Tópico sobre medicamentos

Comentários

  • Saudações Edson


    Já que vc iniciou um tópico sobre medicamentos.

    Vamos falar sobre alopatia, fitoterapia, homeopatia, antroposofia, terapia holistica...


    Então, vamos começar com um video curtinho do Dr. Lair...






    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Saudações a todos


    Na verdade o Alzheimer é o somatório de marcadores genéticos e fatores ambientais.











    " Abacateiro teu recolhimento é justamente
    O significado da palavra temporão
    Enquanto o tempo não trouxer teu abacate
    Amanhecerá tomate e anoitecerá mamão".


    Considerações pessoais:
    Realizei um trabalho sobre a relação da demência e o Alzheimer com a falta da vit. B12.

    Por exemplo:
    Pacientes com diabetes que fazem uso regular de metformina podem ter menor captação da vit.B12 durante a vida, tendo em vista que o uso da metformina é prolongado...

    Realizei outras pesquisas e trabalhos sobre o assunto até mesmo sobre uma bactéria com muitos indícios...

    Mas, fui barrada na defesa do projeto de mestrado...
    Professor achou que eu estava muito distante da realidade...rsrsrs

    Só que não é bem assim... Atualmente já encontro trabalhos sobre a mesma bactéria e sua relação com Parkinson e Alzheimer..

    Mas, fazer o quê, pesquisa no Brasil as vezes é assim mesmo.


    Neste link sob o título:
    [ Falta de vitamina B12 pode ser confundida com mal de Alzheimer]

    Falta do composto no organismo agrava sintomas de outras doenças.


    "As vitaminas do complexo B são conhecidas há alguns anos por sua relação com o Alzheimer e com demais demências. Agora, os cientistas descobriram que, em altas concentrações, a vitamina B12 diminui os níveis do aminoácido homocisteína no sangue, uma das substâncias responsáveis por causar derrames e demências".



    Ps.: Para auxíliar a todos sobre o tema.


    [Fraternos]
  • Saudações a todos





    [Fraternos]
  • Saudações a todos






    [Fraternos]
  • @Silvana, tudo bem? Esclareça por favor: Você supunha que a ausência da B12 estaria relacionada com o Alzheimer e depois soube-se que em altas concentrações, sim, produz-se a enfermidade... é isso mesmo?
    Curiosamente os Veganos precisam de suplementação vitamínica, exatamente a B12, pela carência de proteína animal... confere?
  • Saudações Patolino
    Patolino disse:
    Silvana tudo bem? Esclareça por favor: Você supunha que a ausência da B12 estaria relacionada com o Alzheimer e depois soube-se que em altas concentrações, sim, produz-se a enfermidade... é isso mesmo?
    Curiosamente os Veganos precisam de suplementação vitamínica, exatamente a B12, pela carência de proteína animal... confere?

    Olá Patolino. Bom falar com vc.

    O Alzheimer é uma enfermidade que possui suas bases em marcadores genéticos e ambientais.

    Uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal.
    A Doença de Alzheimer(DA), se instala de modo chamado insidioso, e se desenvolve por anos antes de se manifesrar.

    Seu diagnóstico há duas décadas atrás ao meu ver eram ineficientes e um tanto quanto inconclusivos, pois estabeleciam a princípio a Demência posteriormente evoluiam para o Alzheimer, conforme o agravamento e manifestações clínicas que eram avaliadas junto com o médico.

    Em minha mãe (ente querida acometida da DA). realizamos exames complementares, um eletroencefalograma e um Tomografia Computadorizada(TC).

    Só aí tivemos a confirmação, foi devastator, pois a doença já estava instalada... Pode levar até 20 anos para as primeiras manifestações mais graves.

    Sobre seu questionamento...

    Meu trabalho de pesquisa foi concluído em 2016 e cheguei a essa conclusão não só por ter acompanhando a doença como após estudar sobre a mesma e pesquisar em trabalhos acadêmicos nacionais e internacionais o início do quebra cabeça foi começando a se evidenciar...


    Atualmente o Ministério da Saúde (MS) lançou um Protocolo Portaria Conjunta N.13 de 28 de Novembro de 2017.

    Estabelecendo um diagnóstico diferencial
    onde a vit. B12 é já um indicador para depressão e em idosos, a mesma sofre declínio na absorção com o avanço da idade.

    Para achar no buscador sobre o Protocolo digite o enunciado acima do MS ou:

    /// Protocolo tratamento Alzheimer. \\\


    Cheguei também a essas conclusões por pesquisar problemas de gastrite e úlceras em pacientes idosos, a vit. B12 não é pouco ou quase nada absorvida em pacientes com esses problemas relacionados.


    Patolino, Segundo minhas pesquisas todas as vit do complexo B são importantes, mas para a proteção do cérebro no caso de minha pesquisa específica, estive atrás da proteção da bainha de mielina...

    " A vitamina B12, também chamada de cobalamina, é uma vitamina de suma importância para o sistema nervoso, especialmente em indivíduos com esclerose múltipla. ... Além de ser fundamental para formação da bainha de mielina, a vitamina B12 tem efeitos imunomodulatórios e neurotróficos".

    http://esclerosemultipla.com.br


    Sobre dietas veganas...


    Patolino afirmo com veemência essas pessoas necessitam controlar oa níveis da vit. B12.

    Todas as pesquisas indicam grande deficiência de vit. B12 em Vegetarianos e Veganos.



    Espero ter ajudado. :)



    [Fraternos]
  • Veganos sofrem de deficiência de vitamina B12. É bem possível que haja outros problemas com sua dieta que ainda não foram descobertos. Não se muda uma programação genética de milhões de anos por decreto, com base em divagações filosóficas.
  • Saudações Fernando

    Sim. É verdade.

    Mas, existe a possibilidade de reposição vitamínica.



    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Saudações a todos

    Neste vídeo o Dr. Lair confirma a relação da falta da vit. B12 e o Alzheimer. O vídeo é muito bom.



    Meu trabalho utilizei esse sentido: A falta da vit. B12 como uma epidemia silenciosa.


    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Quem assistiu a todo o vídeo... Agora sabe que podemos estar fazendo ingestão da vit. B12 tanto na alimentação quanto na reposição de vitaminas ..

    Mas, pode não estar assimilando a vit B12 por algum dos problemas mencionados no vídeo... Daí é necessário a reposição por meio injetável... Ok ?!

    Veganos, Vegetarianos, Cirurgia Bariátrica, Gastrite, uso de medicações dos inibidores da bomba de prótons, Diabéticos (DM2) - metformina, Cirurgias no intestino, pessoas com problemas no fator intrinseco.

    Para pessoas com demência, dificuldade de aprendizagem, Alzheimer, Esclerose.

    Se detectado no início alguns casos revertem...

    O problema da B12 é que sua deficiência tem um ponto do não retorno... :(


    O Dr. Lair não mencionou no vídeo, mas outro sintoma para pacientes com deficiência de vit. B12 é a falta de sensibilidade nos membros inferiores (pernas). Podem apresentar formigamento tb.


    Pessoal, o assunto é sério... Muito sério...

    Muitas das manifestações clínicas são negligenciadas pelos médicos.



    Espero ter ajudado a todos.



    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Saudações a todos


    Meditação pode ser um recurso possível. Mente saudável.





    " O controle de funções fisiológicas importantes por meio da meditação é reconhecido pela ciência (Wallace, 1970; Elson et al., 1977). Da mesma forma, o controle voluntário da atividade onírica ou sonho lúcido é uma habilidade que começa a ser compreendida cientificamente (LaBerge et al., 1981; LaBerge; Dement, 1982; LaBerge et al., 1986; Brylowski et al., 1989; Voss et al., 2009; Mota-Rolim et al., 2010)".


    http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142013000100002



    O Cérebro pode se regenerar.

    https://www.selecoes.com.br/saude/cerebro-segredos-da-recuperacao/


    [Fraternos]
  • patolino disse: @Silvana, tudo bem? Esclareça por favor: Você supunha que a ausência da B12 estaria relacionada com o Alzheimer e depois soube-se que em altas concentrações, sim, produz-se a enfermidade... é isso mesmo?
    Curiosamente os Veganos precisam de suplementação vitamínica, exatamente a B12, pela carência de proteína animal... confere?

    atualmente sofro uma especie de Alzheimer, esqueço datas , nome de pessoas de carros , lugares, mas bem sei que esta tudo la guardado dentro da minha memória aguardando por algum interesse real!

  • Silvana de fato pensamentos pessimistas podem mesmo desarmonizar o corpo e assim tender a doenças,mentais, bioquímicas ou mesmo as patológicas por conta de baixar a imunidade.
    Dificilmente as de estágios avançados poderão ser revertidas pela imposição de pensamentos positivos.
    Eu por desconfiar das contraindicações da medicina comercial, só tomo medicamentos em casos de doenças perigosas como bactérias ou pressão alta.
    ha todo um marketing empurrando remédios a goela baixo, dai haver bem mais farmácias do que outros comércios no bairro, padarias usam pão como chamariz para venderem outros produtos, farmácias agora parecem shoppings de variedades, aproveitam a venda de remédios para venderem quase tudo.
    e as promoções??????
    outro fator a destacar o sujeito tem pressão alta toma um remédio que lhe causa espirros, então precisa tomar outro para alergia, que causa dor de cabeça enfim é uma rede pescando hipocondríacos.
  • editado January 2020
    Saudações Criaturo

    Criaturo disse: enfim é uma rede pescando hipocondríacos.

    Concordo com vc com relação ao estado hipocondríaco em que muitos vivem.

    E atualmente as pessoas tem pouca ou quase nenhuma tolerância a dores. Eis o motivo do uso irracional de medicamentos.

    Porém, inegávelmente com o avanço da tecnologia farmacêutica e médica os seres humanos hj vivem mais do que antigamente.


    O ideal é conhecer mais sobre alimentação saudável, exercícios físicos acompanhados por profissionais capacitados e praticar a medicina preventiva.



    [Fraternos]
  • Otários se acham especiais e espiritualmente evoluídos por consumir bolinhas de açúcar com grife.
    O glamour da ignorância

    O “mal” é que endossar medicina alternativa é uma aposta muito perigosa — para o indivíduo e para a sociedade.
    Placebos são consumidos como se fizessem efeito.

    Por Natalia Pasternak 11/07/2022


    Existe um mercado perverso que lucra em cima da desinformação, e que já foi inclusive tema desta coluna. Vendedores de ilusões empurram suplementos, remédios ditos naturais, livros, DVDs, práticas sem base científica que prometem curar desde unha encravada até câncer e depressão, segredos da saúde que “eles” não querem que você saiba. Para fisgar clientes, o marketing da pseudociência usa duas iscas: medo e vaidade. A vaidade de acreditar fazer parte de um estilo de vida mais “espiritualizado” e “natural”, e o medo da morte, da doença — e do mundo moderno.

    O dinheiro que se ganha com isso não é nada desprezível. Reportagem recente do jornal britânico The Sunday Times estima o valor da indústria do bem-estar em 3,59 trilhões de libras (R$ 23 trilhões), e o triplo do que fatura a indústria farmacêutica, em torno de 1,16 trilhão de libras.

    As duas linhas de marketing encontram seus consumidores, de forma geral, em dois tipos de público. O primeiro é composto de pessoas vulneráveis, assustadas, que passaram ou estão passando por momentos de vida difíceis, com elas mesmas ou entes queridos sofrendo ou sentindo-se traídos ou desenganados pelo sistema formal de saúde ou pelos próprios limites da ciência e da medicina. Afligidas pelo desespero e, não raro, pela frieza e falta de empatia de algum profissional de saúde, estas pessoas se voltam para camelôs de sonhos que, junto com o remédio inútil, vendem fórmulas mágicas e o tempo e a atenção tão escassos no sistema médico. O argumento costuma ser: “afinal, que mal tem”?

    O “mal” é que endossar medicina alternativa é uma aposta muito perigosa — para o indivíduo e para a sociedade. Pode atrasar diagnósticos de doenças graves, desviar pessoas de tratamentos reais, legitimar narrativas paranoicas como a do movimento antivacinas. Para resgatar as vítimas do marketing do medo e do desamparo, é importante reconhecer o direito do paciente de expressar receios e dúvidas, mas ser claro na hora de separar fato de ficção.

    Mas existe também o consumidor por vaidade, que se vê num plano espiritual superior porque consome bolinhas de açúcar com grife. Esse perfil, em geral, não espera ficar doente para correr atrás do terapeuta holístico: engolir placebos faz parte do estilo de vida. É o que em inglês se chama de “the healthy unwell”, ou “os saudáveis incomodados”, pessoas perfeitamente bem de saúde que esperam minimizar os incômodos inerentes à condição humana com simulacros de “terapia”. Essa turma mantém o mercado de pseudoprodutos de saúde vivo e lucrativo, fartando-se de suplementos vitamínicos desnecessários, remédios “tradicionais” feitos de partes do corpo de animais em extinção, bolinhas de açúcar, conhaquinho de conta-gotas e a água de torneira mais cara do mundo.

    Os consumidores que se banham nos raios do glamour da ignorância provavelmente não se importam de ser enganados ou de dar sustentação financeira e ideológica a um mercado que explora desesperados. São movidos pelo narcisismo de, mesmo tendo acesso aos melhores médicos e cientistas, preferir ignorá-los porque sua “verdade pessoal” é “mais verdadeira” do que os resultados de estudos clínicos controlados feitos por universidades e centros de pesquisa. Se eu acho que me curei de uma doença crônica da infância com bolinhas de açúcar, quem são esses cientistas para me dizer que estou errada? A única ferida insuportável é a do ego.

    Pode parecer inofensivo ir à lojinha de produtos naturais e comprar bolinha de açúcar para nariz entupido, floral para dor de cotovelo. Mas é esse consumo por vaidade que legitima socialmente a venda por desespero, que mantém viva a ideologia que despreza a ciência, mutila animais na África e na Ásia e mata crianças por falta de vacina.
    https://oglobo.globo.com/blogs/a-hora-da-ciencia/post/2022/07/o-glamour-da-ignorancia.ghtml
  • Silvana escreveu: »
    Saudações Edson


    Já que vc iniciou um tópico sobre medicamentos.

    Vamos falar sobre alopatia, fitoterapia, homeopatia, antroposofia, terapia holistica...


    Então, vamos começar com um video curtinho do Dr. Lair...






    [Fraternos]

    Na br 386, proximo a porto alegre, existe uma loja chamada Casa do chá. Ha uns anos distribuiram pela rodovia varios banners com mensagens do tipo "gripe? Casa do cha" " diabetes? Casa do cha" e no meio alguns como "cancer? Casa do cha" " AIDS? Casa do cha" é serio
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.