Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

"Jesus é Deus." É por isso que a esquerda sempre nos vence.

JudasJudas Moderator
editado December 2017 em Religião é veneno
Texto publicado por um aluno do Olavo de Carvalho:Filipe G. Martins56 min ·  JESUS NÃO É UM REVOLUCIONÁRIO COMUNISTA, ELE É DEUS
Há quem se esforce para ver em Jesus um simples mestre da moral, a personificação das corrompidas virtudes pós-modernas e multiculturalistas e até, nos casos mais amalucados, um revolucionário comunista.
Todas as variações dessa percepção imanentista reduzem o Cristo a um mero exemplo de moralidade, um homem bom que viveu segundo os preceitos deste ou daquele grupo. E, por isso mesmo, nenhuma dessas variações é aceitável — não digo nem mesmo do ponto de vista histórico (onde as evidências contra essas hipóteses são mais do que abundantes), mas do ponto de vista da lógica mais elementar.
Um homem que, sendo somente um homem, dissesse as coisas que Jesus dizia e afirmasse ser Deus não seria um grande mestre da moral ou um exemplo de moralidade; ele seria um lunático ou então um grande charlatão e um grande mentiroso; talvez até um demônio.
Como dizia C. S. Lewis, você pode querer calá-lo por ser um louco, pode cuspir nele e matá-lo como a um demônio; ou pode prostrar-se a seus pés em adoração e chamá-lo de Senhor e de Deus; só não venha, com essa ridícula condescendência paternal, dizer que ele não passava de um grande mestre humano, de um professor brilhante de moral ou de um revolucionário.
Ele não nos deixou essa opção, e nem quis deixá-la.Nenhuma das pessoas que realmente conviveram com Jesus o via dessa forma.
Ele não foi tratado como um revolucionário por Pôncio Pilatos; ele não foi tratado como um mestre de moral pelos fariseus; e os samaritanos e os que desejavam levá-lo à Grécia logo se deram conta de que ele não era exatamente um multiculturalista.
Simplesmente não há, no relato dos evangelhos, o registro de alguém que tenha reagido apenas com uma aprovação moderada perante o que Jesus fazia e afirmava. As reações eram sempre de ódio, de escândalo ou de adoração — foi por isso que ele foi crucificado e morto.
Se ele alegava ser Deus e de fato não o era, ele era um lunático. Se ele não era Deus e nem um lunático, então deveria ser um mentiroso; um charlatão a enganar o público com suas mentiras e blasfêmias.
Se, porém, ele não era nem charlatão nem lunático, ele só pode ser Deus.Você tem de escolher entre uma dessas três possibilidades, pois simplesmente não há outra: se você não acredita que ele é Deus, você deve vê-lo com louco ou mentiroso; mas se você não consegue vê-lo nem como louco nem como mentiroso, você tem que reconhecer que ele era o que dizia: o Filho de Deus, o Logos divino, o Verbo que se fez carne, o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
A mim me parece um tanto óbvio que ele não era um lunático e nem um charlatão. Portanto, por mais estranho que possa soar à mente pós-moderna, é necessário aceitar que ele era e é Deus, que o reino que ele anunciava e anuncia não é deste mundo, que ele venceu a tentação do poder imanentista quando foi tentado no deserto e que, diante dessas coisas, só um louco ou um charlatão pode reduzi-lo a um mero símbolo a ser instrumentalizado por homens ocos, possessos por ideologias e cheios de ódio à realidade.
«1

Comentários

  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Eu sou um ateu que desejo viver entre cristãos, gosto da cultura que eles ajudaram a produzir, aprendi a respeitar inclusive suas crenças  que me parecem absurdas e estou politicamente do lado deles diante das ameaças do Islã e demais inimigos do ocidente.

    Mas eu faço isso contra a vontade deste tipo de cristão.
    Eis a lista de adjetivos de que fui chamado neste texto por não acreditar que Jesus é Deus:

    -Incapaz de seguir lógica elementar.

    -Cultivo  ridícula condescendência paternal.

    -Louco

    -Charlatão

    -Homem oco

    -Pocesso de ideologia

    -Odiador da realidade.

    Ou seja, não basta ser de direita, conservador, defensor do cristianismo, defensor do ocidente...Tem que acreditar que Jesus é Deus, tem que se dobrar à crença DESTES cristãos ou se não você é só um apêndice do lado de cá, uma nota de rodapé que serve apenas pra ser citado assim: "Até mesmo ateus reconhecem que isto ou aquilo..."

    Este tipo de texto explica porque a direita continua a perder. Se eu não tivesse aprendido a respeitar a impotância do cristianismo com ateus conservadores de direita (eu sei que esta espécie de cristão não acredita que eles existem mas não vou devolver as ofensas) não seria com esse tipo de texto que eu teria deixado de ser esquerdista.
     
  • Judas disse: Eu sou um ateu que desejo viver entre cristãos, gosto da cultura que eles ajudaram a produzir, aprendi a respeitar inclusive suas crenças  que me parecem absurdas e estou politicamente do lado deles diante das ameaças do Islã e demais inimigos do ocidente.

    Mas eu faço isso contra a vontade deste tipo de cristão.
    Eis a lista de adjetivos de que fui chamado neste texto por não acreditar que Jesus é Deus:

    -Incapaz de seguir lógica elementar.

    -Cultivo  ridícula condescendência paternal.

    -Louco

    -Charlatão

    -Homem oco

    -Pocesso de ideologia

    -Odiador da realidade.

    Ou seja, não basta ser de direita, conservador, defensor do cristianismo, defensor do ocidente...Tem que acreditar que Jesus é Deus, tem que se dobrar à crença DESTES cristãos ou se não você é só um apêndice do lado de cá, uma nota de rodapé que serve apenas pra ser citado assim: "Até mesmo ateus reconhecem que isto ou aquilo..."

    Este tipo de texto explica porque a direita continua a perder. Se eu não tivesse aprendido a respeitar a impotância do cristianismo com ateus conservadores de direita (eu sei que esta espécie de cristão não acredita que eles existem mas não vou devolver as ofensas) não seria com esse tipo de texto que eu teria deixado de ser esquerdista.
     

    Uma da razões que quase não coloco no face quase nada  de Olavo de carvalho é pela  sua desonestidade nesta questão .
    Por isso a esquerda fez dele um caricato a ser destratado .
    Pior é que a maioria da direita é da mesma forma idiota .
    Não sei o que fazer a respeito disso , pois para eles somos inimigos .
    Não entendem que essa união fortaleceria até a crendice deles .
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O canto, o lamento, a tragédia do herói morto !
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin

    26733605_2030841093794954_6333420943114735451_n.jpg?oh=975d4be8c706cd3a7cde665d84328988&oe=5AEFE225
     
  • LeandroLeandro Member
    editado December 2017
    Eu sou um ateu que desejo viver entre cristãos, gosto da cultura que eles ajudaram a produzir, aprendi a respeitar inclusive suas crenças  que me parecem absurdas e estou politicamente do lado deles diante das ameaças do Islã e demais inimigos do ocidente.

    Só dá pra viver de bem  com cristãos se eles não souberem que você é ateu (com raras exceções, claro).
    Caso contrário sempre haverá aquele feeling de que falta alguma coisa em sua vida e que infelizmente sua alma está condenada ao inferno não importa se você é honesto, trabalhador e educado.
    Falta a cereja do bolo que é a crença em Deus e nos ensinamentos bíblicos.
    Querem que você concorde com tudo que é baboseira e não admitem contrariações. 

    Falo isso por experiência própria. Pois já senti na pele a convivência com alguém de família católica e assumir ser ateu. Fica o stigma de que tudo que dá errado em sua vida ocorre pela falta de fé.
     
    Atualmente escolhi o catolicismo como religião "oficial", pois conheço melhor o catolicismo do que as maluquices crentelhas, uma  vez que cada denominação usa uma linguagem diferente.

    Sendo "católico", já fui bastante assediado por evangélicos. Tive problemas no trabalho (gerente evangélica), com amigos e pessoas que eu mal conhecia tentando me empurrar pro mundo gospel. 

    Quanto à política, tenho medo da bancada evangélica. O resto não me importo.
    Tenho até curtido algumas mensagens do Bolsonaro tipo: "Ordem, progresso e fé."
  • JudasJudas Moderator
    Uma da razões que quase não coloco no face quase nada de Olavo de carvalho é pela sua desonestidade nesta questão .

    Olavo de Carvalho não acredita na figura divina de Jesus.

    Conhecedor profundo das várias técnicas da esquerda Olavo se vale das mesmas pra conseguir o que quer.
    O @Acauan já fez uma pesquisa sobre isso sobre o assunto geocentrismo se não me engano.  Olavo é utilitarista e isso já é de conhecimento público.

    Já o aluno idiota dele que escreveu essa porcaria acredita na divindade de Jesus por causa da influência do Olavo.
    A aura  de intelectualidade superior que Olavo sustenta em torno de si serve de salva guarda pra passar crença religiosa e afirmação controversa como sabedoria incontestável.

    É o apelo à autoridade clássico junto do que o Acauan colocou na análise dele, a firmeza com que ele afirma certas verdades que não são tão verdades assim. Isso faz com que os que estão pedindo pra serem enganados ou com vontade de que suas crenças se passem como verdade científica percam o medo de as assumir publicamente dessa forma, afinal, ele o grande Olavo de Carvalho disse.

    Olavo, de tão sofisticado que é pra escrever, se torna á própria crença que serve de intermediário/catalisador do processo de promoção da figura de Jesus de crença para fato científico na cabeça de quem deseja ou está receptivo a ser enganado por essa técnica.
    Ele só precisa fazer as pessoas agirem assim para Jesus ser promovido de crença à fato por vantagem numérica.
    Quanto mais gente achar isso mais isso se torna verdade prática pouco importando se é verdade de fato.

    É um movimento de intimidação do questionamento. Ele torna questionar isso uma vergonha ainda que seja mais vergonhosa a própria afirmação de que a divindade de Jesus só pode ser contestada por idiotas negadores da realidade.

    Nenhuma diferença do que a esquerda faz.



    Ele fala por exemplo que o milagre de Fátima foi o maior fenômeno astronômico da história.



     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Todas as variações dessa percepção imanentista reduzem o Cristo a um mero exemplo de moralidade, um homem bom que viveu segundo os preceitos deste ou daquele grupo. E, por isso mesmo, nenhuma dessas variações é aceitável — não digo nem mesmo do ponto de vista histórico (onde as evidências contra essas hipóteses são mais do que abundantes), mas do ponto de vista da lógica mais elementar.
    O ponto de vista histórico pra eles se confunde com os evangelhos.

    Vejam:

    Nenhuma das pessoas que realmente conviveram com Jesus o via dessa forma.
    Ele não foi tratado como um revolucionário por Pôncio Pilatos; ele não foi tratado como um mestre de moral pelos fariseus; e os samaritanos e os que desejavam levá-lo à Grécia logo se deram conta de que ele não era exatamente um multiculturalista.
    Simplesmente não há, no relato dos evangelhos, o registro de alguém que tenha reagido apenas com uma aprovação moderada perante o que Jesus fazia e afirmava. As reações eram sempre de ódio, de escândalo ou de adoração — foi por isso que ele foi crucificado e morto.

    Esse sujeito detestaria mostrar esse argumento ao @Fernando_Silva .

    Mas é isso, por causa do Olavo eles perdem a vergonha e a noção das afirmações.
    Os evangelhos aí nem são figura controversa e certamente essa visão veio da mesma influência.

    Segundo o que eu entendi que está afirmado aí, FORA dos evangelhos existem evidências históricas abundantes sobre a SANTIDADE DO CRISTO.

     Isso  é técnica de intimidar o questionamento e afirmar com firmeza o que não é firme.

    Olavo faz de caso pensado, esse aí parece que acredita nisso mesmo.

    Graus iguais de safadeza e diferentes de esperteza.
  • Judas disse:
    Uma da razões que quase não coloco no face quase nada de Olavo de carvalho é pela sua desonestidade nesta questão .

    Olavo de Carvalho não acredita na figura divina de Jesus.

    Conhecedor profundo das várias técnicas da esquerda Olavo se vale das mesmas pra conseguir o que quer.
    O @Acauan já fez uma pesquisa sobre isso sobre o assunto geocentrismo se não me engano.  Olavo é utilitarista e isso já é de conhecimento público.

    Já o aluno idiota dele que escreveu essa porcaria acredita na divindade de Jesus por causa da influência do Olavo.
    A aura  de intelectualidade superior que Olavo sustenta em torno de si serve de salva guarda pra passar crença religiosa e afirmação controversa como sabedoria incontestável.

    É o apelo à autoridade clássico junto do que o Acauan colocou na análise dele, a firmeza com que ele afirma certas verdades que não são tão verdades assim. Isso faz com que os que estão pedindo pra serem enganados ou com vontade de que suas crenças se passem como verdade científica percam o medo de as assumir publicamente dessa forma, afinal, ele o grande Olavo de Carvalho disse.

    Olavo, de tão sofisticado que é pra escrever, se torna á própria crença que serve de intermediário/catalisador do processo de promoção da figura de Jesus de crença para fato científico na cabeça de quem deseja ou está receptivo a ser enganado por essa técnica.
    Ele só precisa fazer as pessoas agirem assim para Jesus ser promovido de crença à fato por vantagem numérica.
    Quanto mais gente achar isso mais isso se torna verdade prática pouco importando se é verdade de fato.

    É um movimento de intimidação do questionamento. Ele torna questionar isso uma vergonha ainda que seja mais vergonhosa a própria afirmação de que a divindade de Jesus só pode ser contestada por idiotas negadores da realidade.

    Nenhuma diferença do que a esquerda faz.



    Ele fala por exemplo que o milagre de Fátima foi o maior fenômeno astronômico da história.



     

    Judas... Ele reza antes de fazer os vídeos eu já vi isso e ele trata o ateu como um idiota 



    Aqui fica claro 

    ​​​​​​​



     
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O canto, o lamento, a tragédia do herói morto !
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin

    26733605_2030841093794954_6333420943114735451_n.jpg?oh=975d4be8c706cd3a7cde665d84328988&oe=5AEFE225
     
  • JudasJudas Moderator
    Só dá pra viver de bem com cristãos se eles não souberem que você é ateu (com raras exceções, claro).

    Minha namorada é evangélica.

    Como eu já a conheci "curado" do ateísmo militante fui eu que a influenciei pra longe dessa vertente e em direção ao "catolicismo ateu" que é minha convicção  religiosa de que o país era melhor sem os evangélicos, os cultos ao dinheiro e picadeiros no lugar de altares.
    Caso contrário sempre haverá aquele feeling de que falta alguma coisa em sua vida e que infelizmente sua alma está condenada ao inferno não importa se você é honesto, trabalhador e educado.
    Ela aceita a minha descrença porque não falto com o respeito e não faço piadas.
    Ela certamente reza por mim e quer que eu acredite no mesmo que ela.
    Tudo normal e aceitável.

    Mas não sei se essa situação se extende à família dela.


     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Judas... Ele reza antes de fazer os vídeos eu já vi isso e ele trata o ateu como um idiota

    É um doutrinador com todas as práticas inerentes.

    E daí se ele ofende ateus? São minoria mesmo...

    O problema é que foram só uns 3% de votos que elegeram Dilma ao invésde Aécio.

    Se o conservadorismo e a direita não estivessem tão ligados à figuras como ele talvez fosse  melhor.
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Já conhecia esses vídeos nojentos.

    O primeiro mostra como ele é perigoso e os outros dois como é idiota.


    Não é fundamentalmente errado dizer que regimes que mataram milhões eram ateus.
    Acontece que a maioria da população tanto que matou pelo regime quanto a que morreu nas mãos dele não era de ateus.
    O mesmo pode se dizer do nazismo.
    Então? Quem levou à cabo a matança?
    Fica claro que não foi a crença ou a descrença religiosa que originou a matança.
    E no caso do nazismo daria até pra dizer que o antissemitismo teve apoio dos cristãos, mas seria desonesto dizer isso dessa forma, como se os cristãos soubessem que esse sentimento daria no que deu.

    É a típica desonestidade de colocar tudo na conta do opositor.
  • Minha namorada é evangélica.

    Casei na igreja católica.
    Mas minha esposa, durante um periodo em que passei alguns meses trabalhando no interior, entrou na Quadrangular.
    Quando retornei o mal já estava feito. Não perdia os cultos, participava de célula, adotou o linguajar gospel, filmes gospels, musicas gospels, tudo gospel. 

    No início ela tentou me arrastar pra Quadrangular mas não obteve sucesso.
    Tive que ser bem firme e compreensivo para não entrar em conflito e chutar o balde.
    Eu apenas a alertei para não se deixar levar demais pelo comércio dentro da igreja e que se ela quer que sua religião seja respeitada, que comece respeitando a dos outros.

    Atualmente estamos bem, eu "católico" e ela evangélica. 

     
  • PercivalPercival Member
    editado December 2017
    Este tipo de texto explica porque a direita continua a perder. Se eu não tivesse aprendido a respeitar a impotância do cristianismo com ateus conservadores de direita (eu sei que esta espécie de cristão não acredita que eles existem mas não vou devolver as ofensas) não seria com esse tipo de texto que eu teria deixado de ser esquerdista.

    Acredito que existem outras vias, como o Objetivismo. Só que pouca gente conhece e é pouco difundido. Eu mesmo fiquei confuso ao adotar o pensamento da Direita devido a relação religiosa, mas ao descobrir o Objetivismo vi que dá pra ser lógico e racional e um pensamento mais direita que ele tem.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Se, porém, ele não era nem charlatão nem lunático, ele só pode ser Deus.
    Você tem de escolher entre uma dessas três possibilidades, pois simplesmente não há outra: se você não acredita que ele é Deus, você deve vê-lo com louco ou mentiroso; mas se você não consegue vê-lo nem como louco nem como mentiroso, você tem que reconhecer que ele era o que dizia: o Filho de Deus, o Logos divino, o Verbo que se fez carne, o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
    Temos? Por que não há outra opção? Por exemplo: um cara comum que foi transformado em personagem de ficção?
     
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado December 2017
    Judas disse:
    Como eu já a conheci "curado" do ateísmo militante fui eu que a influenciei pra longe dessa vertente e em direção ao "catolicismo ateu" que é minha convicção  religiosa de que o país era melhor sem os evangélicos, os cultos ao dinheiro e picadeiros no lugar de altares.
    O país era melhor quando todo mundo era católico por definição, mesmo os espíritas e umbandistas (com exceção de esquisitices como batistas, metodistas e outros).

    Não havia militância, não havia criacionistas, não havia cartazes e faixas na frente das igrejas anunciando o "show do padre Fulano". Ninguém esfregava a Bíblia na sua cara tentando te converter. Ninguém atacava macumbeiros ou centros espíritas.
     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
     
     
    Fernando_Silva disse:
    Se, porém, ele não era nem charlatão nem lunático, ele só pode ser Deus.
    Você tem de escolher entre uma dessas três possibilidades, pois simplesmente não há outra: se você não acredita que ele é Deus, você deve vê-lo com louco ou mentiroso; mas se você não consegue vê-lo nem como louco nem como mentiroso, você tem que reconhecer que ele era o que dizia: o Filho de Deus, o Logos divino, o Verbo que se fez carne, o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
    Temos? Por que não há outra opção? Por exemplo: um cara comum que foi transformado em personagem de ficção?
     
    Primeiro a dicitomia falsa, ou é louco/mentiroso ou é real.

    Depois o constrangimento, se você não concorda está xingando Jesus, está faltando com o respeito, fora os outros adjetivos já citados.

    E estou curiosíssimo pra saber quais são as "abundantes evidências históricas" sobre a santidade do Cristo.
    Que evidência histórica poderia corroborar o nascimento de Jesus do ventre de uma virgem?

    Não é pela singularidade do fato, exitiram várias alegações parecidas.
    O problema é a natureza do fenômeno que de tão fora de nossa realidade praticamente não pode ser atestado pelos padrões de provas que atendam à ciência da História.
     
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado December 2017
    Judas disse:
    Que evidência histórica poderia corroborar o nascimento de Jesus do ventre de uma virgem?

    Não é pela singularidade do fato, exitiram várias alegações parecidas.
    Zeus engravidou um monte de mulheres, virgens ou não. E há várias religiões com versões desta lenda.

    Zeus engravidando Danae:
    56a20ffca6830aae000a791dcfc49158--leda-divine-feminine.jpg
    E se tiver sido o boto cor-de-rosa?
     
  • - Assisti um vídeo do Olavo com mais de uma hora de duração expondo as contradições do pensamento Marxista, excelente, fez uma análise sensacional, demonstrou muito conhecimento, inteligência ecapacidade de análise, muito difícil acreditar que de onde saiu aquilo sai tanta merda, acho que ele renderia um tratado psicológico.

    Abraços,   
  • Spider disse: - Assisti um vídeo do Olavo com mais de uma hora de duração expondo as contradições do pensamento Marxista, excelente, fez uma análise sensacional, demonstrou muito conhecimento, inteligência ecapacidade de análise, muito difícil acreditar que de onde saiu aquilo sai tanta merda, acho que ele renderia um tratado psicológico.

    Abraços,   

    Perfeito.
    O campo do saber é denso e inesgotável , isso é fascinante e muitas vezes frustrante .
    O canto, o lamento, a tragédia do herói morto !
    "Eu canto com a minha alma, com o meu corpo, com o meu sexo... Eu canto inteira! "
     Janis Joplin

    26733605_2030841093794954_6333420943114735451_n.jpg?oh=975d4be8c706cd3a7cde665d84328988&oe=5AEFE225
     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Spider disse: - Assisti um vídeo do Olavo com mais de uma hora de duração expondo as contradições do pensamento Marxista, excelente, fez uma análise sensacional, demonstrou muito conhecimento, inteligência ecapacidade de análise, muito difícil acreditar que de onde saiu aquilo sai tanta merda, acho que ele renderia um tratado psicológico.

    Abraços,   

    É impressionante.
    Ele quer derrotar a esquerda, ok.
    Pra isso cada voto conta e é preciso pegar os não convertidos.
    Quem não acredita na santidade do Cristo também não acredita em nenhuma premissa divina so Islã.
    No entanto boa barte, talvez a maioria desses aí estão do lado de lá defendendo o Islã como cultura ao invés de defender sua própria cultura.

    1- Porque  não vivem sob regime islâmico.
    2- Porque é pacote fechado, ser esquerdista é adotar os dircursos padronizados desse gente: Anti americano, anti Israel, anti capitalismo, pró Cuba...
    3- Porque vive sob o cristianismo e é mais fácil apontar seus defeitos ao invés das qualidades.
    4- Por causa de textos como este e de idiotas como  Olavo de Carvalho xingando todo mundo que não é católico fervoroso.

    Ele nega que faz isso, as vezes tenta parecer razoável, cai em contradição mas sempre cuida de desfazer isso, é sem contradição que ele prefere, sempre chama ateus de idiotas quando pode pra cagar na própria causa.

    E o faz por atacado como no texto do aluno dele.

    Ao invés de chamar o Duvivier de pontualmente de retardado por comparar Jesus à um comunista o cara escreve que é a descrença no Jesus divino que caracteriza a idiotice e não a afirmação absurda desse "humorista".
    Dessa forma pessoas que concordam que Duvivier é idiota continuam do lado de lá porque foram chamados de ocos, imbecis, etc...
    Essa posição é tão radical que afeta inclusive "católicos não praticantes."


    Se cada voto conta pra derrotar esse povo, o próprio Olavo diz que política é poder e não valores, como ele pode ser tão retardado assim?
     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    A chance que ele tem de chamar ateus de retardados SEM avacalhar a própria causa é exatamente esta. Pega UM Duvivier pra "cristo", aponta as imbecilidades dele específicamente e envergonha os idiotas seguidores desse retardado, assim o ateu Todynho tem chnce de fazer uma autocrítica, ver que o que se diz do Duvivier pode se dizer DELE PRÓPRIO e  muda de lado mesmo que  "de fininho".

    Ele perde o voto do Duvivier pra sempre. Ele perde UM voto! Mas ganha muitos outros às custas desse um.


    Quanto mais você para pra pensar no assunto pior   fica pro Olavo.

    Ele denuncia que a esquerda se une em torno do Isla, globalismo, gaysismo, Russia, China...E ele mesmo faz esses movimentos de espantar, negar e inviabilizar apoio à própria causa.


    Foda-se se quem vai votar contra o PT é isto ou aquilo, o que importa é votar contra o PT, o resto se resolve depois.
    "Quem tudo quer, nada tem."
  • Ao invés de chamar o Duvivier de pontualmente de retardado por comparar Jesus à um comunista o cara escreve que é a descrença no Jesus divino que caracteriza a idiotice e não a afirmação absurda desse "humorista".

    Danilo Gentili não dispensou:

    2m61y14.jpg
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado December 2017
    Sobre o texto de abertura, os discípulos do Olavo já incluíram gente de qualidade, como Pedro Sette Câmara.
    Depois do True Out Speak, qualquer Zé Mané que ouvia (não lia) o filósofo (sim, ele é...) saía repetindo o amontoado de bobagens despejado a cada programa, sem qualquer critério ou preocupação com a qualidade do que era difundido.

    O tal autor do texto lá pelo meio solta um descompromissado "como dizia C. S. Lewis..." lá com aquele jeitinho pedante de citação complementar, quando na verdade tudo o que foi dito foi chupinhado do criador de Narnia sem que uma única ideia original ou comentário enriquecedor fosse incluído.

    E cá entre nós, dentre tanta coisa boa que C. S. Lewis escreveu para defender o Cristianismo, vira e mexe alguém repete este argumento chinfrim de que as únicas opções perante a mensagem dos Evangelhos sejam considerar Jesus um louco ou prostrar-se em adoração a ele.
    Uma doutrina moral superior é uma doutrina moral superior. Ponto. Esta superioridade se prova por autoevidência.
    A superioridade moral do Cristianismo comparado a outras doutrinas civilizatórias (e vou citar uma, o Islã...) é autoevidente e isto pode ser constatado por qualquer analista honesto, independente de fé religiosa confessional.

    Se a superioridade moral de uma doutrina se prova por seus próprios conteúdos, tornam-se secundários julgamentos sobre as motivações atribuídas ao seu fundador, especialmente neste caso no qual o fundador também se mostra pessoalmente um modelo moral, sobre quem se pode manter um saudável respeito, sem necessariamente concordar que ele fosse Deus encarnado.
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado December 2017
    Judas disse:

    Ou seja, não basta ser de direita, conservador, defensor do cristianismo, defensor do ocidente...Tem que acreditar que Jesus é Deus, tem que se dobrar à crença DESTES cristãos ou se não você é só um apêndice do lado de cá, uma nota de rodapé que serve apenas pra ser citado assim: "Até mesmo ateus reconhecem que isto ou aquilo..."

    Estes babaquaras se acreditam donos do Conservadorismo e com o direito de decretar, conforme seus próprios critérios, quem é conservador e quem não é...

    Estão tendo que engolir os Neocons, que hoje são a voz conservadora mais expressiva e não são, necessariamente, carolas cristãos.
    Ben Shapiro que o diga...
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    Spider disse: - Assisti um vídeo do Olavo com mais de uma hora de duração expondo as contradições do pensamento Marxista, excelente, fez uma análise sensacional, demonstrou muito conhecimento, inteligência ecapacidade de análise, muito difícil acreditar que de onde saiu aquilo sai tanta merda, acho que ele renderia um tratado psicológico.

    Por exemplo, sobre o assunto em pauta, Olavo de Carvalho faz uma análise bastante lúcida no texto Ateus e ateus.
    A conclusão é bem tolerante:
    É possível ser ateu e estar aberto ao espírito. Mas o ateu militante, doutrinário, intransigente, opta pela recusa peremptória do mistério, deleitando-se no ódio ao espírito, na ânsia de fechar a porta do desconhecido para melhor mandar no mundo conhecido.

    O problema é que o Olavo de Carvalho que escrevia artigos era um e o Olavo de Carvalho que fala pela Internet ou se expressa nas redes sociais é outro, sendo que este segundo, ao contrário do primeiro, parece não se importar em lançar aos quatro ventos qualquer merda que lhe venha à cabeça.
     
    Pode não ser o caso, mas no geral o que se fala espontaneamente é o que revela quem realmente se é.
    Pior prá ele, então...
     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    Por exemplo, sobre o assunto em pauta, Olavo de Carvalho faz uma análise bastante lúcida no texto Ateus e ateus.
    A conclusão é bem tolerante:
    Eu disse aqui mesmo:
    as vezes tenta parecer razoável, cai em contradição mas sempre cuida de desfazer isso, é sem contradição que ele prefere, sempre chama ateus de idiotas quando pode pra cagar na própria causa.
    Então parece ser o caso:
    Pode não ser o caso, mas no geral o que se fala espontaneamente é o que revela quem realmente se é.
    Pior prá ele, então...

    Ele não resiste, quando está no meio de algum argumento solta essas porcarias.


    E veja, nem é o caso de eu me ofender ou levar essas merdas pra esfera pessoal, eu já aceitei que essa gente não tem cura. No caso deles "Religião é Veneno".

    O problema é que esse comportamento já vai se mostrar nefasto em futuro bem próximo.
    Vai todo mundo se foder, não é só essa parte da direita que será governada pelos trastes de novo.

    Mal a direita em sentido mais amplo se recupera  de aproximadamente  SEIS DÉCADAS de inexsistência por ser atrelada ao regime militar e esta direita liderada por esse velho retardado que aparece na Internet já iniciou o processo de queimar o filme de novo.
    E a esquerda não está nem perto de morta.
    O problema é que o Olavo de Carvalho que escrevia artigos era um e o Olavo de Carvalho que fala pela Internet ou se expressa nas redes sociais é outro, sendo que este segundo, ao contrário do primeiro, parece não se importar em lançar aos quatro ventos qualquer merda que lhe venha à cabeça.

    Este é O problema! Muito mais gente conhece o gagá da internet ao invés do autor dos livros.

    O livro que o Felipe Moura Brasil editou foi um sucesso mas não da pra comparar com o alcance da Internet.

     
  • JudasJudas Moderator
    editado December 2017
    parece não se importar em lançar aos quatro ventos qualquer merda que lhe venha à cabeça.

     O caso da PEPSI.

    Pirula, o Isentão, fazendo a festa e sem nenhuma possibilidade de ser refutado.

    Essa direita não precisa de adversários, mas eles existem mesmo assim.

    Tanto pior...
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado December 2017
    Judas disse:

    parece não se importar em lançar aos quatro ventos qualquer merda que lhe venha à cabeça.
     O caso da PEPSI.

    Pirula, o Isentão, fazendo a festa e sem nenhuma possibilidade de ser refutado.

    Essa direita não precisa de adversários, mas eles existem mesmo assim.

    Tanto pior...

    Olavo de Carvalho cumpriu seu papel.
    Em uma época quandoninguém queria ser rotulado direitista, ele era a única voz na imprensa que se atrevia a dizer o que quase todo mundo pensava, mas poucos queriam admitir.
    E O Imbecil Coletivo é um marco na crítica intelectual brasileira, que espero no futuro seja reconhecido como tal, resgatado da censura ideológica que lhe é imposta pelo stablishment cultural tupiniquim.

    Dito isto... O cara poderia ter calado a boca e saído de cena há uns dez anos ou mais, desde quando só fez atrapalhar o que ele próprio dizia ser seus objetivos.
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    Judas disse:

    O livro que o Felipe Moura Brasil editou foi um sucesso mas não da pra comparar com o alcance da Internet.

    O próprio Olavo de Carvalho já admitiu que é um preguiçoso.
    Não fosse o Felipe Moura Brasil ter feito todo trabalho, este livro nunca existiria.
    Se uma coletânea de artigos antigos fez tanto sucesso, que efeito não teria obras inéditas, aprofundadas e atuais sobre o momento político brasileiro escritas no mesmo padrão de qualidade?

    Quando foi prá Virginia, Olavo de Carvalho prometeu lançar o livro A Mente Revolucionária, que seria o golpe definitivo na intelectualidade esquerdista, chegando a coletar fundos pela Internet para prosseguir na "missão".
    Década e tanto depois, necas de pitibiribas do livro ou de qualquer outra obra inédita relevante.  Só caça níqueis recuperados de textos antigos como livreto sobre Maquiavel, além da cara de pau de editar como livro o bate boca que teve com um Zé Mané que ninguém mais lembra o nome.
  • JudasJudas Moderator
    Fernando_Silva disse:


    P.S. É difícil encontrar a nossa "turma". Eu decididamente não sou de esquerda, mas também não suporto grande parte dos direitistas que conheço. São radicais, intolerantes e, se você discorda de uma vírgula do que eles defendem, você vira radical de esquerda. Ou seja, não basta ser de direita, tem que aceitar o "pacote" todo. Se você discorda de alguma coisa, tem que se calar para não prejudicar a "causa".
     

    Já eu abri este tópico porque acho que quem tem que calar a boca em nome da própria causa é essa gente, a começar pelo texto do início do tópico e seu autor que é um mímico d Olavo de Carvalho.


    Eles querem que a "direita" venca, mas a direita tem que vencer sobre certas condições do contrário não serve ou não foi a direita que venceu.

    1- Jesus é Deus.
    2- Kant é um burro, um canalha.
    3- Tomás de aquino é "melhor" que Kant, quem discordar é comunista.
    4- Se é ateu precisa ficar o tempo todo nos bajulando ao dizer que nossa sociedade tem moral crstã, inclusive a sua própria. Rasteje, se humilhe, gostamos disso.
    5- O Cristianismo foi implantado na sociedade de forma plena e a moldou totalmente, a sociedade corrompida pagã não ajudou em nada. Se o ocidente é melhor é TUDO por causa de Jesus e de quem acraditava que ele é deus. Quem não acha isso não contribuiu pra melhorar o ocidente.
    5- Se for católico pode falar mal do Malafáia se não, cale a boca afinal "Malafaia humilhou Jean Wylys"

    E aqui listo pessoas que foram chamadas de esquerdistas

    Olavo de Carvalho
    Jair Bolsonaro
    Joice Hasselmann

    Estes só poderiam ser chamados assim se lvarmos em conta que a atuação deles é contraproducente e acaba por ajudar a esquerda mas, não foi o caso.
    Determinadas opiniões destas 3 pessoas as colocaram como esquerdistas na opinião da "veradeira direita"

    Se eu achar eu mando aqui os vídeos.

     
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Judas disse:
    E aqui listo pessoas que foram chamadas de esquerdistas

    Olavo de Carvalho
    Jair Bolsonaro
    Joice Hasselmann

    Estes só poderiam ser chamados assim se lvarmos em conta que a atuação deles é contraproducente e acaba por ajudar a esquerda mas, não foi o caso.
    Determinadas opiniões destas 3 pessoas as colocaram como esquerdistas na opinião da "veradeira direita"
    Acho que a Rachel Sheherazade também virou "radical de esquerda" depois de criticar Bolsonaro por algum detalhe.
     
  • PercivalPercival Member
    Fernando_Silva escreveu: »
    Judas disse:
    E aqui listo pessoas que foram chamadas de esquerdistas

    Olavo de Carvalho
    Jair Bolsonaro
    Joice Hasselmann

    Estes só poderiam ser chamados assim se lvarmos em conta que a atuação deles é contraproducente e acaba por ajudar a esquerda mas, não foi o caso.
    Determinadas opiniões destas 3 pessoas as colocaram como esquerdistas na opinião da "veradeira direita"
    Acho que a Rachel Sheherazade também virou "radical de esquerda" depois de criticar Bolsonaro por algum detalhe.
     

    Acompanhei isso no twitter.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.