Coronavirus - Perguntas e respostas sobre a nova ameaça

16566676870

Comentários

  • Na Argélia, as autoridades pediram aos líderes religiosos islamitas para convencer a população a se vacinar.
    Há fake news de todo o tipo. Por exemplo: os vacinados se tornam magnéticos e atraem objetos metálicos.
    Ou então são atraídos pelas paredes e ficam grudados.

    https://information.tv5monde.com/video/covid-19-en-algerie-les-imams-la-rescousse-pour-encourager-la-vaccination
  • Cameron escreveu: »
    Variante Delta voltando a causar problemas nos países que já estavam decretando o fim de qualquer restrição referente a pandemia como evitar aglomerações e usar máscaras, na Inglaterra a Eurocopa pode ter causado uma quarta onda da doença e na Califórnia aonde 1/3 da população se recusa a vacinar mesmo com o imunizante disponível está com os casos aumentando mesmo entre jovens, não serve nem um pouco de consolo mas parece que gente retardada e imbecil não é exclusividade nossa.

    Eu entendo quem não aguenta mais ficar em casa mas não querer usar uma simples máscara durante uma pandemia?

    :(
    Percival escreveu: »
    Parece uma orquestra desafinada essa queda.

  • Fernando_Silva escreveu: »

    A variante delta se alastra em quase todos os estados. Não tem relação com religiosidade.

    https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/2021/07/16/casos-de-covid-19-aumentam-nos-eua-los-angeles-volta-a-obrigar-uso-de-mascaras

    "Em Los Angeles, na Califórnia, o uso de máscara voltará a ser obrigatório a partir deste sábado (17), mesmo para as pessoas que já foram vacinadas. Isso porque o condado, de 10 milhões de habitantes, registrou um aumento significativo no número de casos."
  • Inglaterra decreta o fim do uso obrigatório de máscaras

    Apesar da medida, empresas de transporte e lojas podem continuar exigindo equipamento de proteção

    A Inglaterra desobriga o uso de máscaras a partir desta 2ª feira (19.jul). A liberação estava originalmente marcada para 21 de junho, mas foi adiada por causa do aumento do número de infecções por covid-19.

    Apesar da recomendação nacional, outras regiões ainda podem manter a restrição. O uso continua obrigatório em locais fechados no País de Gales e em lojas e no transporte público na Irlanda e Escócia.

    Empresas de transporte do país também podem obrigar passageiros a usarem o item em trens, balsas e aviões. Da mesma forma, lojas e estabelecimentos podem decidir individualmente a política de uso.

    Apesar do fim da obrigação, autoridades de saúde continuam a aconselhar o uso da proteção. Uma nota assinada por 1.200 cientistas caracteriza a reabertura como “precoce e perigosa”. Países como Nova Zelândia, Itália e Israel também foram contrários à medida.

    Na 6ª feira (16.jul), foram reportados 51.870 novos casos, o maior número desde janeiro. A alta transmissibilidade da variante delta foi apontada como um dos motivos para o aumento. Mas, apesar de haver crescimento de infecções, as taxas de internações devem se manter estáveis conforme a vacinação avança no país.

    Outros países que têm conseguido controlar o vírus com campanhas de imunização e isolamento social, como Islândia e Butão, também liberaram o fim do uso obrigatório de máscaras.

    Israel também havia liberado, mas teve que reverter a decisão depois de um aumento de infecções. Agora, o uso é opcional apenas em ambientes ao ar livre, assim como na França e Itália.

    Já nos EUA e Coreia do Sul, apenas os vacinados não precisam usar o item. Veja a seguir quais os países onde o uso de máscaras não é mais obrigatório e em quais casos:

    uso-mascara-paises-obrigatorio-drive-19-jul-2021-1-1-1.png

    https://www.poder360.com.br/coronavirus/o-reino-unido-decreta-o-fim-do-uso-obrigatorio-de-mascaras/
  • Percival escreveu: »
    Inglaterra decreta o fim do uso obrigatório de máscaras

    Apesar da medida, empresas de transporte e lojas podem continuar exigindo equipamento de proteção

    A Inglaterra desobriga o uso de máscaras a partir desta 2ª feira (19.jul). A liberação estava originalmente marcada para 21 de junho, mas foi adiada por causa do aumento do número de infecções por covid-19.

    Apesar da recomendação nacional, outras regiões ainda podem manter a restrição. O uso continua obrigatório em locais fechados no País de Gales e em lojas e no transporte público na Irlanda e Escócia.

    Empresas de transporte do país também podem obrigar passageiros a usarem o item em trens, balsas e aviões. Da mesma forma, lojas e estabelecimentos podem decidir individualmente a política de uso.

    Apesar do fim da obrigação, autoridades de saúde continuam a aconselhar o uso da proteção. Uma nota assinada por 1.200 cientistas caracteriza a reabertura como “precoce e perigosa”. Países como Nova Zelândia, Itália e Israel também foram contrários à medida.

    Na 6ª feira (16.jul), foram reportados 51.870 novos casos, o maior número desde janeiro. A alta transmissibilidade da variante delta foi apontada como um dos motivos para o aumento. Mas, apesar de haver crescimento de infecções, as taxas de internações devem se manter estáveis conforme a vacinação avança no país.

    Outros países que têm conseguido controlar o vírus com campanhas de imunização e isolamento social, como Islândia e Butão, também liberaram o fim do uso obrigatório de máscaras.

    Israel também havia liberado, mas teve que reverter a decisão depois de um aumento de infecções. Agora, o uso é opcional apenas em ambientes ao ar livre, assim como na França e Itália.

    Já nos EUA e Coreia do Sul, apenas os vacinados não precisam usar o item. Veja a seguir quais os países onde o uso de máscaras não é mais obrigatório e em quais casos:

    uso-mascara-paises-obrigatorio-drive-19-jul-2021-1-1-1.png

    https://www.poder360.com.br/coronavirus/o-reino-unido-decreta-o-fim-do-uso-obrigatorio-de-mascaras/
    Não é obrigatório pôr máscara no Butão?

  • Onde já se viu este monte de países atrasados desobrigando o uso de máscaras...

    As máscaras de pano super eficientes devem ser usadas para o resto da vida.
  • Piada pronta
    file.php?id=429&t=1
  • editado July 21
    Fernando_Silva escreveu: »
    Piada pronta
    file.php?id=429&t=1

    Paródia. Não, não é.

    Temos rido muito com esta juventude iluminada.
  • PugII escreveu: »

    Paródia. Não, não é.

    Temos rido muito com esta juventude iluminada.

    Eu rio principalmente dos Europeus.

  • Vamos eliminar ou conviver com o coronavírus? Cientistas traçam 4 cenários para o mundo a partir de 2022

    Pesquisadores americanos imaginam situações que vão da erradicação do vírus à conflagração

    Constança Tatsch 23/07/2021

    Um artigo publicado na revista científica JAMA (Journal of the American Medical Association) traz quatro possíveis cenários sobre como será a vida pós-pandemia. Segundo pesquisadores da Universidade Brown, nos EUA, no futuro poderemos observar situações de erradicação, eliminação, coabitação e conflagração. Estes panoramas, dizem os especialistas, vão depender principalmente do avanço da vacinação no mundo, da qualidade das vacinas e do surgimento de variantes.

    [...]

    Confira os quatro cenários

    Erradicação

    A circulação do Sars-CoV-2 chega a zero, como aconteceu com a varíola. Para isso, seria necessário ter uma vacina extremamente eficaz, protegendo de todas as variantes. Por ser um vírus respiratório, especialistas consideram este cenário ambicioso demais.

    Eliminação

    A redução é regional. Áreas com alta cobertura vacinal ficam livres do vírus, mas ele continua circulando em outras regiões, da mesma forma que ocorre com o sarampo. A vacinação contínua segue necessária. É um cenário possível a longo prazo.

    Coabitação

    A vacinação previne formas graves da doença e diminui a cadeia de transmissão. Infecções ainda existem, mas em níveis mais baixos e, principalmente, entre não vacinados. Podem surgir surtos eventuais. É o cenário mais provável.

    Conflagração

    Com grande parte da população não vacinada, a circulação do vírus, infecções e mortes seguem altas. Surgem novas variantes, que eventualmente escapam das vacinas - não tão protetoras. É o cenário em que o Brasil se encontra no momento, mas é pouco provável que continuemos assim indefinidamente.

    https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/vamos-eliminar-ou-conviver-com-coronavirus-cientistas-tracam-4-cenarios-para-mundo-partir-de-2022-1-25121745
  • Coabitação
  • Brasil continua a sua saga de ser o pior país do mundo, o que não surpreende ao escolher Bostanaro para presidente.

  • PugII escreveu: »
    Brasil continua a sua saga de ser o pior país do mundo, o que não surpreende ao escolher Bostanaro para presidente.

    E você continua sendo um analfabeto funcional que não sabe interpretar dados simples, como número de mortes / milhão de habitantes.
  • ENCOSTO escreveu: »
    PugII escreveu: »
    Brasil continua a sua saga de ser o pior país do mundo, o que não surpreende ao escolher Bostanaro para presidente.

    E você continua sendo um analfabeto funcional que não sabe interpretar dados simples, como número de mortes / milhão de habitantes.

    A superproteção que ele tem dos pais o impede de pensar.
  • editado July 27
    551 000 mortos - continua a a escalada rumo ao primeiro lugar mundial - finalmente, o futuro chegando no país adiado.
  • editado July 27
    A vacinação mostrou ser eficaz, mesmo sem ser a 100 % veio trazer a paz aos países que apostaram vacinar rápido e em força o seu povo.

    Portugal tem um problema, excesso de capacidade logística para vacinar, sem ter as vacinas para as aplicar.
    Mas, começamos a buscar nos países vizinhos mais lentos a vacinar e/ou que não desejam as vacinas para as comprar para os lusitanos.

    Nota: +de 70% da população já foi vacinada pelo menos com uma dose. + de 50% já tem o processo de vacinação completo.
    O processo de auto-agendamento está suspenso no +23 anos (deverá retomar esta semana), embora jovens dos 18-22 anos também estejam a ser chamados para serem vacinados pelos centros de saúde.
  • PugII escreveu: »

    Portugal tem um problema.

    Reducionismo.

  • Mortes por 100 mil habitantes.

    Brasil para ter números iguais a Portugal teria que ter menos 200 000 mortos a menos.
    ou
    Portugal mais 9 mil mortos adicionais.


    Considero os números de Portugal péssimos, mas ao lado do Brasil não morreu ninguém aqui.

    Lamento imenso, mas aqui não votaram em Bolsonaro para liderar o país - aguentem a consequência da vossa terrível má escolha - se forem burros, repitam no próximo ano o mesmo erro.
  • editado July 27
    PugII escreveu: »


    Considero os números de Portugal péssimos, mas ao lado do Brasil não morreu ninguém aqui.

    Em Portugal todos são imortais, tá delirando novamente.


    Portugal é o país com mais novas mortes diárias de toda a União Europeia
    A mortalidade diária atual em Portugal é atualmente quase seis vezes superior ao valor médio que se regista na União Europeia.
    https://www.dn.pt/sociedade/portugal-e-o-pais-com-mais-novas-mortes-diarios-de-toda-a-uniao-europeia-13971391.html



  • PugII escreveu: »
    A vacinação mostrou ser eficaz, mesmo sem ser a 100 % veio trazer a paz aos países que apostaram vacinar rápido e em força o seu povo.

    Portugal tem um problema, excesso de capacidade logística para vacinar, sem ter as vacinas para as aplicar.
    Mas, começamos a buscar nos países vizinhos mais lentos a vacinar e/ou que não desejam as vacinas para as comprar para os lusitanos.

    Nota: +de 70% da população já foi vacinada pelo menos com uma dose. + de 50% já tem o processo de vacinação completo.
    O processo de auto-agendamento está suspenso no +23 anos (deverá retomar esta semana), embora jovens dos 18-22 anos também estejam a ser chamados para serem vacinados pelos centros de saúde.

    Muito pouco para um pais tão pequeno e insignificante.
  • Brasil continua sua marcha rumo ao primeiro lugar mundial de número de óbitos.

    Uma lástima, podia ter sido evitado...não votando em Bolsonaro.
  • Ninguém aqui quer lágrimas de um xenófobo.

  • Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas
    Mais de 62% da população já foi imunizada com ao menos uma dose

    O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose. “Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.
    Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.



    Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”



    O chefe da pasta, ministro Marcelo Queiroga defendeu que governo federal, estados e municípios devem reforçar a comunicação para estimular a procura das pessoas que já tomaram a primeira dose para que completem o ciclo dentro do prazo previsto. Em evento em Presidente Prudente (SP), no início da tarde de hoje (31), Queiroga destacou o avanço da vacinação contra covid-19 no país, e afirmou sua expectativa de cumprir a meta de vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos até setembro.

    Com informações, Agência Brasil.

    https://apoliticadefato.com/brasil-bate-a-marca-de-100-milhoes-de-pessoas-vacinadas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=brasil-bate-a-marca-de-100-milhoes-de-pessoas-vacinadas
  • Finalmente uma vacina realmente 100% brasileira lançada pela UFMG.
  • Laboratório ficaram ainda mais ricos fabricando vacinas covid
  • CRIATURO escreveu: »
    Laboratório ficaram ainda mais ricos fabricando vacinas covid

    Estou fabricando vacinas 100% gratuitas no meu quintal.
  • CRIATURO escreveu: »
    Laboratório ficaram ainda mais ricos fabricando vacinas covid
    Ainda bem. Vamos precisar deles nas próximas pandemias.
  • editado August 6
    Ó que doideira ,
    Vírus sintético contra Covid
    O vírus sintético destrói o vírus causador da covid-19 e depois desaparece, porque não consegue reproduzir-se
    Vírus contra vírus

    Pesquisadores desenvolveram uma prova de conceito terapêutica que pode ser capaz de fazer o vírus da covid-19 ser usado contra si mesmo.

    A equipe projetou um vírus SARS-CoV-2 sintético "defeituoso", no sentido de que ele é inócuo.

    Contudo, o vírus sintético interfere no crescimento do vírus real, podendo causar a extinção tanto do vírus causador da doença quanto dele próprio.

    "Em nossos experimentos, mostramos que o vírus SARS-CoV-2 do tipo selvagem [causador de doenças] realmente permite a replicação e disseminação do nosso vírus sintético, promovendo assim efetivamente seu próprio declínio," disse Marco Archetti, da Universidade do Estado da Pensilvânia (EUA). "Uma versão desta construção sintética pode ser usada como uma terapia antiviral autopromotora para covid-19."
    https://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=virus-sintetico-reduz-virus-covid-19-metade-24h&id=14860
  • editado August 6
    Senhor escreveu: »
    Ó que doideira ,
    Vírus sintético contra Covid
    O vírus sintético destrói o vírus causador da covid-19 e depois desaparece, porque não consegue reproduzir-se
    Vírus contra vírus

    Pesquisadores desenvolveram uma prova de conceito terapêutica que pode ser capaz de fazer o vírus da covid-19 ser usado contra si mesmo.
    De repente, me lembrei do filme "Eu sou a lenda" ...
  • Ontem no noticiário observei os parolos dos EUA a manifestar-se agressivamente contra uso de máscara. Intimidavam os que usam de modo brutalmente invasivo da privacidade alheia.

    Pensei, nos EUA há esses doidos, assim como no Brasil, são um bando de trogloditas que podemos comparar com os povos asiáticos do Japão, Coreia do Sul...que usam máscara por sentido de dever e respeito para com a comunidade.

    Euro-América não tem futuro!!!!
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.