Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Caetano Pedófilo

https://f5.folha.uol.com.br/colunistas/tonygoes/2017/10/hashtag-caetanopedofilo-levanta-a-questao-de-onde-vem-tanto-odio-contra-os-artistas.shtml

- Olha a defesa que o chupador de piroca faz do Caetano:

Mas, afinal, Caetano Veloso teria estuprado uma menor de idade? Pela lei vigente em 1982 — Ainda o Código Penal de 1940 — Sim, se ela ou seus pais tivessem prestado queixa. Mas isto não aconteceu. Os dois, inclusive, começaram a namorar, e se casaram quatro anos depois. Tiveram dois filhos, se separaram, reataram o casamento e estão juntos até hoje. Chamar de pedofilia o que aconteceu há 35 anos é ignorar todo esse contexto.

- Aí eu pergunto pra esse filhodaputa, então ele apóia pedofilia desde que haja consenso da criança e dos pais? - Ele apóia pedófilos desde que as leis do país permitam?

- O filhodaputa do Caetano comeu uma menina de 13 anos!!!! - Os pais de merda dela deixaram rolar, eu queria ver o que esse repórter filhodaputa faria se alguém comesse uma filhinha de 13 anos DELE.

Abraços,

Comentários

  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    Esta turma parte com tanta ânsia em defender seus apaniguados que nem para prá pensar nas implicações desta defesa.
  • Se teve amor não e pedofilia, o pensamento dessa gente ta no nivel da perversao japonesa por lolis.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Eu diria que, há nem tanto tempo assim, algumas coisas eram vistas de outra forma.
    Por exemplo: o cara matava a mulher que o estava traindo e era perdoado porque foi "em legítima defesa da honra".
    Ou perdoava-se o estuprador se ele se casasse com a vítima.
    Da mesma forma, não havia a consciência atual do que é pedofilia. O crime era mais de "sedução de jovem inocente", o que, novamente, se resolvia com o casamento.

    O filme da Xuxa foi exibido normalmente nos cinemas, foi distribuído para as locadoras de vídeo, a crítica da revista "Videonews" elogiava a atuação de Vera Fisher, Mauro Mendonça e Francisco Cuoco e, de passagem, mencionava que Xuxa aparecia num papel pequeno.

    Lembro de um filme anunciado nos jornais há mais de 50 anos com a foto de uma mulher no quarto com um garoto e a frase "Ele não resistiu ao chamado de Eva". Ninguém protestou, ninguém fez manifestação na frente do cinema.

    Minha impressão pessoal é de que a virada começou no final dos anos 90, primeiro lá fora e depois aqui.

    Aliás, uma piada sobre os 'rednecks' (caipiras) americanos:
    Eles são aquele povo que diz à filha de treze anos para não fumar em frente aos três filhos dela.
  • Fernando_Silva disse: Eu diria que, há nem tanto tempo assim, algumas coisas eram vistas de outra forma.
    Por exemplo: o cara matava a mulher que o estava traindo e era perdoado porque foi "em legítima defesa da honra".
    Ou perdoava-se o estuprador se ele se casasse com a vítima.
    Da mesma forma, não havia a consciência atual do que é pedofilia. O crime era mais de "sedução de jovem inocente", o que, novamente, se resolvia com o casamento.

    O filme da Xuxa foi exibido normalmente nos cinemas, foi distribuído para as locadoras de vídeo, a crítica da revista "Videonews" elogiava a atuação de Vera Fisher, Mauro Mendonça e Francisco Cuoco e, de passagem, mencionava que Xuxa aparecia num papel pequeno.

    Lembro de um filme anunciado nos jornais há mais de 50 anos com a foto de uma mulher no quarto com um garoto e a frase "Ele não resistiu ao chamado de Eva". Ninguém protestou, ninguém fez manifestação na frente do cinema.

    Minha impressão pessoal é de que a virada começou no final dos anos 90, primeiro lá fora e depois aqui.

    Aliás, uma piada sobre os 'rednecks' (caipiras) americanos:
    Eles são aquele povo que diz à filha de treze anos para não fumar em frente aos três filhos dela.

    A escravidão também era muito normal , não havia nada de errado na cabeça de os que a praticavam .

    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin

    20525765_130594394126515_3212672496253421724_n.jpg?_nc_cat=0&oh=40156f71b1c3aa643bed76a7d4ee355d&oe=5BA3AB5A
     
  • Você pode alegar o que for que não vai mudar o fato ocorrido em si, uê não era a esquerda prafrentex que dizia que não tinha problema nenhum uma criança tocar num homem nu em nome da arte? Por que o Sr. Veloso está tão cheio de não me toques quanto a isso? Não era amor sincero que movia o relacionamento dos dois? Quem não deve, não teme.

    Agora qualquer relação sexual com menores de idade seja supostamente consentida ou não, até porque na minha idade nunca me passou pela cabeça relacionar com alguém, é pedofilia. Ele teme o quê? É casado com ela.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado October 2017
    Fernando_Silva disse: Eu diria que, há nem tanto tempo assim, algumas coisas eram vistas de outra forma.
    ...
    Minha impressão pessoal é de que a virada começou no final dos anos 90, primeiro lá fora e depois aqui.

    Demorou para o mundo cair na real depois da zona que foram os anos sessenta e setenta.
    Acho que foi lá pelos 90 que convenções internacionais decidiram que pornografia infantil em qualquer forma, mesmo que insinuada, ilustrada ou de ficção, não devia ser protegida pelos direitos de liberdade de expressão e ser considerada criminosa sob quaisquer circunstâncias.

    Antes disto David Hamilton fez sucesso nos círculos artísticos e intelectuais (os mesmos que hoje se ressentem da "censura") com suas fotos de ninfetas nuas.
    Ninfeta era termo da época.
    Hoje chamamos de crianças mesmo...

    E cara de quarenta anos que transa com virgem de treze não passa de um safado em qualquer época.
  • Salvo engano, naqueles tempos havia uma ressalva na lei que dizia não visar proteger menor cheia de malícia e com tendência à prostituição. Claro, crianças de 7-8 anos prostituem-se sim até hoje. Houve um caso recente que deixou a gente politicamente correta pulando mais do que cabrito em véspera de foice quando um cara que havia transado com uma prostituda de 12 anos, eu acho, e ao ser julgado, teve de sê-lo na base desta lei, pois o evento ocorreu durante sua vigência. E aí o juiz foi obrigado a absolvê-lo, já que a tal menor era prostituta...
  • - O filhodaputa do Caetano comeu uma menina de 13 anos!!!! - Os pais de merda dela deixaram rolar, eu queria ver o que esse repórter filhodaputa faria se alguém comesse uma filhinha de 13 anos DELE.

    Abraços,

    Ia pedir pra comer a bunda dele também .

    Não tenho motivos pra acreditar em uma Divindade .O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin

    20525765_130594394126515_3212672496253421724_n.jpg?_nc_cat=0&oh=40156f71b1c3aa643bed76a7d4ee355d&oe=5BA3AB5A
     
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado October 2017
    Antigamente, havia a tradição do "casamento na polícia", que os americanos também têm ("wedding at gunpoint") e ainda é lembrada no "casamento de festa junina".

    DSC_4715.jpg

    A opinião da vítima de estupro ou "sedução" provavelmente não era levada em conta, mas era uma saída socialmente aceitável e a alternativa, com frequência, era ser jogada pelo pai na rua por ter desonrado a família (e, é claro, não servir mais como "moça casadoira" por ter virado mercadoria estragada).
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.