Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Os três estágios do socialismo

Os três estágios do socialismo

O primeiro estágio é o da lua de mel, o período durante o qual o experimento — recentemente implantado — aparenta demonstrar algum sucesso inicial.

Dado que economias não são destruídas em um dia, a implantação de medidas socialistas em economias que ainda apresentam resquícios de capitalismo pode, no curto prazo, gerar algum bem-estar.

Este é o período durante o qual os intelectuais tecem loas e ressaltam quão sublime é o regime.

Passado algum tempo, a economia socialista inevitavelmente começa a degringolar. E o sonho começa a se esfacelar. Os fracassos do arranjo vão se tornando tão óbvios, que passam a ser constrangedores para a causa socialista.

E então começa o segundo estágio, caracterizado por justificativas e desculpas esfarrapadas que sempre se degeneram no famoso argumento da "falácia da privação relativa" (argumentação surgida na União Soviética), a qual sugere que o argumento do oponente deve ser ignorado simplesmente porque há problemas mais importantes no mundo.

Dado, porém, que a situação continua degringolando a uma velocidade crescente, surge então o terceiro e derradeiro estágio: a alegação de que o país em questão na realidade nunca foi realmente socialista.

"Aquilo nunca foi o verdadeiro socialismo!", gritam desesperados estes intelectuais ocidentais, que ainda fazem questão de ressaltar que apenas um completo idiota, que não faz a mais mínima ideia do que realmente significa "socialismo", pode dizer o contrário.

https://mises.org.br/Article.aspx?id=2986

Comentários

  • Com o PT, chegamos no segundo estágio.

    A argumentação petista se resumia a catar problemas pontuais nos EUA e contra-argumentar com eles, antes de abandonar o debate.
  • GorduchoGorducho Member
    editado February 8
    Eu tenho uma certa admiração pelo que a China conseguiu (besides, simpatizo c/a China 😀).
    Mas, claro: não sabemos o que teria sido conseguido com um sistema capitalista depois da WWII

    E, claro: passado o certo tempo a economia socialista degringolou como reza a regra. Lá ficou só no 1° estágio
    👍
  • https://g1.globo.com/mundo/noticia/a-verdadeira-historia-das-cidades-fantasmas-da-china.ghtml

    Eu acho que a China, em poucos anos, irá causar uma crise internacional muito superior a de 2008.

  • É... inflaram uma bolha maior que a do Greenspan.
  • HuxleyHuxley Member
    editado February 10
    O que está acima não esgota a descrição da reação dos socialistas em relação ao fracasso da Venezuela e de outros países socialistas. Uma posição muito comum é simplesmente negar que o fracasso exista, reescrevendo a história. Por exemplo, tem gente que acredita ou finge acreditar que a Venezuela não passa por crise humanitária: http://religiaoeveneno.com.br/discussion/676/qual-sera-o-desfecho-da-crise-humanitaria-na-venezuela/p3 (ver 18º post de cima para baixo)

    Algo semelhante acontece com a velha posição de que Cuba seria o que o departamento de propaganda da ditadura socialista diz o que país caribenho seria.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.