    ICAR mudou atitude relativo à homossexualidade, pois não as regras mudam conforme o povo que as "recebe".
  • Voce pode criar o que quiser, mas não muda o que é tradicionalmente conhecido e isso muda totalmente cria se algo novo ao inves de se incluir naquilo que existe.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • ENCOSTOENCOSTO Member
    Ouço muito falarem em católico não praticante. Talvez, se possa ser honesto não praticante penso toda vez que escuto essa explicação estranha.

    Hipocritas existem em todas as religiões. Você mesmo é muçulmano mas nunca praticou a religião. No máximo, ficava de bunda virada para cima, com o rosto no chão, algumas vezes ao dia.


  • Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência
    [AL-ARAF]
    80 Et Lut, quand il dit à son peuple: « Vous livrez vous à cette turpitude que nul, parmi les mondes, n'a commise avant vous ?
    81 Certes, vous assouvissez vos désirs charnels avec les hommes au lieu des femmes ! Vous êtes bien un peuple outrancier. »



  • SilvanaSilvana Member
    Saudações Pug II

    Pug II disse: O que tem estas palavras a ver com o caso?
    Nada.

    Hahahaha.


    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
  • SilvanaSilvana Member
    editado March 12
    Saudações PugII

    Pug disse:
    Ser católico é uma coisa estranha.
    Ouço muito falarem em católico não praticante.

    Pug, vc saberia me informar mesmo que como observador não católico.

    O catolocismo ainda pode ser considerado a religião oficial em tua aldeia ?


    Pug disse:
    Brasil ainda me interessa...

    Para mim...
    Portugal tem cheiro de lar... Por isso a curiosidade.


    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
  • PugIIPugII Member
    Gorducho disse:
    Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência
    [AL-ARAF]
    80 Et Lut, quand il dit à son peuple: « Vous livrez vous à cette turpitude que nul, parmi les mondes, n'a commise avant vous ?
    81 Certes, vous assouvissez vos désirs charnels avec les hommes au lieu des femmes ! Vous êtes bien un peuple outrancier. »




    Merece verificação. Muito interessante.
    Desconhecia. A ser verdade é como a bíblia.
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Gorducho disse:
    Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência
    [AL-ARAF]
    80 Et Lut, quand il dit à son peuple: « Vous livrez vous à cette turpitude que nul, parmi les mondes, n'a commise avant vous ?
    81 Certes, vous assouvissez vos désirs charnels avec les hommes au lieu des femmes ! Vous êtes bien un peuple outrancier. »
    Como assim, "nenhum povo praticou a homossexualidade antes de vocês" ?!

    Garanto que até o homem das cavernas queimava a rosca.

  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    PugII disse:
    Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência.
    Ou seja, assim como no caso da Bíblia, não vale o escrito, vale a interpretação que se dá ao escrito.

    Um texto confuso e contraditório que admite múltiplas e contraditórias interpretações não merece respeito.

    Se viesse mesmo de algum deus, seria claro e se manteria claro ao longo dos milênios (a menos que a intenção do tal deus fosse semear a discórdia).

  • PugIIPugII Member
    Fernando_Silva disse:
    PugII disse:
    Se é de Islão que se fala, muitas regras são inferências humanas. Mudar regras é normal, quando se volta a fazer nova inferência.
    Ou seja, assim como no caso da Bíblia, não vale o escrito, vale a interpretação que se dá ao escrito.

    Um texto confuso e contraditório que admite múltiplas e contraditórias interpretações não merece respeito.

    Se viesse mesmo de algum deus, seria claro e se manteria claro ao longo dos milênios (a menos que a intenção do tal deus fosse semear a discórdia).


    Estou no celular, o que dificulta averiguar os versículos.

    Mas vou ver o que se pode fazer.
  • PugIIPugII Member
    Da versão em inglês vi que se trata do episódio da destruição de Sodoma e Gomorra.
    Não estou surpreendido. Assim, torna-se mais claro as posições islâmicas.

    Em tempos li algo acerca deste tema, já na era de Muhammad, que teria tido uma atitude menos drástica do que os ditos seguidores de hoje.


    Seja como for, criar leis actuais fundadas nos textos hebraicos é uma tarefa desafiante...
  • PugIIPugII Member
    editado March 13
    Lendo os versículos anteriores descobri que Muhammad terá agido de acordo com os mesmos.

    Adaptado ao nosso tempo daria algo como:
    Homossexualidade é para "esconder".
    Anti-agenda gay.
    ...
    Agiu, ainda em fase com os conservadores actuais (Ocidente). Mas em breve superados pela aceitação e normalização.
  • GorduchoGorducho Member
    editado March 13
    Da versão em inglês vi que se trata do episódio da destruição de Sodoma e Gomorra.
    Como várias vezes mencionou cá ter estado em França, achei que compreendesse o idioma. Desculpe disappointed.png
    Em tempos li algo acerca deste tema, já na era de Muhammad, que teria tido uma atitude menos drástica do que os ditos seguidores de hoje.

    A "atitude menos drástica" refere-se à [4:16] – agora em S/homenagem, numa versão português mrgreen.png
    E àqueles, dentre vós, que o cometerem, puni-os; porém, caso se arrependam e se corrijam, deixai-os tranquilos, porque Deus é Remissório, Misericordiosíssimo.
    Essa história que tem que matar é invenção dos fanáticos do Daesh. Não tem isso na Escritura.
    Seja como for, criar leis actuais fundadas nos textos hebraicos é uma tarefa desafiante...
    O tema cá não são leis civis; es decir: o Estado sendo controlado pelos cléricos.
    O tema é Crentes Religiosos – implícito: ESPONTANEAMENTE adotantes de determinada religião – quererem mudar os fundamentos dela.
    No caso das abraâmicas, a Palavra de Deus está posta nos textos Sagrados, e é ETERNA.
    Quem não acredita nisso NÃO PRECISA se filiar às religiões que isso afirmam. Mas não tem cabimento se filiar (espontaneamente) e depois querer "adaptar" a Palavra Divina a suas preferencias pessoais.
    O que será legítimo discutir seriam Ḥadīths; Talmud... Es decir: o que não for explicitamente A palavra de Deus, mas interpretações posteriores.
    E.g.: claramente infalibilidade papal e o celibato clerical são objetos legítimos de questionamento por serem arbitrários, sem fundamentação explicita na Escritura Ditada por Deus 👍


  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    PugII disse: Da versão em inglês vi que se trata do episódio da destruição de Sodoma e Gomorra.
    Não estou surpreendido. Assim, torna-se mais claro as posições islâmicas.

    Em tempos li algo acerca deste tema, já na era de Muhammad, que teria tido uma atitude menos drástica do que os ditos seguidores de hoje.

    Seja como for, criar leis actuais fundadas nos textos hebraicos é uma tarefa desafiante...
    Em Gênesis 19, Lot prefere entregar as filhas virgens para serem estupradas pela multidão a deixar que os tarados peguem os anjos que foram visitá-lo:

    Gênesis 19:4-8: E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros.
    E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos.
    Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si,
    E disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal;
    Eis aqui, duas filhas tenho, que ainda não conheceram homens; fora vo-las trarei, e fareis delas como bom for aos vossos olhos; somente nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do meu telhado.



  • PugIIPugII Member
    Muhammad terá mandado exilar, algo que verifiquei agora estar escrito na versão inglesa do Alcorão.
  • PugIIPugII Member
    Não pretendo defender quaisquer religiões, só que todos têm direito a mostrar o seu ponto de vista.

    Pretender fazer leitura literal do texto bíblico, não é muito diferente da mesma tentativa feita a partir de um texto jurídico. Cada advogado sua sentença, ou há sempre unanimidade nas decisões?

    A complexidade das questões não vai bem com a nossa tentativa pessoal de impor a nossa interpretação única.
    Desejamos que a realidade se molde aos nossos desejos, quando isto falha gera-se a frustração...

    No entanto, para haver coesão social, há que discernir um mínimo de entendimento. Um grupo de juízes, peritos, etc, decide este mínimo e o impõe aos demais. Habitualmente, faz-se por maioria qualificada, raramente, por unanimidade.


    nota: prefiro a ambiguidade das leis laicas escritas, mas em mutação, a uma ambiguidade a partir de textos imutáveis.


  • Ponto de vista? Naocexiste no Islao e o que esta no livro sagrado e acabou
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado March 14
    Percival disse: Ponto de vista? Nao existe no Islao e o que esta no livro sagrado e acabou
    Na verdade, existe sim. Cada teocracia é governada por uma seita com sua interpretação própria.
    O problema é que, sendo uma teocracia, a opinião de um grupinho é imposta a todos e quem discordar morre.

    É por isso que temos no Paquistão, por exemplo, um bando de imbecis exigindo que uma mulher seja enforcada porque teria falado mal do maluco profeta. Está na lei enforcar os blasfemos.

    No Irã, uma advogada acaba de ser condenada a 10 anos de prisão e 140 chicotadas por ter saído à rua com a cabeça descoberta.

    É revoltante, é asqueroso, mas haverá quem diga que é a vontade de algum deus segundo algum livro velho.

    Já foi assim com o cristianismo, mas católicos e crentelhos perderam grande parte do seu poder de mudar as leis e a Constituição.

  • Não pretendo defender quaisquer religiões, só que todos têm direito a mostrar o seu ponto de vista.

    Vai enganar caralho sua pulga .


    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    ok ! ok ! Eu acredito no ontem seus crentes !
     
  • GorduchoGorducho Member
    editado March 16
    Muhammad terá mandado exilar, algo que verifiquei agora estar escrito na versão inglesa do Alcorão.
    Fvr. citar o versículo...
    Desejamos que a realidade se molde aos nossos desejos, quando isto falha gera-se a frustração...
    Claro 👍 mas não tem cabimento querer moldar a Palavra da Divindade aos nossos desejos. A atitude certa é então não Crer em tal Divindade, ou não acreditar nos que disseram que a tal Divindade disse o que não nos agrada ouvir. E NESTE caso não tem cabimento se afiliar a uma religião onde é dito que tal Divindade disse aquilo.
    Eu tenho por hobby debater espiritismo em sítios dedicados (exclusiva ou entre outras coisas) a debater o espiritismo. Mas eu não vou ir num Centro Espírita e ficar lá dentro dizendo que mesas não se mexem sozinhas;
    que almas não se condensam;
    que "Jesus Cristo" é um mito;
    que "médiuns" não existem...
    Então, se for, irei socialmente (como nos templos diversos se tem que ir pra casamentos; batismos; serviços memoriais...), ficando quieto na minha, baixando a cabeça quando estão orando... e vou embora cumprimentando discretamente quem couber fazê-lo (mantemos as antigas amizades, até netos dos companheiros de mamãe).
    Se dizem que vão nos por nas orações, agradeço (sinceramente, pois um bom pensamento de pessoas bem intencionadas mal não fará).
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.