Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

NOTA DE FALECIMENTO

Comentários

  • JudasJudas Moderator
    Grande perda.

    Era engraçado e a legião de mongoloides que compartilhavam coisas dele e o levavam a sério eram ainda mais.


    Veja o que um deles escreveu aqui no FB:
    "Morre...assassinado pelos fdp da Record...Paulo Henrique Amorim. Calou-se mais um !!! Eles estão conseguindo!"

    E isso aqui:
    "A volta da ditadura psicológica e da censura. Mas tiramos o PT e colocamos um bando de merda pra governar o Brasil."
  • PercivalPercival Member
    Veja o que um deles escreveu aqui no FB:
    "Morre...assassinado pelos fdp da Record...Paulo Henrique Amorim. Calou-se mais um !!! Eles estão conseguindo!"

    E isso aqui:
    "A volta da ditadura psicológica e da censura. Mas tiramos o PT e colocamos um bando de merda pra governar o Brasil."

    Essa gente vive num mundo paralelo.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Ele era filho do Deolindo Amorin, jornalista espírita, que fundou uma associação de jornalistas espíritas, mas após o seu falecimento, o sucessor ouviu o canto de sereia da FEB e concordou que a associação fizesse parte do Conselho Federativo Nacional, cujo presidente é... o presidente da FEB. E lá não se discute nada, não se resolve nada, não serve para nada, a não ser manter no cabresto da FEB os trouxas que se filiam. Essa associação de jornalistas espíritas só se reuniu uma vez depois disso e agora nem sei se existe mais.
  • ENCOSTOENCOSTO Member
    editado July 10
    Ele era filho do Deolindo Amorin, jornalista espírita, que fundou uma associação de jornalistas espíritas

    Isso explica muito sobre ele.


  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Ele foi um dos editores da Veja nos anos 60. Na época da ditadura, apoiou os militares. Na época de FHC, apoiou FHC. Na época de Lula, apoiou Lula.
  • LeandroLeandro Member
    @Fernando disse: Ele foi um dos editores da Veja nos anos 60. Na época da ditadura, apoiou os militares. Na época de FHC, apoiou FHC. Na época de Lula, apoiou Lula.

    Na época da lacração, apoiou a lacração!
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    Os Círculos Infernais já tão dizendo que a morte do Paulo Henrique Amorim foi consequência da cruel perseguição política promovida pelo Bolsonaro.
    Pior, muito pior, tão pintando o Paulo Henrique Amorim como paladino da liberdade de expressão do Brasil.
    O Paulo Henrique Amorim, divulgador da expressão PIG e defensor número 1 do projeto Petista de censurar a imprensa, pomposamente chamado de "controle social da mídia"...
  • PercivalPercival Member
    Paulo Henrique Amorim trouxe um novo olhar para as revistas eletrônicas


    O posicionamento político de Paulo Henrique Amorim, escancarado com a criação do “Conversa Afiada”, em 2006, não obscurece os feitos de Paulo Henrique Amorim na televisão.

    Depois de sua saída da TV Globo, em 1996, Paulo Henrique Amorim produziu jornalismo em três casas de perfis opostos: Band, Cultura e Record.

    Na Band, Paulo Henrique Amorim rejuvenesceu o perfil do “Jornal da Band”, ensaiando até dobradinhas com Luciano Huck, à época apresentador do “H”.

    Em parceria com a TV Cultura, instituiu no Brasil a revista eletrônica de padrão americano. Em sessenta minutos, às vezes menos, engendrou um programa – “Conversa Afiada” – que mesclava economia, cotidiano e artes. Anos depois, contratado pela Record, trouxe novos elementos ao “Domingo Espetacular” e formatou a revista eletrônica mais simpática e bem-sucedida dos últimos anos: o “Tudo A Ver”.

    Fazer TV fora da Globo não é fácil. Fazer TV fora da Globo em três casas diferentes, durante 22 anos quase ininterruptos, é ainda menos fácil.

    Brilhante na tela da TV e irascível na tela do computador, Paulo Henrique Amorim saiu de cena na madrugada de quarta-feira, aos 76 anos.

    https://teleguiado.com/televisao/2019/07/paulo-henrique-amorim-trouxe-um-novo-olhar-para-as-revistas-eletronicas.html

      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Acauan disse: Os Círculos Infernais já tão dizendo que a morte do Paulo Henrique Amorim foi consequência da cruel perseguição política promovida pelo Bolsonaro.
    Pior, muito pior, tão pintando o Paulo Henrique Amorim como paladino da liberdade de expressão do Brasil.
    O Paulo Henrique Amorim, divulgador da expressão PIG e defensor número 1 do projeto Petista de censurar a imprensa, pomposamente chamado de "controle social da mídia"...

    Foi um filho da puta ! Morreu ? Foda-se !

    Eu creio que tudo que existe é a matéria
    só a matéria , nada mais que a matéria !
    A ENTROPIA AUMENTA !
    caos, caos, caos !
  • Seu Emmedrado, veja se te emenda! As putas merecem respeitos. Se antigamente fdp era para não ter de dizer ou escrever por extenso "filho da puta", hoje a coisa mudou. Fdp atualmente significa "filho de uma petista". E estamos conversados!
  • Botânico disse: Seu Emmedrado, veja se te emenda! As putas merecem respeitos. Se antigamente fdp era para não ter de dizer ou escrever por extenso "filho da puta", hoje a coisa mudou. Fdp atualmente significa "filho de uma petista". E estamos conversados!

    rsrsrsrsrsrs
    Eu creio que tudo que existe é a matéria
    só a matéria , nada mais que a matéria !
    A ENTROPIA AUMENTA !
    caos, caos, caos !
  • amarinhoamarinho Member
    Um petista a menos!!!
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.