Posts que chutam os sacos de quem chuta nossos sacos

editado January 15 em Religião é veneno
Vai ser difícil bater o @Fernando_Silva aqui.


Prometo tentar
«1

Comentários

  • Todo cadáver encontrado no Monte Everest já foi um dia uma pessoa pró-ativa, radiante e fora da sua zona de conforto.
  • editado January 15
    Esquece este medo de tentar e dar errado!
    Errado é NÃO TENTAR e deixar a chance do FRACASSO escapar!
  • Judas disse: Todo cadáver encontrado no Monte Everest já foi um dia uma pessoa pró-ativa, radiante e fora da sua zona de conforto.
    Mas eu concordo com esta frase!

  • "Desista enquanto é tempo. Não morra tentando".
  • "Junta-te aos bons e eles deixarão de ser bons"
  • Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.


  • Todo otimista é um mal informado.
  • editado April 15
    Huxley escreveu: »
    Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.

    A peniscilina nao foi un erro mas o resultado de uma desejada acuidade cognitiva da pessoa certa na hora certa.

  • editado April 15
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.

    A peniscilina nao foi un erro mas o resultado de uma desejada acuidade cognitiva da pessoa certa na hora certa.
    Estava me referindo a "erro" em relação a crença prévia. Alexander Fleming, em 1928, esqueceu seu material de estudo sobre a mesa enquanto saía de férias. Em relação a crença prévia dele, aquilo foi um erro. A posteriori, ficou claro que aquilo foi um acerto.
  • editado April 15
    Huxley escreveu: »
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.

    A peniscilina nao foi un erro mas o resultado de uma desejada acuidade cognitiva da pessoa certa na hora certa.
    Estava me referindo a "erro" em relação a crença prévia. Alexander Fleming, em 1928, esqueceu seu material de estudo sobre a mesa enquanto saía de férias. Em relação a crença prévia dele, aquilo foi um erro. A posteriori, ficou claro que aquilo foi um acerto.
    Não havia " uma crença prévia", ele fez uma indução. E esquecer não foi um erro mas uma falha num procedimento.

  • editado April 15
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.

    A peniscilina nao foi un erro mas o resultado de uma desejada acuidade cognitiva da pessoa certa na hora certa.
    Estava me referindo a "erro" em relação a crença prévia. Alexander Fleming, em 1928, esqueceu seu material de estudo sobre a mesa enquanto saía de férias. Em relação a crença prévia dele, aquilo foi um erro. A posteriori, ficou claro que aquilo foi um acerto.
    Não havia " uma crença prévia", ele fez uma indução. E esquecer não foi um erro mas uma falha num procedimento.

    Se foi uma "falha num procedimento", então foi um erro num procedimento. Logo, também foi um erro.
  • editado April 16
    Huxley escreveu: »
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    Judas disse: 80452551_519676422225804_76473307606394734_n.jpg?_nc_ht=instagram.fplu9-1.fna.fbcdn.net&_nc_cat=100&_nc_ohc=mhf00RP7Nq8AX8tALOj&oh=34ff016d0f32e2c374dc0197c55777d3&oe=5EC4A6DC

    A intenção foi caçoar, mas se trata de um belíssimo conselho. Em coisas que têm retornos não-lineares, os erros, desde que pequenos, devem ser apreciados. O caso mais óbvio é na tecnologia. Sem erros, não existiria a penicilina e um monte de outros inovações tecnológicas.

    A peniscilina nao foi un erro mas o resultado de uma desejada acuidade cognitiva da pessoa certa na hora certa.
    Estava me referindo a "erro" em relação a crença prévia. Alexander Fleming, em 1928, esqueceu seu material de estudo sobre a mesa enquanto saía de férias. Em relação a crença prévia dele, aquilo foi um erro. A posteriori, ficou claro que aquilo foi um acerto.
    Não havia " uma crença prévia", ele fez uma indução. E esquecer não foi um erro mas uma falha num procedimento.

    Se foi uma "falha num procedimento", então foi um erro num procedimento. Logo, também foi um erro.
    Discordo. Uma falha nem sempre é um erro. Esquecer não é um erro mas uma falha.

  • Se você consegue manter a calma quando todos estão desesperados, é porque você ainda não percebeu a gravidade da situação.
  • Aquilo que não nos mata nos deixa com sequelas.
  • Quando você já começa pessimista, achando que vai dar tudo errado, o pior acontece.
    Agora, quando você já começa otimista, achando que vai dar tudo certo, o pior acontece.
  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Aquilo que não nos mata nos deixa com sequelas.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Quando você já começa pessimista, achando que vai dar tudo errado, o pior acontece.
    Agora, quando você já começa otimista, achando que vai dar tudo certo, o pior acontece.

    No primeiro caso, qualquer coisa minima que der certo é lucro. No segundo caso, qualquer coisa que der errado é frustração.
  • Saudações Fernando
    Fernando disse:
    Se você consegue manter a calma quando todos estão desesperados, é porque você ainda não percebeu a gravidade da situação.

    Até que alguém mais informado te expliquei...rs

    Ou não... Vc mesmo vai descobrir sozinho, quando não adianta mais se desesperar..rs


    [Fraternos]
  • Saudações Fernando
    Frnando disse:
    Aquilo que não nos mata nos deixa com sequelas.

    Nem sempre.

    Nesta situação do Covid-19 nos deixa com anticorpos...rs


    [Fraternos]
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.