Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Multiculturalismo no c# dos outros é refresco !

123468

Comentários

  • PugIIPugII Member
    editado April 2017
    Usar Hitler para atacar o anti-racismo é uma inversão de valores.

    2º ponto.

    Os terroristas são humanos e devem ser compreendidos, isto é um sinal de maturidade racional e emocional.
    O ponto é haver cada vez mais pessoas a cederem nos instintos primários - raiva ou medo.
    O mundo é cinzento e exige o uso da racionalidade de modo inteligente e não em modo instintivo.
    A dificuldade do pensamento extremista do terrorista está não entender o que acima expus.
    Obviamente, o meu discurso é rejeitado por extremistas, pois não conseguem pensar com racionalidade libertos do emocional mais primitivo.
    Vejamos de perto o que eu digo: o terrorista é humano, por si é óbvio. Nem precisa acrescentar nada, excepto para quem tem uma percepção deturpada da realidade.
    Compreender as motivações do terrorista, permite lidar com causas profundas para a existência do mesmo. Mais importante, permite vencer a guerra ideológica. O Humano primário irá perder a guerra ideológica a prazo.
    No entanto, o que aqui ainda não foi dito claramente, pois nem deveria ser necessário - compreender o terrorista não é aceitar os seus actos e nem sequer deixar impunes os mesmos.

    As perguntas que muitos não se colocam - porque se pede por sangue com tanta facilidade?
    Porque se pede por perseguição do outro com tanta facilidade?

    Estas perguntas deviam ser respondidas por cada um, com sinceridade. Tendo em conta que as mesmas nada têm a ver com defender ou apoiar o terrorismo. Elas são uma auto-análise da violência em cada pessoa.

    Seremos capazes de reconhecer em nós a fonte da violência?

    Repito em modo de resumo: só um humano maduro pode permitir-se compreender os actos dos terrorista. Os restantes estão em modo de instinto terrorista. 
  • Os terroristas são humanos e devem ser compreendidos, isto é um sinal de maturidade racional e emocional.

    - Devem ser compreendidos para ser impedidos, capturados, e, mortos, se preciso, se compadecer deles como pobres vítimas das circunstâncias, que precisam de carinho e diálogo é ensinar carneirinhos a enfiar seus pescoços na boca dos lobos.

    - Terroristas são monstros e devem ser vistos e tratados como tal, não importa sua humanidade e sim a humanidade de suas vítimas.

    Abraços,
  • PugIIPugII Member
    editado April 2017
    A Europa não está em risco devido a uma ameaça exterior. Não é o exterior que nos muda, somos nós que mudamos a nós mesmos. Em termos de sociedade é semelhante.
    A Europa está em declínio devido ao capitalismo. A atomização da sociedade e a busca pela máxima eficiência individual levou a disrupção social. Perderam-se os laços comunitários.

    O capital não tem pátria - esqueceram?

    Acusem o exterior da responsabilidade, que só estarão a fechar os olhos para a calamidade do neoliberalismo.

    A UE no modelo actual é capitalista neoliberal, arrasador da diferença. Torna-se num modelo totalitário não pela instituição UE, mas pelo seu fundamento se ter tornado o capitalismo. 

    Meus caros, não é à toa que se fala em ter um Mc Donald em cada país. Isto chama-se de máxima eficiência - a uniformização total - maximização dos recursos e lucros.

    O modelo capitalista não respeita a história dos povos e impõe um clima de terror e dominação de uns sobre os outros. 
    Não estou a falar de modelo alternativo, somente a mostrar a realidade tal como ela se apresenta. Podemos aceitar ou não. Gostar ou não. Mas é isto que se passa - a subjugação dos povos ao capital em todo o mundo. O Brasil está à beira de implodir, depois de ter abraçado o modelo de especulação capitalista. 
    O modelo capitalista exige crescimento e consumo continuado, o Brasil fez isso - deu no que se sabe.

    Para terminar estas reflexões soltas:
    A Alemanha é rica, o seu povo nem tanto. Há muita miséria na Alemanha, daí a revolta popular. Há um fosso enorme entre pertencer a um sector especifico e o resto da sociedade. Esta miséria pouco visível é um perigo interno na Alemanha. Aliás, um perigo em toda a Europa.
    Os europeus quando lhes falta o pão, reagem como todos os outros - lutam...
  • O Capitalismo é responsável por criar uma cultura milenar monstruosa, aham.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado April 2017
    PugII escreveu:
    A Europa não está em risco devido a uma ameaça exterior. Não é o exterior que nos muda, somos nós que mudamos a nós mesmos. Em termos de sociedade é semelhante.
    A Europa está em declínio devido ao capitalismo. A atomização da sociedade e a busca pela máxima eficiência individual levou a disrupção social. Perderam-se os laços comunitários.
    De quem foi a culpa pela ocupação islâmica de Portugal e Espanha por 7 séculos e pela quase invasão da França, detida a custo?
    Do capitalismo?

    A convicção islâmica de que é preciso impor sua crendice ao planeta não vem ao caso?
  • PugII disse: O Brasil está à beira de implodir, depois de ter abraçado o modelo de especulação capitalista. 

    E eis que, sob o verniz pseudo-filosófico, surge a motivação política que os pseudo-filósofos tão bem sabem ocultar.
     
    Pug, guarde suas baboseiras para o seu país que, do nosso, entendemos nós.
     
    Depois de décadas de doutrinação comunista, aparelhamento das Instituições, etc. e tal, e cinco, quase seis, governos esquerdopatas, o Brasil está essa merda por causa do capitalismo. Brilhante. Mas não surpreende.


     
  • PugIIPugII Member
    editado April 2017
    Fernando_Silva disse:
    Fernando_Silva disse: A Europa não está em risco devido a uma ameaça exterior. Não é o exterior que nos muda, somos nós que mudamos a nós mesmos. Em termos de sociedade é semelhante.
    A Europa está em declínio devido ao capitalismo. A atomização da sociedade e a busca pela máxima eficiência individual levou a disrupção social. Perderam-se os laços comunitários.
    De quem foi a culpa pela ocupação islâmica de Portugal e Espanha por 7 séculos e pela quase invasão da França, detida a custo?
    Do capitalismo?

    A convicção islâmica de que é preciso impor sua crendice ao planeta não vem ao caso?

    Essa sua interpretação assíncrona da história diz muito do actual estado de coisas.

    Hannah Arendt no seu famoso livro aponta o dedo aos judeus.

    Continuando. A Europa poderá vir a se rmuçulmana, só e somente se, não houver nada melhor.
    O Pganaismo foi varrido do mapa pelo cristianisno vindo das terras do deserto. Porquê? O paganismo não respondia à necessidade das comunidades.
    O Islão responderá a esta necessidade? Ainda não.

    A ameaça é nós apontarmos o dedo ao judeu e deixarmos o nosso vizinho na merda.
    Correcção: a ameaça é nós apontarmos o dedo ao muçulmano e espezinharmos o nosso vizinho.

    O que me leva a considerar o capitalismo como causa disto?
    O parasitismo financeiro que retira os recursos aos desfavorecidos. Sendo que estes últimos são legião em crescendo.
    O capitalismo corrompeu as fundações morais da Europa, e isto, a nível das elites ( quem governa).

    O modelo comporta dentro de si aquilo que o torna maligno. 

    Meus caros, baixem as defesas e pensem comigo:
    uma sociedade não resiste se não conseguir manter a coesão social. O que está a destruir esta coesão são dois factores e não só um. O multiculturalismo mal compreendido, isto é, que não preserva diferença real. O erro está em pensar-se que diferença é misturar a todos, mas dentro de um modelo  (totalitário capitalista) de sociedade único. Ou seja, a diluição das identidades. Portanto, nisto parecemos estar em sintonia. A chegada de milhares ( milhões) de pessoas de outras comunidades serve os interesses de diluição.
    No entanto, a análise é incompleta sem o factor que cria isto - o capitalismo.
    Como? Porquê?
    Mercado. Um mercado em que todos comem a mesma merda é preferível.
    Acresce quanto mais pessaos vierem mais o mercado de trabalho se flexibiliza. 
    Etc.


    A solução para parar a hemorrogia?
    Reintroduzir o conceito de diferença.
    Um grego não é um alemão.
    Um europeu não e um africano.
    etc
  • PugIIPugII Member
    O que parece não ser compreendido, o meu conceito de multiculturalismo é fiel à palavra. Temos múltiplas culturas e não uma. Ao passo que o capitalismo formata a todos dentro de um modelo único.

    Vcs duvidam disto, mas se eu falar: coca cola, hollywood, fnac, airbus, toyota, starbucks ( que aprecio)...saberão do que estou a falar. 

     
  • PugIIPugII Member
    editado April 2017
    A convicção islâmica de que é preciso impor sua crendice ao planeta não vem ao caso?

    Não. Vc quer o mesmo, que todos pensem como vc - pense lá e verifique.

    É para o lado que durmo melhor, saber que há no mundo quem queira que a sua crença se universalize.
    Imagine que deverá haver pelo menos umas boas 7 000 000 000 de pessoas com essa atitude por aí.

    Uma religião pretender-se universal não é novidade. O ponto fundamental é saber - quão seguros nos sentimos naquilo em que acreditamos?
    Num tom meio abstracto consideremos as crenças ocidentais - o que tememos?

    Para ser claro - se acreditamos em liberdade, porque desejamos o inverso para nos proteger a liberdade?
    Não faz sentido.

     
  • É muito bom que venha o Pug  e fale  em termos de dicotomia entre  "capitalismo" x outra merda qualquer, pois fica claro que do que se trata na verdade é de liberdade X imposição.
    Meu PC é Pai, Filho, e Espírito Santo. O pai é o hardware, o filho, o software, e o ES, a energia elétrica.
  • PugII escreveu: »
    A convicção islâmica de que é preciso impor sua crendice ao planeta não vem ao caso?

    Não. Vc quer o mesmo, que todos pensem como vc - pense lá e verifique.

    É para o lado que durmo melhor, saber que há no mundo quem queira que a sua crença se universalize.
    Imagine que deverá haver pelo menos umas boas 7 000 000 000 de pessoas com essa atitude por aí.

    Uma religião pretender-se universal não é novidade. O ponto fundamental é saber - quão seguros nos sentimos naquilo em que acreditamos?
    Num tom meio abstracto consideremos as crenças ocidentais - o que tememos?

    Para ser claro - se acreditamos em liberdade, porque desejamos o inverso para nos proteger a liberdade?
    Não faz sentido.

     


    De novo essa xaropada filosófica que não responde a questão.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • EmmedradoEmmedrado Member
    editado April 2017
    Os Islamitas se  explodem e explodem bombas por todo o planeta .
    Maldito Capitalismo !
    Maldita cultuta ocidental !
    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • PugIIPugII Member
    Vejam um surto histriônico em curso acima haha
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Ao longo de dezenas de milênios, humanos vêm matando humanos, civilizações são destruídas sem deixar pedra sobre pedra. Qual era a desculpa que os antigos davam antes de existir o capitalismo?
  • Corja ! Filhos da puta !
    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • PugIIPugII Member
    Ao longo de dezenas de milênios, humanos vêm matando humanos, civilizações são destruídas sem deixar pedra sobre pedra. Qual era a desculpa que os antigos davam antes de existir o capitalismo?

    :)

    Vc deixou o catolicismo, mas nunca largou a religião.
  • Organizadora da marcha das mulheres contra Trump defende a Lei Sharia 21 de janeiro de 2017
    Linda-Sarsour-007-e1485026471747.jpgConforme a Motto, Linda Sarsour, uma das principais organizadoras da Marcha das Mulheres – promovida pela esquerda, contra Donald Trump – defende a Lei Sharia.Linda Sarsour é ligada ao Partido Democrata, e seus posts abaixo não deixam margem à dúvidas.Algo me diz que a narrativa gerada pela marcha de hoje vai ser tiro no pé da esquerda de novo.evid1-640x359.jpgevid2-640x311.jpgevid3.jpg

    http://www.ceticismopolitico.com/organizadora-da-marcha-das-mulheres-contra-trump-defende-a-lei-sharia/
    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • PugIIPugII Member
    Para terminar a miha visita:

    O multiculturalismo é uma coisa excelente. O mau é o capitalismo que torna a todos iguais.

    Quando se inverteu a ideia de multiculturalismo, fazendo crer que isto significa ser igual, então surgiram os problemas.

    No fim tudo é um problema de identidade. Uma questão profunda e que deve ser tratada na raíz. Mas, aparentemente, a maioria prefere a superficie. 
    Esquerda vs direita ( quando são uma e a mesma coisa na prática governativa).
    Terrorismo vs terrorista - sim, vc adivinho, iguais...

    Capitalismo:
    fazer dinheiro custe o que custar. 
  • Capitalismo:
    fazer dinheiro custe o que custar.

    Me dá o seu dinheiro então, que eu tô até precisando.

    Se quiser te passo meus dados bancários em privado pra fazer o depósito.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • O capitalismo torna todo mundo igual na medida em que proporciona oportunidades iguais.
    Meu PC é Pai, Filho, e Espírito Santo. O pai é o hardware, o filho, o software, e o ES, a energia elétrica.
  • Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • Prefeito de Beziers (França) é condenado por criticar alto número de muçulmanos em uma sala de aula2048x1536-fit_robert-menard-le-12-fevrier-2015-e1493332586376.jpgO prefeito de Beziers (França), Robert Menard, foi condenado de “incitar o ódio” somente por ter dito que a distribuição de 91% de muçulmanos em uma sala de aula é problemático. As informações são do The Blaze.Ele disse, durante uma entrevista de TV que “em uma das salas de aula em meu distrito, 91% das crianças são muçulmanas. Isso é um problema”. Ele também mencionou que nos anos 70 a coisa era bem diferente.O juiz disse que Menard reduziu crianças “à sua religião, independentemente do quanto eles possuem nacionalidade francesa ou não a praticam”. Ele foi condenado a pagar 2,000 euros de multa, mas planeja apelar.O truque dos censores é esse: deixar termos como “ódio” ou “incitação ao ódio’ tão vagos e elásticos para contemplar atos irrelevantes de qualquer um que divirja politicamente do establishment. O estabelecimento de punições autoritárias e arbitrárias deste tipo é apenas parte de um método.http://www.ceticismopolitico.com/prefeito-de-beziers-franca-e-condenado-por-ver-problema-em-91-de-muculmanos-em-uma-sala-de-aula/#more
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Percival disse: Prefeito de Beziers (França) é condenado por criticar alto número de muçulmanos em uma sala de aula2048x1536-fit_robert-menard-le-12-fevrier-2015-e1493332586376.jpgO prefeito de Beziers (França), Robert Menard, foi condenado de “incitar o ódio” somente por ter dito que a distribuição de 91% de muçulmanos em uma sala de aula é problemático. As informações são do The Blaze.Ele disse, durante uma entrevista de TV que “em uma das salas de aula em meu distrito, 91% das crianças são muçulmanas. Isso é um problema”. Ele também mencionou que nos anos 70 a coisa era bem diferente.O juiz disse que Menard reduziu crianças “à sua religião, independentemente do quanto eles possuem nacionalidade francesa ou não a praticam”. Ele foi condenado a pagar 2,000 euros de multa, mas planeja apelar.O truque dos censores é esse: deixar termos como “ódio” ou “incitação ao ódio’ tão vagos e elásticos para contemplar atos irrelevantes de qualquer um que divirja politicamente do establishment. O estabelecimento de punições autoritárias e arbitrárias deste tipo é apenas parte de um método.http://www.ceticismopolitico.com/prefeito-de-beziers-franca-e-condenado-por-ver-problema-em-91-de-muculmanos-em-uma-sala-de-aula/#more

    BAH... Franceses ...
    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • União Europeia planeja novo pacote de “8 a 10 milhões de imigrantes”
    9 de maio de 2017 refugiados.jpg


     O diretor do escritório das Nações Unidas em Genebra, Michael Møller, já deu o toque: a Europa deve se preparar para a chegada de milhões de imigrantes da Africa, da Asia e do Oriente Medio.


     Em entrevista ao The Times, Møller disse: “O que nós estamos assistindo é uma das maiores migrações humanas da história. E isso vai acelerar. Todos os jovens possuem celulares e eles podem ver o que está acontecendo em outras partes do mundo, e isso atua como um imã”.


     O ministro do desenvolvimento da Alemanha, Gerd Müller, disse algo similar: “Os maiores movimentos migratórios estão ainda por vir: a população da Africa vai dobrar nas próximas décadas. Um país como o Egito irá ver um aumento de 100 milhões de pessoas. A Nigeria deve ter um aumento de 400 milhões. Em nossa era digital com a Internet e os smartphones, todos conhecem nossa prosperidade e estilo de vida”.


     Muller lembrou que cerca de 10% daqueles que estão se movendo chegaram à Europa: “De 8 a 10 milhões de imigrantes estão caminho”.

     Não cabe na Europa. Eis o risco da lei de imigração aprovada no Brasil.



    http://www.ceticismopolitico.com/uniao-europeia-planeja-novo-pacote-de-8-a-10-milhoes-de-imigrantes/#more
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Percival disse: União Europeia planeja novo pacote de “8 a 10 milhões de imigrantes”
    9 de maio de 2017 refugiados.jpg


     O diretor do escritório das Nações Unidas em Genebra, Michael Møller, já deu o toque: a Europa deve se preparar para a chegada de milhões de imigrantes da Africa, da Asia e do Oriente Medio.


     Em entrevista ao The Times, Møller disse: “O que nós estamos assistindo é uma das maiores migrações humanas da história. E isso vai acelerar. Todos os jovens possuem celulares e eles podem ver o que está acontecendo em outras partes do mundo, e isso atua como um imã”.


     O ministro do desenvolvimento da Alemanha, Gerd Müller, disse algo similar: “Os maiores movimentos migratórios estão ainda por vir: a população da Africa vai dobrar nas próximas décadas. Um país como o Egito irá ver um aumento de 100 milhões de pessoas. A Nigeria deve ter um aumento de 400 milhões. Em nossa era digital com a Internet e os smartphones, todos conhecem nossa prosperidade e estilo de vida”.


     Muller lembrou que cerca de 10% daqueles que estão se movendo chegaram à Europa: “De 8 a 10 milhões de imigrantes estão caminho”.

     Não cabe na Europa. Eis o risco da lei de imigração aprovada no Brasil.



    http://www.ceticismopolitico.com/uniao-europeia-planeja-novo-pacote-de-8-a-10-milhoes-de-imigrantes/#more

    A EUROPA JÁ ESTÁ FODIDA . A LUTA AQUI NO BRASIL TEM QUE COMEÇAR ONTEM !
    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • JudasJudas Moderator
    Como europeus gostam de ser estuprados e abusados!

    Deve ser fetiche, só pode.
  • Esse ranço esquerdista que não sai da Europa.

    A França está fodida por ter eleito o Macron, comunista enrustido FDP.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O futuro é = 1 e não pode ser outro .Que a sorte nos acompanhe amém .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin
    Azafatas-a-todo-o-nada.jpg
     
  • Netanyahu também desce a ripa na mídia americana: “fake News”
    9 de maio de 2017 7657658-e1494299167283.jpg


    A grande mídia dos EUA andou noticiando que o grupo palestino Hamas iria aceitar um Estado Palestino. Conforme o primeiro ministro Benjamin Netanyahu, isso não passa de “fake news”.


     Aliás, produzir notícias falsas se tornou especialidade da mainstream media. CNN e outras fontes foram citadas por Netanyahu por produzir esse bagulho.

     “Já pensaram sobre o que são as ‘fake news’? Semana passada, manchetes na CNN, na Al Jazeera e no Guardian disseram que o Hamas agora aceita um estado Palestino conforme as regras de 1967. O NY Times disse que isso é ‘moderação’. Isso significaria que o Hamas agora aceita o Estado de Israel”, disse o primeiro ministro.

     “Ótimas notícias, certo? Bem, exceto por um pequeno detalhe. Essa é uma completa distorção dos fatos. O novo documento do Hamas diz que Israel não tem direito de existir. Eles dizem que cada polegada de nossa Terra pertence aos palestinos. Dizem também que não há outra solução a não ser extirpar Israel”.


     Netenyahu disse que o documento do Hamas mostra que o grupo palestino não está a fim de paz com Israel: “Eles mudaram a requisição. Antes pediam genocídio de todos os judeus e agora pedem aniquilação de Israel. Isto é alguma forma de progresso ou moderação? Apenas se você não tiver nenhum padrão”, disse.

     “Se já é ruim o suficiente que o Hamas minta para o mundo, nós não temos que mentir para nós próprios. O Hamas mata mulheres e crianças. Eles lançaram dezenas de milhares de ataques com mísseis sobre nossas casas. Eles lavam o cérebro de crianças palestinas para cometer suicido em campos de treinamento terrorista”, completou.


     Ao fim de sua apresentação Netenyahu, jogou o documento do Hamas na lata do lixo. Mesmo lugar onde devem ficar as notícias da CNN, do Guardian e do NY Times.

    http://www.ceticismopolitico.com/netanyahu-tambem-passa-a-ripa-na-midia-americana-fake-news/
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • PugIIPugII Member
    Multiculturalismo é bom, desde que recuperemos o seu sentido plural do termo.

    A diferença é uma coisa boa, não para tornar tudo relativo, mas para sabermos quem somos. 

    O combate ao multiculturalismo e a sua apologia é um equivoco geral.

    Na lusitânia somos um povo, com uma história e determinados hábitos. Nós não somos nem desejamos ser alemães. 
    Isto tem sido esquecido pela escumalha capitalista/comunista.
    Para uns só existe mercado para outros idem ao seu modo...
     
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.