Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Vejam o trabalho desse arqueólogo

pessoadefepessoadefe Member
editado February 14 em Religião é veneno
A luz da ciência ele vem comprovando que a bíblia sempre esteve certa.
Com um trabalho impecável, uma oratória fulminante e argumentos lógicos e bem embasados esse homem tem dado dor de cabeça aos ateus.

Comentários

  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado February 15
    Não tenho paciência para ouvir esse cara enchendo linguiça.
    Você tem links para textos mais objetivos sobre o assunto?
    Ou esta é a sua única fonte de informação?

    Nota:
    Procurei alguma coisa de interessante no site dele, mas é a mesma embromação. Muitos fatos, muitos números, mas, no fim das contas, nada conclusivo, nada que vá direto aos assuntos polêmicos.

    Os crentes ficarão satisfeitos em ver sua crendice "confirmada" por evidências.
    Os descrentes não encontrarão nada de novo ou de útil.
  • Não clico
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • A luz da ciência ele vem comprovando...
    Pessoas não comprovam nada, ciência não é feita de personalismos, profetas ou iluminados, fatos comprovam afirmações.

    Sobre a Bíblia estar certa...

    Várias ciências modernas como Geologia, Antropologia, Paleontologia, etc... refutam várias passagens bíblicas, especialmente as do Pentateuco.
  • o cara pode ser judeu, americano, árabe, brasileiro o que importa é sua credibilidade. Tomas Malthus fez centenas de cálculos, estatísticas e disse que a humanidade morreria de fome Só não levou em conta que a tecnologia aumentaria tanto a produção de alimentos, e hoje comesse muito e muito mal, aí está as epidemias de obesidade e diabetes e, onde não chegam alimentos devesse a fatores político partidários, guerras étnicas, capitalismo tardio etc.então o que o seu arqueólogo quis dismentir, a quem até encontrou provas materiais ....

    Zahi Hawass é um arqueólogo que está defasado. Por isso que eu citei Rodrigo Silva.

    Sei que não vão clicar, mas aqui está outro forte embasamento para minhas conclusões. Evidências arqueológicas, nada de papo. Não são vocês que vivem pedindo provas para as coisas? tá aí



  • Percival disse: Não clico

    Normal amigo, já esperava esse tipo de evasiva.
  • pessoadefepessoadefe Member
    editado February 16


    Nota:
    Procurei alguma coisa de interessante no site dele, mas é a mesma embromação. Muitos fatos, muitos números, mas, no fim das contas, nada conclusivo, nada que vá direto aos assuntos polêmicos.

    Os crentes ficarão satisfeitos em ver sua crendice "confirmada" por evidências.
    Os descrentes não encontrarão nada de novo ou de útil.[/quote]

    Outra fonte fidedigna:



  • pessoadefe disse: Tomas Malthus fez centenas de cálculos, estatísticas e disse que a humanidade morreria de fome.
    E não deu outra, cada pessoa que morreu e ainda morre por falta de comida devido à escassez de alimentos causada pelo incremento populacional o confirma e o continuará confirmando.


    Meu PC é Pai, Filho, e Espírito Santo. O pai é o hardware, o filho, o software, e o ES, a energia elétrica.
  • LaraASLaraAS Member
    editado 1:04AM
    pessoadefe disse: o cara pode ser judeu, americano, árabe, brasileiro o que importa é sua credibilidade. Tomas Malthus fez centenas de cálculos, estatísticas e disse que a humanidade morreria de fome Só não levou em conta que a tecnologia aumentaria tanto a produção de alimentos, e hoje comesse muito e muito mal, aí está as epidemias de obesidade e diabetes e, onde não chegam alimentos devesse a fatores político partidários, guerras étnicas, capitalismo tardio etc.então o que o seu arqueólogo quis dismentir, a quem até encontrou provas materiais ....

    Zahi Hawass é um arqueólogo que está defasado. Por isso que eu citei Rodrigo Silva.

    Sei que não vão clicar, mas aqui está outro forte embasamento para minhas conclusões. Evidências arqueológicas, nada de papo. Não são vocês que vivem pedindo provas para as coisas? tá aí

    Minha resposta:


    A maior visibilidade da diabetes vem do aumento da esperança de vida e dos remédios para ela que fazem mais pessoas com diabetes sobreviverem e no caso do primeiro fator fazem que mais pessoas cheguem à idade em que se desenvolve à variante de diabetes que só aparece na meia-idade, isso também acontece no caso de problemas de coração. E a ideia de que os problemas no quarto mundo estilo Angola são por causa do "capitalismo e má distribuição de renda" é lenda urbana esquerdoide.
  • CameronCameron Member
    editado 12:53AM
    O Capitalismo é a maior força redutora da miséria que esse mundo já teve.

    Esse pessoal gosta de inverter a lógica.

    Ao invés de agradecer ao Capitalismo por tornar possível que 2/3 da humanidade tenha acesso a água potável querem culpá-lo por 1/3 não ter.

    :s
  • PugIIPugII Member
    Capitalismo é uma infantilidade.

    Bíblia uma catástrofe para a ecologia.

    Mas, um e outro podem ser melhor utilizados. O primeiro com atitude adulta, aprendendo a regular suas "emoções". O segundo aprendendo que não é o centro do universo.

    E esta hein!!!
  • PercivalPercival Member
    PugII disse: Capitalismo é uma infantilidade.

    Bíblia uma catástrofe para a ecologia.

    Mas, um e outro podem ser melhor utilizados. O primeiro com atitude adulta, aprendendo a regular suas "emoções". O segundo aprendendo que não é o centro do universo.

    E esta hein!!!

    Falou o islâmico que não é islâmico doido.
      “Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes.    Não ajudarás os assalariados, se arruinares aquele que os paga.    Não estimularás a fraternidade, se alimentares o ódio.” [Abraham Lincoln]
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    pessoadefe disse:
    Sei que não vão clicar, mas aqui está outro forte embasamento para minhas conclusões. Evidências arqueológicas, nada de papo. Não são vocês que vivem pedindo provas para as coisas? tá aí

    Quer dizer que descobriram corais com formato de eixos e rodas? E daí?
    Levaram esses corais para um laboratório e confirmaram que havia eixos e rodas dentro deles?

    E se houvesse? O que provaria que eram justamente os restos dos egípcios afogados ao perseguir Moisés?

    Aquele trecho do Mar Vermelho é raso e às vezes fica exposto dependendo do vento.
    Era um ponto vulnerável e, por isto mesmo, havia uma fortificação egípcia na região.
    Muita gente deve ter atravessado por ali e deve ter havido acidentes quando o vento parou de repente.

    Essa "evidência" é tipo "Acharam uns pedaços de madeira no topo do monte Ararat. Só pode ser a Arca de Noé".


  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrator, Moderator
    editado 3:36PM
    Vejam só que curioso: um site criacionista mostra que esses boatos sobre o Mar Vermelho e a Arca da Aliança são mentiras. E quem diz é o próprio cara que você mostrou no primeiro vídeo deste tópico.
    Boataria internética

    A Revista Adventista deste mês traz um artigo do especialista em Arqueologia Bíblica Dr. Rodrigo Silva. No texto, intitulado "O êxodo que não existiu", ele analisa as tais evidências falsas de Wyatt. Eis aqui alguns trechos da matéria:

    "Por mais de uma vez tive [diz Rodrigo] a oportunidade de visitar, com a equipe arqueológica da Universidade Andrews, os locais a que Wyatt faz referência. Coletamos dados, fizemos análises, entrevistas, etc. e, depois de tudo isso, posso afirmar, sem temor de erro, que essas descobertas são completamente falsas."

    Segundo o Dr. Rodrigo, Wyatt também dizia saber o local onde fora escondida a Arca da Aliança. Depois de sua morte, seu substituto e principal aliado, Richard Rives, conseguiu autorização especial para escavar no local onde Wyatt disse ter visto e até fotografado a Arca. Porém, nada foi encontrado.

    [...]

    Se a dita roda fotografada por Wyatt fosse mesmo autêntica, teríamos de perguntar por que faraó teria usado carruagens de passeio para perseguir o povo hebreu e deixado em casa as carruagens de guerra?"

    As peças fotografadas por Wyatt provavelmente provieram de navios cargueiros que afundaram na região entre 1869 e 1981. A cidade de Hurghada, no norte do Mar Morto, chega a abrigar um sítio turístico para mergulhadores que desejam ver destroços de navios naufragados ali.
    http://www.criacionismo.com.br/2009/03/boataria-internetica.html
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.