Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Made In Japan - Debatendo Cultura e Entretenimento Oriental

Tópico destinado a discussão de tudo relevante a a cultura oriental. Animes, Mangás, Filmes, Música ligado a estética do melhor país do mundo! Tá, isso foi exagero.

Aguardem nova postagem.
  “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]

Comentários

  • PercivalPercival Member
    editado July 31
    Assitindo My Hero Academia, quem quer um anime desses bobos de adolescente pode ir sem medo. O ponto positivo é que ele não é cheio de termos Japoneses que você tem que ficar toda hora consultando.

    big-poster-anime-my-hero-academia-tamanho-90x-0-cm-lo003-decoracao-nerd.jpg
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • CameronCameron Member
    editado August 1
    Gostei muito de alguns títulos japoneses que joguei recentemente, pela história e pela originalidade, Nier Automata e Persona 5.

    Anime que eu assisti recentemente e gostei foi Mob Psycho 100, a primeira e a segunda temporada, já One Punch Man que eu tinha gostado da primeira temporada achei a segunda um tédio.
  • PercivalPercival Member
    Anime que eu assisti recentemente e gostei foi Mob Psycho 100, a primeira e a segunda temporada, já One Punch Man que eu tinha gostado da primeira temporada achei a segunda um tédio.

    Mob Psycho assisti dublado na Rede Brasil quando foi exibido pela CR TV. Tem dublado no serviço de streaming deles. É bom mesmo, tenho que tirar um dia pra assistir tudo.

    Fico receoso de prosseguir com One Punch até por conta do pessoal reclamando muito.


      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Arigato




  • 2 animes legais que passaram na TV
  • Assistindo isso aqui também:

    c15e58f7beaf54646c1ad0bcbb4886ff1507336620_full.jpg

    A história é centrada em uma garota chamada Maika, que consegue emprego em um café onde todas as garçonetes recebem certos atributos – como “tsundere” ou “irmã mais nova” – para encarnar enquanto servem os clientes. O gerente pede a Maika para ser a garçonete “Do S” (sadista extrema), assim, ela terá que adotar uma personalidade dominante e agressiva.

    Não é um gênero que vai agradar a todos, é pra quem é mais otaquinho.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado August 3
    O primeiro contato dos brasileiros com a produção de TV japonesa foi nos anos 60 com National Kid, Ultraman, Robô Gigante e Animes como Kimba e Super Dínamo
    Alguns tinham alguma qualidade de roteiro, mas as produções no geral eram mambembes.

    Visto em retrospectiva, o que chama atenção é a brutalidade de algumas situações que os japoneses pareciam encarar numa boa ou encaram até hoje.
    Em um episódio de National Kid ele leva um garoto paralítico para voar com ele e no final joga-o no chão, fala que detesta meninos sem vontade e tortura o deficiente até que ele ande sozinho.

    No Super Dínamo, ao receber os poderes concedidos por uma máscara e uma capa o menino aceita um pacto de que se revelasse sua identidade secreta "seu cérebro seria feito em pedacinhos" e ele se tornaria um idiota, ameaça que por muito pouco o super herói que lhe deu os apetrechos não cumpre em um dos episódios.
    O super herói japonês ia destruir a mente de uma criança porque descumpriu uma ordem...
    Diz algo sobre.

    hqdefault.jpg
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado August 3
    Estes desenhos destacavam algumas diferenças culturais entre brasileiros e japoneses.
    Por aqui, ninguém entendia porque o Mitsuo estava sempre estudando em casa e fazendo suas lições, mas isto nunca era o suficiente para a mãe dele que sempre insistia que ele se dedicasse mais.
  • CameronCameron Member
    editado August 3
    Algo que me incomodou vendo alguns animes é a forma como certas personagens femininas são retratadas, mais especificamente Death Note e Parasite Maxim, elas são idiotas completas, em especial quando tem um interesse amoroso no protagonista enquanto os personagens masculinos estão no limite da genialidade humana, é uma versão dos Simpsons as avessas aonde os homens tem todos os defeitos possíveis e as mulheres são praticamente perfeitas.

    Animes não são exatamente a minha praia, não assisti tantos assim e muitos parei de ver porque não despertaram meu interesse logo de cara mas fica claro nos poucos que eu vi por completo que os autores japoneses são muito mais talentosos em criar personagens masculinos interessantes que o inverso.
  • PercivalPercival Member
    editado August 3
    Acauan disse: Estes desenhos destacavam algumas diferenças culturais entre brasileiros e japoneses.
    Por aqui, ninguém entendia porque o Mitsuo estava sempre estudando em casa e fazendo suas lições, mas isto nunca era o suficiente para a mãe dele que sempre insistia que ele se dedicasse mais.


    Gohan em Dragon Ball Z tambem tinha esse relacionamento com a mãe. Mas digamos que era mais "rebelde".
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • PercivalPercival Member
    editado August 3
    Cameron disse: Algo que me incomodou vendo alguns animes é a forma como certas personagens femininas são retratadas, mais especificamente Death Note e Parasite Maxim, elas são idiotas completas, em especial quando tem um interesse amoroso no protagonista enquanto os personagens masculinos estão no limite da genialidade humana, é uma versão dos Simpsons as avessas aonde os homens tem todos os defeitos possíveis e as mulheres são praticamente perfeitas.

    Animes não são exatamente a minha praia, não assisti tantos assim e muitos parei de ver porque não despertaram meu interesse logo de cara mas fica claro nos poucos que eu vi por completo que os autores japoneses são muito mais talentosos em criar personagens masculinos interessantes que o inverso.

    Eles tratam as personagens femininas como devocionais ao protagonista. Onde se leva a emoção e pouco a racionalidade. Existe ate palavras para definir as personalidades delas como Yandere e Tsundere. Vale dar uma pesquisada.

    Assim como existem personagens femininas interessantes como a major em Ghost in The Shell por exemplo.

    As produções Japonesas no geral buscam mais a retratação da sociedade deles e para o mercado deles. E aquelas que acabam se destacando geralmente usam elementos culturais ocidentais ou e sci fi.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado August 3
    Percival disse:
    Gohan em Dragon Ball Z tambem tinha esse relacionamento com a mãe. Mas digamos que era mais "rebelde".

    Mitsuo também o era ao seu modo, pois frequentemente colocava o robô cópia (que era exatamente isto) para assumir seu lugar e estudar por ele, enquanto o próprio ia para suas aventuras.
    O resultado final era sempre que Mitsuo se ferrava na hora da prova, como se os japoneses estivessem sempre lembrando a prioridade do estudo, mesmo que você seja um super herói.
  • Acauan disse:
    Percival disse:
    Gohan em Dragon Ball Z tambem tinha esse relacionamento com a mãe. Mas digamos que era mais "rebelde".

    Mitsuo também o era ao seu modo, pois frequentemente colocava o robô cópia (que era exatamente isto) para assumir seu lugar e estudar por ele, enquanto o próprio ia para suas aventuras.
    O resultado final era sempre que Mitsuo se ferrava na hora da prova, como se os japoneses estivessem sempre lembrando a prioridade do estudo, mesmo que você seja um super herói.


    Isso não acontecia com o Gohan pelo menos Toryama não descrevia. Ate mesmo ele se torna professor quando adulto e se casa.

      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Eu tive um pouco de contato com Super Dinamo em jogos. O personagem ganhou ate uma figura colecionavel a um tempo.

      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    Acauan disse: O primeiro contato dos brasileiros com a produção de TV japonesa foi nos anos 60 com National Kid, Ultraman, Robô Gigante e Animes como Kimba e Super Dínamo
    Alguns tinham alguma qualidade de roteiro, mas as produções no geral eram mambembes.
    Faltou o Astro Boy.

  • Percival disse: Eu tive um pouco de contato com Super Dinamo em jogos. O personagem ganhou ate uma figura colecionavel a um tempo.
    você assistia Sawamu, Patrulha Estelar e Zillion ?


  • HuxleyHuxley Member
    Cameron disse: Algo que me incomodou vendo alguns animes é a forma como certas personagens femininas são retratadas, mais especificamente Death Note e Parasite Maxim, elas são idiotas completas, em especial quando tem um interesse amoroso no protagonista enquanto os personagens masculinos estão no limite da genialidade humana, é uma versão dos Simpsons as avessas aonde os homens tem todos os defeitos possíveis e as mulheres são praticamente perfeitas.

    Animes não são exatamente a minha praia, não assisti tantos assim e muitos parei de ver porque não despertaram meu interesse logo de cara mas fica claro nos poucos que eu vi por completo que os autores japoneses são muito mais talentosos em criar personagens masculinos interessantes que o inverso.

    Que tal um mangá/anime com roteiro escrito por uma mulher como Rumiko Takahashi? InuYasha é um mangá/anime em que, dos três personagens principais, duas são mulheres que têm um apelo interessante quanto a personalidade. O Homer Simpson da história é o protagonista e a co-protagonista traz uma mudança de personalidade interessante para o mesmo.
  • Huxley disse:
    Cameron disse: Algo que me incomodou vendo alguns animes é a forma como certas personagens femininas são retratadas, mais especificamente Death Note e Parasite Maxim, elas são idiotas completas, em especial quando tem um interesse amoroso no protagonista enquanto os personagens masculinos estão no limite da genialidade humana, é uma versão dos Simpsons as avessas aonde os homens tem todos os defeitos possíveis e as mulheres são praticamente perfeitas.

    Animes não são exatamente a minha praia, não assisti tantos assim e muitos parei de ver porque não despertaram meu interesse logo de cara mas fica claro nos poucos que eu vi por completo que os autores japoneses são muito mais talentosos em criar personagens masculinos interessantes que o inverso.

    Que tal um mangá/anime com roteiro escrito por uma mulher como Rumiko Takahashi? InuYasha é um mangá/anime em que, dos três personagens principais, duas são mulheres que têm um apelo interessante quanto a personalidade. O Homer Simpson da história é o protagonista e a co-protagonista traz uma mudança de personalidade interessante para o mesmo.

    O problema da Rumiko e que ela não consegue sustentar uma narrativa Shounem. O unico trabalho que gosto dela e Ranma 1/2.

    Inu Yasha até tem personagens interessantes.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • stefanobahia disse:
    Percival disse: Eu tive um pouco de contato com Super Dinamo em jogos. O personagem ganhou ate uma figura colecionavel a um tempo.
    você assistia Sawamu, Patrulha Estelar e Zillion ?


    Zillion eu assisti agora o que via muito era Guerra das Galáxias.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • AcauanAcauan Administrator, Moderator
    editado August 5
    stefanobahia disse:
    Você assistia Sawamu, Patrulha e Zillion?
    Lembro da música tema do Sawamu inteira, até hoje.
  • Huxley disse:
    Cameron disse: Algo que me incomodou vendo alguns animes é a forma como certas personagens femininas são retratadas, mais especificamente Death Note e Parasite Maxim, elas são idiotas completas, em especial quando tem um interesse amoroso no protagonista enquanto os personagens masculinos estão no limite da genialidade humana, é uma versão dos Simpsons as avessas aonde os homens tem todos os defeitos possíveis e as mulheres são praticamente perfeitas.

    Animes não são exatamente a minha praia, não assisti tantos assim e muitos parei de ver porque não despertaram meu interesse logo de cara mas fica claro nos poucos que eu vi por completo que os autores japoneses são muito mais talentosos em criar personagens masculinos interessantes que o inverso.

    Que tal um mangá/anime com roteiro escrito por uma mulher como Rumiko Takahashi? InuYasha é um mangá/anime em que, dos três personagens principais, duas são mulheres que têm um apelo interessante quanto a personalidade. O Homer Simpson da história é o protagonista e a co-protagonista traz uma mudança de personalidade interessante para o mesmo.

    ainda cito outras autoras.... o grupo do ano 24 (com Riyoko Ikeda, Moto Hagio etc.)... grupo CLAMP (que criou Sakura Cardcaptor, Rayearth etc.) Hiromu Arakawa (Fullmetal....) Naoko Takuchi (Sailor Moon)


  • @Cameron deve não ir com a cara de muita coisa da Clamp agora Naoko nunca foi grande coisa com o Sailor Moon ela só acertou com o prequel o Sailor V.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.