Falando sobre politica

123457

Comentários

  • JudasJudas Moderator
    Fundo imobiliário não tem nada a ver com pirâmide. Absolutamente nada a ver mesmo.
  • JudasJudas Moderator
    editado November 7
    Cada fundo funciona de uma maneira distinta de operar no mercado imobiliário.

    Um fundo pode abrir oferta inicial de cotas para por exemplo, comprar um terreno, construir um prédio e depois com a venda dos apartamentos ele distribui tanto o capital investido quanto o lucro pelo numero de cotistas e proporcionais ao número de cotas que cada um comprou e se encerra.

    Outros podem comprar ou construir um shopping e viver dos aluguéis das lojas e do lucro co o estacionamento.
    Eu acho que ter um shopping no Brasil atual é um bom negócio.
    Eu não tenho dinheiro nem pra construir um prédio nem pra comprar um shopping sozinho, então eu me associo a um fundo com outras milhares de pessoas e recebo a minha parte proporcional na sociedade.

  • JudasJudas Moderator
    editado November 7
    O Brasileiro sonha em ter uma casa própria e montar seu próprio negócio.

    Se ele entendesse o mercado de ações saberia que cada real que ele ganha e coloca em empresas já consolidadas e lucrativas dão no mesmo porém não é sonho, é realizável em 15 minutos e já tem gente fazendo isso há décadas.

    O que brasileiro entende é de trabalhar pelo próprio dinheiro ao invés de colocar o dinheiro pra trabalhar pra ele.

    Eu trabalho e ganho 1000.
    Guardo no Itaú que me paga 0,30 de juros de poupança e cobra taxa de tudo o que é jeito na conta corrente.
    O Itaú pega meu dinheiro e empresta pra terceiros cobrando 8, 10, 20% a depender do caso.

    Melhor eu colocar os 1000 como acionista do Itaú e virar sócio dele nesse negócio de pegar dinheiro de trouxa por 0,3 e emprestar a 20%
  • SilvanaSilvana Member
    editado November 7
    Saudações Judas e Criaturo

    Judas disse:
    Vou estudar fazer isso sozinho em um tópico.


    Criaturo disse:

    Ok. Vamos investir 1000,00

    Isso está melhorando....

    Curiosa para saber o investimento de vcs...

    Quem sabe me animo a participar ;)

    Farei com valor menor... Sou bem conservadora...rs


    Dois videos que assisto as vezes por curiosidade natural de investidora... Corre nas veias... Quem sai aos seus não degenera.








    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
  • SilvanaSilvana Member
    editado November 7
    Saudações Criaturo

    Não sei se vc viu o que te pedi. Lá no espaço de suas mensagens.

    Podes colar o teu espaço (endereço) de fórum.


    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 7
    CRIATURO disse:
    NadaSei disse:

    Esses supostos "direitos" que você defende são muito velhos, tem MILHARES de anos e na antiguidade eram ainda maiores do que hoje ao ponto de que as profissões tinham DONOS e você só poderia entrar em uma profissão se conseguisse uma LICENÇA da guilda para trabalhar.

    Imagine se pra ser pedreiro ou garçom fosse necessário tirar um alvará como os TAXISTAS e a guilda limitasse a quantidade de pessoas que pudessem atuar na profissão, para garantir a elas bons salários.

    Foi assim que funcionou durante MILÊNIOS sem gerar nada alem de MISÉRIA.

    OAB

    interessante que para ser Médico uma profissão muito mais vital, não ha esta imposição!

    Sim, antigamente chegava a ser PIOR do que a OAB e valia pra qualquer tipo de profissão, de barbeiro a engraxate.
    Acho que no Brasil a unica profissão hoje quem tem o mesmo poder das antigas guildas é a dos profissionais aduaneiros.
    Eles se aproveitaram de uma confusão no setor durante o governo Lula para impedir a contratação de profissionais para o setor e oficialmente o sindicato se tornou uma guilda trabalhista com poderes de decidir quem pode e quem não pode trabalhar com isso.

    A OAB ainda decide isso com base em uma prova, se você passar você pode exercer a profissão.
    No caso da guilda aduaneira você precisa da autorização expressa dos dirigentes que podem simplesmente não ir com a tua cara.

    No caso da profissão de médicos a entrada é controlada com o limite na oferta de cursos. É o estado quem decide o número de vagas em cursos de medicina que podem ser abertas no Brasil.
    Isso tornou a hipocrisia do PT ainda mais escancarada no caso dos mais médicos (também conhecido como mais escravos), porque alguns anos antes o PT tinha reduzido o número de vagas em cursos de medicina com o argumento que já tinham muitos médicos.

    O governo controla o acesso a diversas profissões, isso SEMPRE foi pior durantes milênios e foi só no capitalismo que as pessoas passaram a ter um acesso MAIS LIVRE a qualquer profissão.
    CCJ aprova projeto que proíbe novos cursos de Medicina
    Compartilhe
    Versão para impressão
    0Comentários
    19/12/2007 - 18:25

    A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 65/03, do deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), que proíbe, pelo prazo de dez anos, a criação de cursos de Medicina no Brasil e a ampliação de vagas nos cursos existentes.

    A matéria, que tramita em regime de urgência, já havia sido aprovada por meio de substitutivo nas comissões de Seguridade Social e Família; e de Educação e Cultura, mas ainda depende de aprovação do Plenário.

    Cursos no exterior
    A CCJ acatou substitutivo do relator Colbert Martins (PMDB-BA), que cortou do texto original determinações dirigidas ao Poder Executivo, como a obrigatoriedade de regulamentar em 120 dias a validação no Brasil de cursos de Medicina concluídos no exterior. Martins entendeu que essas determinações são contrárias ao princípio constitucional da separação dos Três Poderes.

    Em seu parecer, Colbert Martins aprovou ainda o substitutivo da Comissão de Seguridade Social e Família, que suspende a autorização e o reconhecimento do curso de Medicina e outros na área da saúde, até que esses procedimentos sejam regulamentados pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e seus congêneres nos estados e no Distrito Federal.

    Substitutivo da Educação
    Grande parte dos deputados da CCJ se mostrou contra a proibição de novos cursos de Medicina. O parecer do relator só não foi rejeitado, porém, porque os integrantes da comissão tomaram conhecimento do substitutivo ao projeto aprovado na Comissão de Educação e Cultura no mês passado, que não chegou a ser analisado por Colbert Martins porque seu relatório foi apresentado em outubro. Esse outro substitutivo, de autoria do deputado Átila Lira (PSB-PI), em vez de proibir novos cursos, dificulta a criação deles. Como o texto de Átila Lira terá preferência para votação em plenário, onde deve receber parecer oral da CCJ, os deputados da comissão aprovaram o parecer de Colbert Martins.

    No substitutivo da Comissão de Educação, uma das exigências para abertura de novo curso de Medicina é que a faculdade tenha hospital próprio ou credenciado para formação prática dos estudantes. Pelo texto, para ser autorizada, a faculdade deverá ter 1/5 do corpo docente em regime de tempo integral, e 1/3 com titulação acadêmica de mestrado ou doutorado.

    Debate
    Muitos parlamentares criticaram a proposta de Chinaglia. O deputado Edmar Moreira (DEM-MG) afirmou que o autor do projeto, como médico, é conhecedor do tema abordado e acertou no diagnóstico, ao apontar a proliferação de cursos de Medicina de má qualidade. "Mas a prescrição médica foi completamente equivocada. Pode até matar o paciente", disse.

    Na avaliação do deputado Gerson Peres (PP-PA), o projeto prevê "uma proibição brutal, fora do bom senso", porque "o Brasil precisa de médicos". O deputado Luiz Couto (PT-PB) concordou ao dizer que a proibição não pode ser simples, pois "o Brasil necessita, cada vez mais, desses profissionais".

    O deputado Nelson Pellegrino (PT-BA) disse ser favorável à criação de bons cursos de Medicina, especialmente no interior. Ele afirmou que a instalação de faculdades de medicina em pequenas cidades, com hospitais-escola, ajuda a melhorar o atendimento da população.

    A constitucionalidade do projeto, porém, foi questionada pelo deputado Felipe Maia (DEM-RN). Em sua opinião, a proibição pretendida "é um desrespeito ao Conselho Nacional de Educação [que autoriza abertura de cursos] e à sociedade". O deputado Marcelo Ortiz (PV-SP) concordou. Segundo ele, o projeto afronta a Constituição porque "impede atividade privada".

    Qualidade x quantidade
    Por outro lado, o deputado Paes Landim (PTB-PI) ressaltou que o Brasil tem mais faculdades que os Estados Unidos. "O projeto é importante, pelo menos em termos de colocar em discussão [o tema da qualidade dos cursos de Medicina]."

    O deputado Silvinho Peccioli (DEM-SP) contou que, entre 1994 e 2002, foram criados 36 novas escolas de Medicina no País, metade do número verificado nos 180 anos anteriores a esse período. "O número de faculdades existente é mais que adequado. Agora temos que trabalhar a qualidade", disse.

    https://www.camara.leg.br/noticias/111885-CCJ-APROVA-PROJETO-QUE-PROIBE-NOVOS-CURSOS-DE-MEDICINA
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    LaraAS disse: Para NadaSei: para começar para os que ganham 1 ou dois salários mínimos o que eles contribuam para esses fundos imobiliários e na hipótese remota de que estes sejam tão maravilhosos como você fala, no caso eles que só contribuem com menos de 60 reais uns e menos de 100 outros para a previdência não chegaria a dar nem sequer o mesmo salário que eles ganham na mesma idade em que se aposentam (e os que ganham pouco assim têm aposentadoria integral na aposentadoria pública, aliás até cerca de 5 salários mínimos isso acontece) em segundo lugar a previdência também é para saúde e seguros-desemprego e para os 74% da população que não tem seguro-saúde privado e tem que contar isso também e no caso do seguro-saude privado só virou uma coisa decente e que vale a pena depois da regulação estatal deles em 1998 proibindo a noção de doença pre-existente colocando que só poderia realmente ser obrigatório ter um preço mais caro por idade, proibindo planos de saúde que não cubram tudo e todo esse tipo de coisa.

    É ilusória e falsa a afirmação de que os empregados só contribuem com 60 ou 100 reais.
    Na teoria o empregado paga 7,5% e o empregador pagaria os outros 20%, mas na realidade e na pratica é o trabalhador quem paga tudo.

    Quando eu contrato alguém eu faço a calculo de quanto o FUNCIONÁRIO me custa COMO UM TODO.
    Se eu gasto 998 reais de salario + 20% de INSS no valor de 199 reais, mais vale transporte no valor de 200 reais, então o funcionário me custa 1397 reais por mês.

    Se eu estou disposto a pagar 1397 reais por mês pela mão de obra, pra mim é indiferente se eu pago o valor todo diretamente para o empregado ou se eu pago parte desse valor pra ele e outra parte para o governo.

    Portanto na realidade é o empregado quem está arcando com o custo total, ele só não sabe disso e vê seu salario reduzido a 998 reais sem entender as causas disso.
    LaraAS disse:
    E quanto a esses fundos imobiliários está me parecendo que você está contanto com o negócio da criação de galinhas quando você tem agora só uns poucos ovos que podem cair pelo caminho e mesmo que não seja assim está me parecendo um negócio piramidal que só funciona por que poucos entram nisso e que se muitos entrassem nisso iria acabar a festa: ou por que você acha que há pouquíssima informação sobre isso? Você acha mesmo que é só coincidência?
    Comprar casas e alugar é um esquema de piramide desde quando?
    FIIs são simplesmente imoveis sendo alugados.
    Nos EUA existe umas 200 vezes mais fundos imobiliários do que no Brasil, isso só está começando aqui e no Brasil as pessoas não sabem sobre isso porque no Brasil não a maioria não sabe sobre investimentos e ponto final.

    Não existe nenhum mistério em relação aos FIIs ou outras formas de investimento.
    O exemplo dos FIIs foi só um dos INÚMEROS investimentos que qualquer trabalhador pode fazer para ver seu dinheiro render muito mais do que na previdência publica.
    O FGTS, por exemplo, consegue render menos do que a poupança...

    Estamos simplesmente falando sobre o governo TOMANDO o dinheiro do trabalhador e "investindo" em esquemas de PIRAMIDE REAIS como a previdência publica ou fundos que não cobrem nem a inflação como o FGTS, quando o cidadão estaria em melhor situação sendo LIVRE para fazer investimentos MUITO MELHORES.

    Poderia ser uma previdência privada, por exemplo, caso fossemos uma nação com leis como os EUA onde a previdência privada não tem tantos riscos quanto aqui.

    O fato é que a previdência publica é usada pelo governo para REDISTRIBUIR RENDA, o que significa que tem muita gente sendo ROUBADA e a grana está indo para quem NÃO CONTRIBUIU por inúmeras razões.
    Quem paga a conta é quem contribui assim como o pagador de impostos.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    CRIATURO disse:

    primeiro voce precisar provar que o valor investido dobra a cada sete anos, porque se José estiver certo haverá tambem sete anos de vacas magras...kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Segundo que efetivamente só sairá do bolso do trabalhador 8% 80,00 e óbvio que se fossem isentados pela previdência os empregadores não iriam pagar estes 20% 200,00 a mais aos trabalhadores. alem de 80,00 tambem ser depositado como FGTS.
    terceiro, a contribuição a previdência não esta destinada apenas aposentadoria dentro do pacote esta saudê , seguro desemprego.

    Governo estuda isenção desta contribuição de 20% dos empresários e 2% menos para FGTS

    https://www.gazetadopovo.com.br/republica/emprego-governo-quer-baixar-multa-do-fgts-e-contribuicao-ao-inss-em-novo-programa/

    Repito pra você o que disse pra Lara:

    É ilusória e falsa a afirmação de que os empregados só contribuem com 60 ou 100 reais.
    Na teoria o empregado paga 7,5% e o empregador pagaria os outros 20%, mas na realidade e na pratica é o trabalhador quem paga tudo.

    Quando eu contrato alguém eu faço a calculo de quanto o FUNCIONÁRIO me custa COMO UM TODO.
    Se eu gasto 998 reais de salario + 20% de INSS no valor de 199 reais, mais vale transporte no valor de 200 reais, então o funcionário me custa 1397 reais por mês.

    Se eu estou disposto a pagar 1397 reais por mês pela mão de obra, pra mim é indiferente se eu pago o valor todo diretamente para o empregado ou se eu pago parte desse valor pra ele e outra parte para o governo.

    Portanto na realidade é o empregado quem está arcando com o custo total, ele só não sabe disso e vê seu salario reduzido a 998 reais sem entender as causas disso.

    O fato é que a previdência publica é usada pelo governo para REDISTRIBUIR RENDA, o que significa que tem muita gente sendo ROUBADA e a grana está indo para quem NÃO CONTRIBUIU por inúmeras razões e quem paga a conta é quem contribui assim como o pagador de impostos.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • Ora, haja paciência imóveis ficam velhos, desvalorizam, etc....eu não acredito nessa máquina de fazer ouro, nesse moto perpétuo.
  • JudasJudas Moderator
    editado November 8
    Aqui um bom resumo de um dos mais bem administrados.

    mais de 111 mil cotistas e patrimônio de 3.5 bilhões de reais, valor pago por cota, quantidade de imóveis, localização, vencimento de contratos, vacância etc...

    Valorizou mais de 14% em 12 meses fora os 0,74 centavos por mês pagos por cota.


    https://fiis.com.br/knri11/

  • LaraAS disse: Ora, haja paciência imóveis ficam velhos, desvalorizam, etc....eu não acredito nessa máquina de fazer ouro, nesse moto perpétuo.

    Existem imóveis e imóveis.
    Duvido que o shopping que frequento há 25 anos, em pleno centro da cidade, o tempo todo lotado, esteja desvalorizado.
    E os prédios residenciais e comerciais do centro também estejam desvalorizados.
    Riscos existem em qualquer investimento.
    O que muda é o grau e a coragem do investidor.
    Quem investe sabe dos riscos. Geralmente quanto maior o lucro previsto, maior o risco.
    Quem está começando deve estudar bastante pra saber onde investir.

    Me corrijam se eu estiver errado. :#

  • Mais uma coisa, @LaraAs, para evitar frustrações é preciso estar ciente que baixos investimentos não deixam ninguém milionário.
  • JudasJudas Moderator
    Quem escolhe os imóveis são os gestores de Itaú no exemplo que eu dei. A eles, não a mim, é confiada esta tarefa. Em jogo a reputação do maior banco privado do país.

    Até aqui não tenho notícia de um gestor deste nível comprar um muquifo mofado acima do preço e mal localizado.

    Essas pessoas não entram em roubada.

    Caso algo aconteça com UM imóvel o fundo tem mais 17 pra segurar o rojão enquanto o vende, reforma, refaz o negócio etc...

    Já se eu coloquei todo o dinheiro da minha vida em uma bela casa e de repente um vazamento na rede de esgoto cria uma cratera e traga metade da minha casa, com a outra sendo condenada pela defesa civil, eu fico na rua, sem casa e, se um dia tiver direito a uma indenização por parte do governo, espero estar vivo pra receber.

  • Leandro disse:
    LaraAS disse: Ora, haja paciência imóveis ficam velhos, desvalorizam, etc....eu não acredito nessa máquina de fazer ouro, nesse moto perpétuo.

    Existem imóveis e imóveis.
    Duvido que o shopping que frequento há 25 anos, em pleno centro da cidade, o tempo todo lotado, esteja desvalorizado.
    E os prédios residenciais e comerciais do centro também estejam desvalorizados.
    Riscos existem em qualquer investimento.
    O que muda é o grau e a coragem do investidor.
    Quem investe sabe dos riscos. Geralmente quanto maior o lucro previsto, maior o risco.
    Quem está começando deve estudar bastante pra saber onde investir.

    Me corrijam se eu estiver errado. :#


    Independentemente do assunto principal, uma curiosidade: onde você mora? Pois aqui em São Paulo SP o centro velho é uma das regiões mais desgastadas. E voltando ao assunto principal algo com riscos não me parece adequado para algo como a previdência básica e seguros-desemprego básicos e muito menos para atendimento de saúde para 74% da população e por outro lado também há a questão de inquilinos que não pagam e aos quais é difícil desalojar. E quanto ao que falaram acima sobre as contribuições patronais, se alguns patrões as fraudam isso não é motivo para tirá-las mas sim vigiar melhor essas fraudes. É também o que tinham falado sobre as empregadas, uma faxineira ganha muito mais por dia do que uma doméstica continua, então se a CLT para as doméstica continuas fez aumentar a proporção de faxineiras, isso TAMBÉM foi vantagem para elas.
  • LaraAS disse:

    Independentemente do assunto principal, uma curiosidade: onde você mora?

    Belém/PA
    LaraAS disse:

    E voltando ao assunto principal algo com riscos não me parece adequado para algo como a previdência básica e seguros-desemprego básicos e muito menos para atendimento de saúde para 74% da população e por outro lado também há a questão de inquilinos que não pagam e aos quais é difícil desalojar. E quanto ao que falaram acima sobre as contribuições patronais, se alguns patrões as fraudam isso não é motivo para tirá-las mas sim vigiar melhor essas fraudes. É também o que tinham falado sobre as empregadas, uma faxineira ganha muito mais por dia do que uma doméstica continua, então se a CLT para as doméstica continuas fez aumentar a proporção de faxineiras, isso TAMBÉM foi vantagem para elas.

    Como eu disse, existem os riscos e cabe ao investidor decidir se arrisca ou não.
    Quanto às questões envolvendo previdência, seguros, etc, não me sinto apto a respondê-las.

  • JudasJudas Moderator
    Verdadeiramente o conselho que eu dou é que cada um aqui vá conhecer a fundo o mercado de ações e FIIs.

    Se este governo durar pelos os 8 anos que as possibilidades apontam teremos muito tempo pra ganhar dinheiro com um mercado que só sobe desde 2016.

    Eu mesmo quando vejo as oportunidades que perdi fico deprimido.

    Ontem ocorreu o leilão que a Petrobras acabou vencendo.

    Comprei ações da ENEVE3, comprei 3000 reais, isso foi ontem.

    Hoje de manhã, as 10:40 eu já tinha 3240,00.

    Fui acompanhando e coloquei um "stop gain" em 3300,00 e neste ponto as ações são vendidas automaticamente. Fiz com medo que elas devolvessem este movimento durante o dia.
    Depois que eu vendi ela ainda subiu mais 2% e acabou fechando com 9% de valorização.

    Comprei por indicação que consigo de graça no YT e com a ajuda de analistas das próprias corretoras.

    Eu sei o que estou fazendo e uso estas indicações pra corroborar a análise técnica que faço e a estratégia que resolvi seguir baseada em IFR2, IFR14, Estocástico lento 8,3,3, compra "Dave Landry" e umas ferramentas que aprendi sozinho.


    Pelo que eu presenciei está mais difícil perder dinheiro porque o mercado está em tendência de alta há mais de 2 anos. Imagino que em uma tendência de baixa eu precisasse rever estas estratégias.

    Em nenhum mês desde dezembro de 2018 eu fechei no vermelho.

    Passei horas a fio assistindo vídeos e aplicando os modelos que se encaixavam melhor no eu perfil.


    Mudando o governo, acontecendo algum escândalo de corrupção etc...eu paro de botar dinheiro, enquanto isso não acontecer tudo que ganho vira Itausa.
  • Judas disse: Quem escolhe os imóveis são os gestores de Itaú no exemplo que eu dei. A eles, não a mim, é confiada esta tarefa. Em jogo a reputação do maior banco privado do país.

    Até aqui não tenho notícia de um gestor deste nível comprar um muquifo mofado acima do preço e mal localizado.

    Essas pessoas não entram em roubada.

    Caso algo aconteça com UM imóvel o fundo tem mais 17 pra segurar o rojão enquanto o vende, reforma, refaz o negócio etc...

    Já se eu coloquei todo o dinheiro da minha vida em uma bela casa e de repente um vazamento na rede de esgoto cria uma cratera e traga metade da minha casa, com a outra sendo condenada pela defesa civil, eu fico na rua, sem casa e, se um dia tiver direito a uma indenização por parte do governo, espero estar vivo pra receber.
    Se trata de primeira casa, da casa de moradia e esse seu raciocínio só tem sentido para casas extras-domicio para por para alugar por outro lado, um banco também pode falir ou ter prejuízos...

  • JudasJudas Moderator
    editado November 8
    Eu não compraria casa nenhuma. Moraria de aluguel que seria pago com o dinheiro mensal que recebo dos fundos que é onde boa parte de todo o investimento da minha vida estará. Este dinheiro é MAIS do que o custo do aluguel.

    Bancos podem quebrar do mesmo jeito que casas podem cair ou uma favela aparecer no meu bairro derrubando o preço do meu investimento.

    Acontece que é mais fácil eu perder todo o meu dinheiro se ele estiver em uma única casa do que se ele estiver em 8 fundos diferentes, em regiões diferentes do país pro caso de terremotos ou crises em governos estaduais específicos e mais um monte de sistemas de redundância e diversificação pra prevenir risco concentrado.

    Fundos também têm ordem de stop loss que pode ficar aberta na bolsa pro caso de qualquer desvalorização brusca por qualquer motivo que seja.

  • Judas disse: Verdadeiramente o conselho que eu dou é que cada um aqui vá conhecer a fundo o mercado de ações e FIIs.

    Me interessei pelo assunto somente no final do ano passado embalado pelos vídeos do Primo Rico.
    Comprei +/- R$50,00 em ações do Tesouro Direto pela Rico/XP.
    Só que voltei pro interior e não investi mais nada.
    Retornei à capital e assim que puder vou comprar mais ações.
    Estou acompanhando suas postagens e do @NadaSei.
    !!!Ah, se eu pudesse voltar no tempo!!!!

  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 8
    LaraAS disse: Ora, haja paciência imóveis ficam velhos, desvalorizam, etc....eu não acredito nessa máquina de fazer ouro, nesse moto perpétuo.

    Como foi dito, riscos existem em QUALQUER investimento e isso inclui a PREVIDÊNCIA PUBLICA que só foi reformada justamente porque iria ficar insolvente devido a forma em PIRAMIDE na qual foi construída.
    A previdência publica funciona com base unica e exclusiva na CONFIANÇA de que os governantes (ou seja, antas como a Dilma ou o Bolsonaro) não vão deixa-la quebrar e o governo vai continuar injetando dinheiro dos impostos para cobrir o rombo que ela deixa aos cofres públicos.

    Já investir em imoveis é MAIS SEGURO porque estamos falando de bens reais administrados por pessoas competentes.
    Essa segurança é maior especialmente quando seu dinheiro ao invés de ser colocado todo na mesma cesta é distribuído entre DIVERSOS FUNDOS e cada um desses fundos possui DIVERSOS IMOVEIS.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 8
    Leandro disse:
    Judas disse: Verdadeiramente o conselho que eu dou é que cada um aqui vá conhecer a fundo o mercado de ações e FIIs.

    Me interessei pelo assunto somente no final do ano passado embalado pelos vídeos do Primo Rico.
    Comprei +/- R$50,00 em ações do Tesouro Direto pela Rico/XP.
    Só que voltei pro interior e não investi mais nada.
    Retornei à capital e assim que puder vou comprar mais ações.
    Estou acompanhando suas postagens e do @NadaSei.
    !!!Ah, se eu pudesse voltar no tempo!!!!

    Por muito tempo eu venho procurando um meio de fazer minha aposentadoria.
    Eu descobri os FIIs durante uma entrevista num dos jornais da Band, quando descreveram o que é um FII na hora eu soube que era justamente o que eu estava procurando.

    Investir em divida publica também é considerado bem seguro, mas meu lado anarcocapitalista nunca gostou muito disso.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • Silvana disse: Saudações Criaturo

    Não sei se vc viu o que te pedi. Lá no espaço de suas mensagens.

    Podes colar o teu espaço (endereço) de fórum.


    [Fraternos]

    NÃO VI!
  • LaraASLaraAS Member
    editado November 8
    NadaVi: e no caso de se acabasse a previdência pública você seria a favor de um aumento de impostos para os que ganham mais de 4000 mil reais por mês para cobrir um voucher-investimentos para os que ganham menos de 3000 reais e dado com dinheiro de impostos para os que ganham menos de 3000 reais , eles possam fazer investimentos em Fundos imobiliários e também ter seguro-saude-privado? Para fazer essas duas coisas esses vouchers deveriam ser de pelo menos 600 reais e se acabassem as escolas públicas isso deveria ser aumentado em mais pelo menos 600, ficando 1200 ao todo....
  • Continuação; outra coisa, o voucher-educação seriam 600 por filho, então um casal com 3 filhos já ganharia 1800 com vouchers-educação e para seguro-saude seriam 300 por pessoa então uma família nuclear com 5 pessoas ganharia mais 1500 com voucher-educação e mais 300 reais por mes por adulto para vouchers-investimentos para a aposentadoria, tudo isso com os impostos pagos pelos que ganham mais de 4000 mil reais por mês....
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 8
    LaraAS disse: NadaVi: e no caso de se acabasse a previdência pública você seria a favor de um aumento de impostos para os que ganham mais de 4000 mil reais por mês para cobrir um voucher-investimentos para os que ganham menos de 3000 reais e dado com dinheiro de impostos para os que ganham menos de 3000 reais , eles possam fazer investimentos em Fundos imobiliários e também ter seguro-saude-privado? Para fazer essas duas coisas esses vouchers deveriam ser de pelo menos 600 reais e se acabassem as escolas públicas isso deveria ser aumentado em mais pelo menos 600, ficando 1200 ao todo....

    E porque seria necessário AUMENTAR impostos se todos esses sistemas estatais já usam de impostos para o seu financiamento e na verdade custam MAIS CARO do que as versões privadas custariam?

    Com o fim desses serviços públicos basta criar os vouchers e dar aos cidadãos "cotas" de acordo com a renda de cada um, garantindo desde 10% até 100% do valor do serviço privado a ser contratado.
    Ou por acaso você está insinuando que esses serviços atualmente não tem custo que já é pago pelo cidadão?

    E de onde você tirou esse valor de 600 reais?
    Tá cheio de escola de informatica e inglês por 150 reais, eu fiz minha faculdade de redes por 265 reais ao mês e fiz um curso técnico de computação gráfica numa escola muito boa por 450 reais ao mês.

    Uma vez que não existam mais esses serviços pseudo-gratuitos causando no mercado de ensino privado o mesmo efeito da PIRATARIA, a tendencia é o preço das escolas de ensino fundamental e médio simplesmente despencar.
    Idem para o sistema de saúde.

    Quanto a ter dinheiro para investir em fundos imobiliários ou outra coisa, como já foi dito o empregado já paga a previdência publica, o FGTS e todo o resto. É tudo descontado ou diretamente na folha de pagamento do funcionário ou de modo escondido disfarçado de imposto patronal.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 8
    LaraAS disse: Continuação; outra coisa, o voucher-educação seriam 600 por filho, então um casal com 3 filhos já ganharia 1800 com vouchers-educação e para seguro-saude seriam 300 por pessoa então uma família nuclear com 5 pessoas ganharia mais 1500 com voucher-educação e mais 300 reais por mes por adulto para vouchers-investimentos para a aposentadoria, tudo isso com os impostos pagos pelos que ganham mais de 4000 mil reais por mês....

    Olha só, eu achei no site na nova escola um provável burocrata estatal defendendo que os gastos do governo são poucos e comparando com escolas particulares caras onde o custo por aluno é de 1800 reais.
    Ou seja, nos poço sem fundo o cara ainda acha que estamos gastando pouco.

    https://novaescola.org.br/conteudo/11890/quanto-custa-um-aluno-no-brasil

    Mas vamos lá, o valor médio gasto anual por aluno no ensino fundamental é de R$ 3.725,44, isso dividido por 12 dá R$ 310,41 por mês para cada aluno.

    Se eu pagava R$ 450 numa escola de informatica com um equipamento com poder de processamento gráfico para cada aluno, impressora 3D, projetor de vídeo e o escambau, pode ser certeza que com menos de R$ 310 dá pra ter EXCELENTES escolas fundamentais.

    Especialmente porque um dos problemas de uma escola especializada como essa de computação grafica, está na demanda limitada por cursos como o que eu busquei.
    Eram 20 alunos no inicio do curso, uma unica turma em todos os períodos e alta taxa de evasão, já que no fim do curso dos 20 inscritos só sobraram 12.

    Ensino fundamental com alta demanda vai existir uma briga de faca para botar as mãos em milhões de alunos dispostos a pagar 150 ou 200 reais todo mês, da mesma forma como ocorre com cursos de informatica e inglês que tem demanda menor do que ensino fundamental e médio.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • LaraASLaraAS Member
    editado November 8
    NadaSei disse:
    LaraAS disse: NadaVi: e no caso de se acabasse a previdência pública você seria a favor de um aumento de impostos para os que ganham mais de 4000 mil reais por mês para cobrir um voucher-investimentos para os que ganham menos de 3000 reais e dado com dinheiro de impostos para os que ganham menos de 3000 reais , eles possam fazer investimentos em Fundos imobiliários e também ter seguro-saude-privado? Para fazer essas duas coisas esses vouchers deveriam ser de pelo menos 600 reais e se acabassem as escolas públicas isso deveria ser aumentado em mais pelo menos 600, ficando 1200 ao todo....

    E porque seria necessário AUMENTAR impostos se todos esses sistemas estatais já usam de impostos para o seu financiamento e na verdade custam MAIS CARO do que as versões privadas custariam?

    Com o fim desses serviços públicos basta criar os vouchers e dar aos cidadãos "cotas" de acordo com a renda de cada um, garantindo desde 10% até 100% do valor do serviço privado a ser contratado.
    Ou por acaso você está insinuando que esses serviços atualmente não tem custo que já é pago pelo cidadão?

    E de onde você tirou esse valor de 600 reais?
    Tá cheio de escola de informatica e inglês por 150 reais, eu fiz minha faculdade de redes por 265 reais ao mês e fiz um curso técnico de computação gráfica numa escola muito boa por 450 reais ao mês.

    Uma vez que não existam mais esses serviços pseudo-gratuitos causando no mercado de ensino privado o mesmo efeito da PIRATARIA, a tendencia é o preço das escolas de ensino fundamental e médio simplesmente despencar.
    Idem para o sistema de saúde.

    Quanto a ter dinheiro para investir em fundos imobiliários ou outra coisa, como já foi dito o empregado já paga a previdência publica, o FGTS e todo o resto. É tudo descontado ou diretamente na folha de pagamento do funcionário ou de modo escondido disfarçado de imposto patronal.


    Eu já tinha dado a hipótese de não haver mais a contribuição previdenciária e um curso de inglês ou computação com só no máximo 4 horas por semana não é comparável a um curso de cerca de 22 horas presenciais por semana como o ensino básico ou regular ou regular ACRESCENTADO ao técnico e não só o técnico e os que têm rendimento abaixo de 3, 2 salários mínimos por mês já, atualmente recebem mais do que contribuem, a minha pergunta é se você é a favor de que continue assim, mesmo que se acabe a contribuição para a previdência e tudo sejam vouchers para os que ganham menos ou se você é contra a toda política de distribuição de renda.
  • NadaSeiNadaSei Administrator, Moderator
    editado November 8
    LaraAS disse:
    Eu já tinha dado a hipótese de não haver mais a contribuição previdenciária e um curso de inglês ou computação com só no máximo 4 horas por semana não é comparável a um curso de cerca de 22 horas presenciais por semana como o ensino básico ou regular ou regular ACRESCENTADO ao técnico e não só o técnico e os que têm rendimento abaixo de 3, 2 salários mínimos por mês já, atualmente recebem mais do que contribuem, a minha pergunta é se você é a favor de que continue assim, mesmo que se acabe a contribuição para a previdência e tudo sejam vouchers para os que ganham menos ou se você é contra a toda política de distribuição de renda.

    A politica de redistribuição de renda é justamente o que resulta no dinheiro dos mais pobres sendo tomado deles e transferido para os mais ricos.

    Existe um erro fundamental na logica de tentar tomar o dinheiro dos ricos que é não perceber que o cara que na iniciativa privada fica rico é o cara que ganha dinheiro vendendo coisas e que portanto pode simplesmente repassar o valor do imposto nos produtos que vende, transferindo a conta para o consumidor.
    Nesse caso é o pobre quem acaba pagando a conta na forma de inflação.

    Outro erro é não perceber que existe muito pobre para pouco rico sustentar.
    Você sabia que o 1% mais rico da população tem a mesma riqueza que os outros 99% mais pobres?

    A maioria que sabe disso não conhece outro fato interessante.
    Para fazer parte do 1% mais rico do mundo basta você ter uma renda de cerca de 8 mil reais.
    Quem ganha 6 mil reais já faz parte de 4% mais ricos e com 3 mil reais você faz parte dos 10% mais ricos do mundo.

    Falta as pessoas a noção real da miséria do mundo e o entendimento que o combate a miséria não se da tirando dos ditos "ricos" que incluem por definição quem ganha 3 mil reais por mês.
    Se combate a miséria criando riqueza e quem melhor sabe fazer isso é justamente quem ganha mais dinheiro.

    Ao tomar o dinheiro de quem é eficiente em combater a miséria e dar para o governo, você está perpetuando a miséria ao transferir renda de quem usaria essa renda de modo eficiente para criar mais riqueza e a transfere para quem não sabe criar riqueza e só a consome.

    Dito isso, do ponto de vista pragmático eu sou a favor do uso de vouchers como forma de forçar a população a formar aposentadoria, e ter uma garantia minima de educação e saúde para si e para seus filhos. Em especial porque as escolhas erradas de uma parcela iriam inflamar os clamores dos setores de esquerda da sociedade que os usariam de exemplo para instituir sistema públicos de saúde, educação e previdência.
    “A violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas sim algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos, e depois em vítimas.” - Roberto Campos
  • Saudações Criaturo

    NÃO VI!

    É, eu não sei marcar msg. Por isso vc não viu.

    Se puder cole por lá.


    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
  • Saudações Leandro

    Estou acompanhando suas postagens e do @NadaSei.

    Oi Leandro, o Nadasei e o Judas me fizeram ver com outros olhos os FII's.

    Preciso estudar sobre o assunto. Mas, hj já escutei rumores de instabilidade de investidores no Brasil.

    Veremos se a política mais uma vez pode prejudicar a econômia.


    [Fraternos]
     
     " Permaneçam abertos de coração e mente para os "antigos" que criaram todas as coisas; e para seus irmãos e irmãs " !

    images?q=tbn:ANd9GcQ9mLQDb5cO3QT_mujQmNUODmNQOFSFiLMKgfYFqAtcLg63oaKtZw
     
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.