Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Segundo Goldman, Doria não tem o “perfil da história política do PSDB”… É verdade, ele não tem mesmo

Alberto Goldman, vice-presidente nacional do PSDB, disse que João Doria não tem o “perfil da história política do PSDB.” Ele criticou o prefeito paulistano em entrevista para o Expresso, da Época, e disse que Doria não mostrou resultados até agora.

Claro que isso é mentira. Doria tem mostrado muito mais resultado do que qualquer político da atualidade no país. Aliás, ele cumpriu em dois meses boa parte daquilo que prometeu, o que já é algo bem acima da média. Só por isso, gente como Goldman já não deve conseguir dormir direito. Contudo, dizer que Doria não tem o perfil do PSDB é praticamente um elogio. É claro que Doria não tem.

Qual é o perfil do PSDB?

Em geral, um partido de centro-esquerda que raramente tem suas oscilações à direita. O perfil do PSDB é o perfil de gente como José Serra ou Aécio Neves, que em geral são bundões, frouxos e como oposição aos petistas deixam muito a desejar. FHC, por sua vez, é praticamente um aliado assumido do PT, do tipo que fica bravo quando alguém critica Lula, mesmo que o próprio Lula e seus seguidores o tenham atacado por anos.

É óbvio que João Doria não se encaixa nesse perfil. Ele teve mais coragem do que qualquer tucano, desde a campanha eleitoral, ao criticar Lula de forma clara e direta. Nos debates, quando necessário, colocou Haddad e Erundina em seus devidos lugares. Além disso ele teve coragem de prometer – e cumprir – coisas que tucano nenhum teria peito para dizer ou fazer. Sua postura é realmente muito distante da realidade do PSDB, é exatamente por isso que sua popularidade está tão alta.

No atual momento, Doria agrada a população, e isso desagrada os tucanos mais tradicionais, mais fisiológicos. Além disso, ele tem sido uma ameaça real à extrema-esquerda, coisa que até o momento nenhum político tradicional conseguiu ser. Se ele vai seguir nessa direção ainda não dá para saber, mas se continuar assim a coisa tende a ir muito longe.

http://www.ceticismopolitico.com/segundo-goldman-doria-nao-tem-o-perfil-da-historia-politica-do-psdb-e-verdade-ele-nao-tem-mesmo/
  “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]

Comentários

  • Quatro monstros da Rede que ficaram contra doações para Gestão Doria perderam na Justiça
    Nesta quinta, o juiz Danilo Mansano Barioni, da 1ª Vara da Fazenda da capital paulista, negou pedido de liminar em ação popular que pedia a proibição de o prefeito João Doria (PSDB) receber doações de particulares para a Prefeitura. A ação havia sido movida por quatro militantes da Rede, linha auxiliar do PT. Eles diziam que as empresas queriam lucro e portanto teriam interesses em fazer doações.

    O juiz não deu a mínima para o papo-furado ridículo da extrema-esquerda e disse: “Não há dano, lesão ou ameaça de lesão concreta ou imediata a debelar. Este o ponto nodal e, em princípio, suficiente, ao indeferimento da liminar”.

    O juiz ainda questionou: “Ao ajuizarem esta demanda, doaram parte do seu precioso tempo, empenharam seu bom nome, tudo com vistas à obtenção de algo que acreditam e que, se acolhido, asseguraria a visão que têm de melhor direcionamento administrativo, não seu interesse individual. Circunstancialmente têm, os quatro, filiação partidária, vinculados à REDE SUSTENTABILIDADE, partido que, parece, não integra a base de apoio do Prefeito. Ora, quem poderia dizer, sem ser leviano ao ajuizarem esta demanda movem-se por fins outros que não o da crença num país melhor?”.

    O juiz foi até bonzinho, pois ele poderia ter questionado: quão o nível de desumanidade monstruosa possui alguém que luta para que a população carente não seja beneficiada por doações? Tenha medo, tenha muito medo dessa gente do Rede Sustentabilidade.

    http://www.ceticismopolitico.com/quatro-monstros-da-rede-que-ficaram-contra-doacoes-para-gestao-doria-perderam-na-justica/
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • ENCOSTOENCOSTO Member
    Vamos ver se Doria resolve problemas historicos de São paulo: Inundações, por exemplo.

    Ficar varrendo a rua para se deixar ser filmado é bonitinho e motivador, mas só.
  • PercivalPercival Member
    editado March 20
    ENCOSTO escreveu: »
    Vamos ver se Doria resolve problemas historicos de São paulo: Inundações, por exemplo.

    Ficar varrendo a rua para se deixar ser filmado é bonitinho e motivador, mas só.

    Verdade: veremos como ele se sai nessa gestão porque ele tem tomado medidas boas, mas fica muito esse lance de querer holofote ainda.

      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Extrema-esquerda chora ao saber que Doria vai economizar R$ 400 mi com privatização de parques
         HomeNotaExtrema-esquerda chora ao saber que Doria vai economizar R$ 400 mi com privatização de parques27 de março de 2017 2915821357-joao-doria-jr-participa-do-panico-veja-fotos.jpgEm sua série de melhorias para a cidade de São Paulo (geralmente a custo zero), o prefeito João Doria segue promovendo a concessão de parques da cidade à iniciativa privada. Vale lembrar que em sua campanha o prefeito disse que “não quer um centavo” da concessão dos parques paulistanos à iniciativa privada.O comentário de Doria foi feito ao G1 ao tratar seu objetivo de manter os 107 parques municipais ao custo de R$ 100 milhões por ano. “São R$ 400 milhões em uma gestão, valor que daria para construir dois hospitais”, disse.Sabe o que dói mais para a extrema-esquerda? É que esse dinheiro sai das mãos dos mamadores de tetas estatais, que poderiam gastá-lo de maneira menos responsável do que fariam com o dinheiro de hospitais.Ao inserir essa cultura de eliminação de desperdício, Doria complica até a vida de futuros prefeitos socialistas que queiram torrar o dinheiro dos outros à rodo.

    http://www.ceticismopolitico.com/extrema-esquerda-chora-ao-saber-que-doria-vai-economizar-r-400-mi-com-privatizacao-de-parques/
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • João Doria ainda vai se prejudicar com esse discursinho de “social democracia”661080-970x600-1-1.jpegNão chega a ser surpresa que João Doria tenha um discurso social-democrata, por vezes em excesso. Ele próprio se identifica assim, e já chegou ao equívoco de dizer que preferiria que Hilary ganhasse nos EUA em vez de Trump, o que considero completo disparate.
     Em entrevista recebe para o blog Glamurama, Doria afirmou o seguinte:

    Não acho que o mundo esteja dando uma guinada à direita. Sinto isso mais como um movimento pontual. Onde as esquerdas foram muito incompetentes, insensíveis, ideológicas demais, sindicalizadas em excesso, protecionistas no plano do abuso, houve uma reação popular natural – aí, o discurso mais à direita sensibiliza. Onde a esquerda teve a capacidade de ser mais social-democrata, mais permeável, ainda que tendo como princípio proteger os mais pobres e os mais humildes, ela se consolidou. A própria Angela Merkel não é de direita, é social-democrata, e consegue estabelecer equilíbrio entre o setor produtivo, a classe trabalhadora e os sindicalistas. Havendo equilíbrio, esse convívio é perfeitamente possível. Ela não deixou acontecer o que houve na França, por exemplo. Lá, você concede, concede, concede e – pum! – crise, crise, crise. Aí, a Marine Le Pen acaba tendo chance de se eleger agora.
           HomeAnáliseJoão Doria ainda vai se prejudicar com esse discursinho de “social democracia”17 de abril de 2017 661080-970x600-1-1.jpegNão chega a ser surpresa que João Doria tenha um discurso social-democrata, por vezes em excesso. Ele próprio se identifica assim, e já chegou ao equívoco de dizer que preferiria que Hilary ganhasse nos EUA em vez de Trump, o que considero completo disparate.Em entrevista recebe para o blog Glamurama, Doria afirmou o seguinte:
     Não acho que o mundo esteja dando uma guinada à direita. Sinto isso mais como um movimento pontual. Onde as esquerdas foram muito incompetentes, insensíveis, ideológicas demais, sindicalizadas em excesso, protecionistas no plano do abuso, houve uma reação popular natural – aí, o discurso mais à direita sensibiliza. Onde a esquerda teve a capacidade de ser mais social-democrata, mais permeável, ainda que tendo como princípio proteger os mais pobres e os mais humildes, ela se consolidou. A própria Angela Merkel não é de direita, é social-democrata, e consegue estabelecer equilíbrio entre o setor produtivo, a classe trabalhadora e os sindicalistas. Havendo equilíbrio, esse convívio é perfeitamente possível. Ela não deixou acontecer o que houve na França, por exemplo. Lá, você concede, concede, concede e – pum! – crise, crise, crise. Aí, a Marine Le Pen acaba tendo chance de se eleger agora.
    O erro já começa quando o prefeito, ao menos em discurso, parece acreditar que é postura “de esquerda” se preocupar com os mais pobres e humildes. Desde quando isso é verdade? Certamente não temos exemplos práticos de sequer um governo de esquerda – radical ou não – que não tenha prejudicado os mais pobres. Em seguida, ao citar o caso de Angela Merkel e reconhecer o óbvio – que ela não é mesmo de direita – ele também parece ignorar que a chanceler alemã é, de longe, uma das piores lideranças do primeiro mundo na atualidade.Ademais, nunca é excesso lembrar, foi a social-democracia a principal responsável pelo adoecimento do mundo ocidental, especialmente na Europa. Há poucos anos países como Suécia, Alemanha e França poderiam se orgulhar da educação, da qualidade de vida, da segurança que possuíam e de economias estáveis. Hoje, após algumas décadas de políticas social-democratas, estes países enfrentam crises – tanto econômicas como também sociais e até políticas – que não enfrentavam desde o pós-guerra.O nome de Doria surgiu como alternativa para a presidência em 2018, o que ainda não é uma certeza, já que ele próprio pode optar por não ser candidato. De qualquer forma ele é, ainda, uma alternativa válida dentro da nossa realidade. O que vai acontecer é que se Doria persistir com esse tipo de discurso, ficará cada vez mais difícil distanciá-lo dos tucanos comuns, o que é um problema. Desse jeito vamos acabar ficando com algum extremista de esquerda no poder novamente. http://www.ceticismopolitico.com/joao-doria-ainda-vai-se-prejudicar-com-esse-discursinho-de-social-democracia/
     
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.