Justiça X Vingança



Erroneamente o ato que buscar por justiça tem sido desvirtuado como sendo ato de vingança, esta inversão de valores tem como objetivo iludir seu defensor politicamente correto acreditar ser mais humano do que a vitima da injustiça, estes são verdadeiros advogados do diabo a corromperem pessoas e valores sociais, pregadores do inferno fazendo apologia a injustiça em prol de sermos “bonzinhos”.
Ser bonzinho é ser injusto com sigo mesmo e ser conivente com os delinquentes .
Nossa sociedade tornou-se injusta por sermos coniventes com injustiças .
Quando temos nossos direitos desrespeitados, seja la por má fé ou simples incompetência alheia e não nos importamos em fazer valer nosso direitos, estamos sendo coniventes com a injustiça dos outros e com nossa passividade daninha.
Vingança é apenas um ato irracional com único objetivo de querer fazer sofrer quem nos fez sofrer, mesmo que isto não seja beneficamente didático nem obrigue o injusto a corrigir sua injustiça cometida.
Um ser injusto que mata apenas por querer roubar o direito do outro, assume que não pode mais voltar a ter direito de liberdade dentro da sociedade.
Uma sociedade que trabalha para manter vivos seus predadores é uma sociedade “boazinha” injusta e irracional do tipo que se deixa ser abatida por uma minoria anti social.
Uma vitima que abre mão de fazer justiça a si e aos outros é tão injusta quanto aos que lhe faltaram com a devida justiça.
Isto não é ser bom, nem tolerante, nem compreensivo é ser conivente com a corrupção humana.

Comentários

  • editado February 13
    Isso e a destruição do conceito de igualdade perante a lei são os maiores retrocessos conseguidos pela esquerda nas ultimas décadas.

    O tratamento igualitário perante a lei eles já trocaram para conseguir a suposta "justiça" para esse ou aquele grupo, seja na forma de ações afirmativas ou de leis como a do feminicidio, a esquerda deu ao governo o poder de novamente discriminar os cidadãos de modo diferente segundo seu sexo, raça, opção sexual, etc...
  • editado February 13
    Parte da culpa se deve à constituição de 1988 que, em reação à ditadura recém terminada, basicamente defende que todos são bonzinhos e ninguém merece um castigo severo.

    Junte-se a isso o conceito de que "bandidos são vítimas da sociedade" ou que "a culpa de tudo é da sociedade", ou as leis protegendo criminosos menores de idade, e fica fácil entender a atual situação.
  • editado February 13
    NadaSei disse: Isso e a destruição do conceito de igualdade perante a lei são os maiores retrocessos conseguidos pela esquerda nas ultimas décadas.

    O tratamento igualitário perante a lei eles já trocaram para conseguir a suposta "justiça" para esse ou aquele grupo, seja na forma de ações afirmativas ou de leis como a do feminicidio, a esquerda deu ao governo o poder de novamente tratar os cidadãos de modo diferente segundo seu sexo, raça, opção sexual, etc...

    Veja observe bem estas duas palavras: Igualdade ǂ Igualdade, sim são diferentes quando interpretadas por pessoas diferentes e provavelmente não possuem igualdade nem no tamanho dos pixel que aqui as representam.

    - Igualdade pode ser visto por diferentes ângulos e olhos, logo não existe! apenas é uma concordância por aproximação.

    - Igualdade social, comunismo para pessoas diferentes é uma piada injusta de mal gosto querer roubar de quem trabalha para dar aos que não desejam trabalhar.

    o fato de você ser negro, índio , gay não deveria te conceder maiores direitos perante a justiça, cada um deve receber por aquilo que faz e não por aquilo que são, salvo legítimos dependentes sociais idosos,crianças , deficientes fiscos e mentais.

    aqui a justiça deve conceder o mesmo direito para mesmas ações independente de quem as tenha cometido! (conceito da justiça ser "cega" imparcial!

    Não temos os mesmos direitos quando agimos diferente.

    Porem a justiça deve observar Circunstâncias x Atenuantes :

    dois trabalham na mesma ação, porem o que pratica a mesma ação em condições insalubres deve ter preservado seu direito de aposentadoria por menor tempo de contribuição, ja que tende a viver menos.

    dois cometeram assassinato um em legitima defesa, por engano, ou por forte emoção sua correção deve ser mais branda do que um assassinato premeditado.

    Não existe isenção para os que alegam desconhecimento da lei, por isso devemos ter bom senso nas nossas ações.
    Dentro do mesmo conceito os que possuem maior conhecimento das leis deveriam ser agravadas as correções.
    O cidadão que presta serviço publico e comete ações daninhas aos contribuintes deveria ter uma correção mais severa das suas ações por estar prejudicando um numero maior de pessoas.


  • como canta Kell Smith: "Da pra viver é só não permitir que a maldade do mundo te pareça normal"
  • CRIATURO disse:
    NadaSei disse: Isso e a destruição do conceito de igualdade perante a lei são os maiores retrocessos conseguidos pela esquerda nas ultimas décadas.

    O tratamento igualitário perante a lei eles já trocaram para conseguir a suposta "justiça" para esse ou aquele grupo, seja na forma de ações afirmativas ou de leis como a do feminicidio, a esquerda deu ao governo o poder de novamente tratar os cidadãos de modo diferente segundo seu sexo, raça, opção sexual, etc...

    Veja observe bem estas duas palavras: Igualdade ǂ Igualdade, sim são diferentes quando interpretadas por pessoas diferentes e provavelmente não possuem igualdade nem no tamanho dos pixel que aqui as representam.

    E foi justamente por isso que eu não me referi a igualdade, mas a igualdade perante a lei. Essa é parâmetro necessário para o fomento da justiça.
    Quando você da ao governo o poder de discriminar os cidadãos segundo sua raça, sexo, condição social, etc, você só consegue criar sociedades onde reina a barbárie e isso é o que a historia ensina.

    Podemos ver milhares de sociedades existindo por milhares de anos onde o conceito de igualdade perante a lei não existia e podemos comparar essas sociedades com as sociedades modernas onde o conceito surgiu como um dos elementos que garantiram a prosperidade de seus cidadãos.

    O abandono desse conceito é por definição um retrocesso.
  • Fernando_Silva disse: Parte da culpa se deve à constituição de 1988 que, em reação à ditadura recém terminada, basicamente defende que todos são bonzinhos e ninguém merece um castigo severo.

    Junte-se a isso o conceito de que "bandidos são vítimas da sociedade" ou que "a culpa de tudo é da sociedade", ou as leis protegendo criminosos menores de idade, e fica fácil entender a atual situação.

    justiça boazinha não é uma boa justiça, é injusta e acaba punindo toda a sociedade pois no final todos acabam perdendo até os que foram injustamente beneficiados em algum momento!
  • NadaSei disse:
    CRIATURO disse:
    NadaSei disse: Isso e a destruição do conceito de igualdade perante a lei são os maiores retrocessos conseguidos pela esquerda nas ultimas décadas.

    O tratamento igualitário perante a lei eles já trocaram para conseguir a suposta "justiça" para esse ou aquele grupo, seja na forma de ações afirmativas ou de leis como a do feminicidio, a esquerda deu ao governo o poder de novamente tratar os cidadãos de modo diferente segundo seu sexo, raça, opção sexual, etc...

    Veja observe bem estas duas palavras: Igualdade ǂ Igualdade, sim são diferentes quando interpretadas por pessoas diferentes e provavelmente não possuem igualdade nem no tamanho dos pixel que aqui as representam.

    E foi justamente por isso que eu não me referi a igualdade, mas a igualdade perante a lei. Essa é parâmetro necessário para o fomento da justiça.
    Quando você da ao governo o poder de discriminar os cidadãos segundo sua raça, sexo, condição social, etc, você só consegue criar sociedades onde reina a barbárie e isso é o que a historia ensina.

    Podemos ver milhares de sociedades existindo por milhares de anos onde o conceito de igualdade perante a lei não existia e podemos comparar essas sociedades com as sociedades modernas onde o conceito surgiu como um dos elementos que garantiram a prosperidade de seus cidadãos.

    O abandono desse conceito é por definição um retrocesso.

    e os atenuantes?
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.