O Lockdown e as liberdades individuais

Comentem amigos .

Comentários

  • editado May 16
    Liberdade individual só diz respeito ao indivíduo. Já os direitos dos indivíduos, estes são relativos aos acordos estabelecidos no chamado Pacto Social.
  • editado May 16
    "O direito de um acaba onde começa o do outro"
  • editado May 16
    Huxley escreveu: »
    O que garra nessa definição é um suposto "amor" num contexto onde ele já é implícitamente suposto.

  • A liberdade não garante a justiça.
    Mas não dá para se ter liberdade sem antes se ter justiça.
  • Se o indivíduo quer o direito de viver em sociedade, tem que aceitar as limitações necessárias em sua liberdade.

    Se quer liberdade total, que vá viver sozinho no meio do mato - e, mesmo assim, se suas ações não prejudicarem, remotamente, a sociedade.
  • editado May 16
    Fernando_Silva escreveu: »
    A liberdade não garante a justiça.
    Mas não dá para se ter liberdade sem antes se ter justiça.
    Essa é aquela máxima que foi citada num outro tópico, se não me engano. A questão é: O que é justiça?

    De qualquer forma, justiça é um conceito subjetivo que só se torna válido quando acordado entre seus proponentes. Dai se pode afirmar exatamente o contrário da máxima aí citada,

    A justiça não garante a liberdade.
    Mas não dá para se ter justiça sem antes se ter liberdade.



  • Mesmo um indivíduo que quer liberdade e tem consciência não colocaria em risco outros indivíduos.

    No mais, sempre algum orgão quer impor algo com quaisquer pretextos e não significa que está certo.
  • Não há liberdade individual e dos indivíduos senão em relação.
    A relação comporta regras explicitas ou implícitas, dentre estas está, o não direito de atentar contra a vida alheia.

  • PugII escreveu: »
    Não há liberdade individual e dos indivíduos senão em relação.
    A relação comporta regras explicitas ou implícitas, dentre estas está, o não direito de atentar contra a vida alheia.

    Um virus não quer saber de relações humanas, mas limitar direitos individuais dentro de limites é burrice.

  • O vírus pra as pessoas se virarem.
  • Huxley escreveu: »

    Não existe em sociedades não liberais, oras.


  • Percival escreveu: »
    Mesmo um indivíduo que quer liberdade e tem consciência não colocaria em risco outros indivíduos.

    No mais, sempre algum orgão quer impor algo com quaisquer pretextos e não significa que está certo.

    O simples fato de andar em local aberto sem mascara não coloca em risco as pessoas que, livremente, optaram por usar proteção adequada.



  • Fernando_Silva escreveu: »
    Se o indivíduo quer o direito de viver em sociedade, tem que aceitar as limitações necessárias em sua liberdade.

    Se quer liberdade total, que vá viver sozinho no meio do mato - e, mesmo assim, se suas ações não prejudicarem, remotamente, a sociedade.
    Se o individuo quer viver num local limpinho, pode pegar umas dicas com o Michael Jackson (o bobotanico pode fazer contato) sobre aquelas bolhas de ar e viver numa, preso na sua casa e assistindo netflix.

    Rua é lugar sujo e violento, e não é para os fracos.


  • editado May 18
    ENCOSTO escreveu: »
    O simples fato de andar em local aberto sem mascara não coloca em risco as pessoas que, livremente, optaram por usar proteção adequada.


    Máscara caseira não é máscara cirúrgica de médico, a primeira reduz a exposição aos vírus só em 33%.

    Edição: o número correto é 67%.
  • Huxley escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    O simples fato de andar em local aberto sem mascara não coloca em risco as pessoas que, livremente, optaram por usar proteção adequada.


    Máscara caseira não é máscara cirúrgica de médico, a primeira reduz a exposição aos vírus só em 33%.
    Divirjo. Na verdade uma máscara residencial pode reduzir desde 14% até 98,7%.

  • Senhor escreveu: »
    Huxley escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    O simples fato de andar em local aberto sem mascara não coloca em risco as pessoas que, livremente, optaram por usar proteção adequada.


    Máscara caseira não é máscara cirúrgica de médico, a primeira reduz a exposição aos vírus só em 33%.
    Divirjo. Na verdade uma máscara residencial pode reduzir desde 14% até 98,7%.
    Acabei me confundindo com os números.

    Na verdade, experimentos mostram que, numa escala de 0 a 100, o número de partículas que vazaram através da máscara caseira usado por uma única pessoa é de 33:

  • editado May 20
    Huxley escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    O simples fato de andar em local aberto sem mascara não coloca em risco as pessoas que, livremente, optaram por usar proteção adequada.


    Máscara caseira não é máscara cirúrgica de médico, a primeira reduz a exposição aos vírus só em 33%.

    Edição: o número correto é 67%.

    Depende de qual material é feita. Certo?

    A primeira máscara que usamos era caseira, mas é constituída com dupla camada de TNT ( material usado nas máscaras, na norma americana, N95). Como não foi testada em laboratório, vale o que vale.

    Esta solução foi nos sugerida pelo pessoal do Hospital local.
    Agora, abundância de material de protecção, veio ultrapassar esta solução temporária.


  • editado May 20
    PugII escreveu: »
    Depende de qual material é feita. Certo?

    A primeira máscara que usamos era caseira, mas é constituída com dupla camada de TNT

    maometanos são geniais. mascaras com várias utilidades.

  • ENCOSTO escreveu: »
    PugII escreveu: »
    Depende de qual material é feita. Certo?

    A primeira máscara que usamos era caseira, mas é constituída com dupla camada de TNT

    maometanos são geniais. mascaras com várias utilidades.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  • 20 mil mortos.

    Brasileiros são inteligentes a votar.
  • PugII escreveu: »
    20 mil mortos.

    Brasileiros são inteligentes a votar.

    Você tem tanta certeza que os Portugueses vão se salvar assim disso? E se houver por aí uma segunda onda da doença e matar mais pessoas aí?
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.