Documentário sobre as atrocidades do regime nazi-católico croata

A Croácia era estado-vassalo de Hitler, Mussolini e Pio XII na 2GM....
cometeu atrocidades que escandalizavam até mesmo os alemães !

stepinacegeneraisustacha.jpg


Comentários

  • stefanobahia escreveu: »
    A Croácia era estado-vassalo de Hitler, Mussolini e Pio XII na 2GM....
    cometeu atrocidades que escandalizavam até mesmo os alemães !
    Praticamente todas as acusações contra Pio XII de cumplicidade com os nazistas se provaram falsas.
    E "escandalizavam até mesmo os alemães"... gente que dava tiro na cara de mulher com bebê no colo... fala sério.
  • Acauan escreveu: »
    stefanobahia escreveu: »
    A Croácia era estado-vassalo de Hitler, Mussolini e Pio XII na 2GM....
    cometeu atrocidades que escandalizavam até mesmo os alemães !
    Praticamente todas as acusações contra Pio XII de cumplicidade com os nazistas se provaram falsas.
    E "escandalizavam até mesmo os alemães"... gente que dava tiro na cara de mulher com bebê no colo... fala sério.
    falsas? quem afirmou isso? a turminha do Vaticano ?
    NEWS-Pope-Pius-Hitler-and-Catholics-5-31-20-640x400.png
  • editado July 23
    stefanobahia escreveu: »
    falsas? quem afirmou isso? a turminha do Vaticano ?
    Fontes confiáveis a respeito são abundantes.
    Assim como são abundantes relatos de judeus que foram protegidos e salvos pelo Vaticano.
    E para o caso de alguém ser enganado pela foto, o cara apertando a mão do Adolf NÃO é o Pio XII.
  • Acauan escreveu: »
    stefanobahia escreveu: »
    falsas? quem afirmou isso? a turminha do Vaticano ?
    Fontes confiáveis a respeito são abundantes.
    Assim como são abundantes relatos de judeus que foram protegidos e salvos pelo Vaticano.
    E para o caso de alguém ser enganado pela foto, o cara apertando a mão do Adolf NÃO é o Pio XII.

    Sei que não Pio XII... é 1 representante dele. Se o Vaticano salvou judeus... fez isso pq viu que a Alemanha tava
    perdendo a guerra... e queria ser bem visto pelos Aliados.
    Pio XII por exemplo... foi conivente com as atrocidades dos regimes pró-nazis eslovaco (cujo tirano era o monsenhor Tiso)... e croata (cujo tirano era Ante Pavelic... 1 carola extremista. Militares e clérigos croatas foram capatazes dele e sentaram o terror na oposição)

    http://www.concordatwatch.eu/showsite.php?org_id=858 esse site aborda a conivência do papa
  • stefanobahia escreveu: »
    Sei que não Pio XII... é 1 representante dele. Se o Vaticano salvou judeus... fez isso pq viu que a Alemanha tava
    perdendo a guerra... e queria ser bem visto pelos Aliados.
    Pio XII por exemplo... foi conivente com as atrocidades dos regimes pró-nazis eslovaco (cujo tirano era o monsenhor Tiso)... e croata (cujo tirano era Ante Pavelic... 1 carola extremista. Militares e clérigos croatas foram capatazes dele e sentaram o terror na oposição)
    http://www.concordatwatch.eu/showsite.php?org_id=858 esse site aborda a conivência do papa

    Este site obviamente não é uma fonte imparcial.
    E afirmar que alguém foi conivente no geral reflete uma opinião e não um fato.
  • editado July 23
    Não entendo uma coisa quando postam fotos como essa, quando foi estabelecido que apertar a mão de alguém significa endosso irrestrito a todas as ações e ideais do sujeito?
  • editado July 23
    Cameron escreveu: »
    Não entendo uma coisa quando postam fotos como essa, quando foi estabelecido que apertar a mão de alguém significa endosso irrestrito a todas as ações e ideais do sujeito?

    Um exemplo deste uso fraudulento da fotografia é a capa do livro O Papa de Hitler, que mostra o então núncio apostólico e futuro papa Pio XII saindo de um prédio governamental alemão.
    A foto foi maliciosamente publicada para fazer parecer que o Papa saia de um encontro com líderes nazistas, quando na verdade nem Pacelli era Papa ainda e nem os nazistas tinham ascendido ao poder, uma vez que aquela nunciatura terminou em 1929.
  • stefanobahia escreveu: »
    Sei que não Pio XII... é 1 representante dele. Se o Vaticano salvou judeus... fez isso pq viu que a Alemanha tava perdendo a guerra... e queria ser bem visto pelos Aliados.
    Que o Vaticano salvou as vidas de milhares de judeus é um fato amplamente documentado.
    Que tivesse intenções escusas com isto é uma especulação carente de provas.
    No mais, desde o início da perseguição violenta aos judeus alemães em 1938 há relatos de Igrejas Católicas atuando em defesa deles, com risco de morte para os envolvidos.
  • Cameron escreveu: »
    Não entendo uma coisa quando postam fotos como essa, quando foi estabelecido que apertar a mão de alguém significa endosso irrestrito a todas as ações e ideais do sujeito?
    E fazer saudação nazista seria o que mesmo ??
    N-Clergy-Nazi-Officials-apr-16.jpg
    priest_07..jpg
    p_salute.jpg
    catholic-heads.jpg
    protestant.jpg
    Monsenhor Tiso, ditador pró-nazista da Eslováquia...
    51aPRuGoQzL._SX335_BO1,204,203,200_.jpg


  • editado July 23
    stefanobahia escreveu: »
    E fazer saudação nazista seria o que mesmo ??
    Até então eu não havia entrado no mérito da discussão, só comentei o que parece ser muito comum em acusações como essas, fulano apoiava beltrano e o único argumento postado é uma foto com um aperto de mãos.

    Depois que os nazistas chegaram ao poder não demonstrar simpatia, fosse ela autêntica ou forjada, era uma sentença de morte, então essas fotos não significam muito em termos de acusações morais, os feitos no período protagonizados pelos membros da igreja são o que realmente importam.

  • Cameron escreveu: »
    stefanobahia escreveu: »
    E fazer saudação nazista seria o que mesmo ??
    Até então eu não havia entrado no mérito da discussão, só comentei o que parece ser muito comum em acusações como essas, fulano apoiava beltrano e o único argumento postado é uma foto com um aperto de mãos.

    Depois que os nazistas chegaram ao poder não demonstrar simpatia, fosse ela autêntica ou forjada, era uma sentença de morte, então essas fotos não significam muito em termos de acusações morais, os feitos no período protagonizados pelos membros da igreja são o que realmente importam.


    As igrejas católica e protestante poderiam ter impedido a chegada de Hitler ao poder. Se lembre que Hitler foi preso em 1923 depois do putsch fracassado. As igrejas poderia tê-lo linchado moralmente naquele momento... mas não... ambiguidade e corrupção falaram + alto... né...
    E mais... Quero lembrar que a igreja católica.. peitou Bismarck, o Chanceler de Ferro, após ele aprovar várias leis contra o catolicismo (Kulturkampf). Os católicos chegaram a fazer resistência ao Chanceler, mesmo ele tendo prendido e exilado padres. Mas Bismarck e os católicos acabaram se reconciliando porque o papa Pio IX tinha morrido (foi substituído por Leão XIII... mais "diplomático") e por causa da ascensão dos sociais-democratas...
    a igreja católica chegou a promover 1 guerra santa contra o governo mexicano... (guerra cristera)...
    Quando o bolso da igreja é golpeado.. ela não se importa em dar a cara a tapa...
  • Fato é que o Nazismo foi um bom exemplo de que o Cristianismo não serve como freio moral em uma sociedade como muitos de seus apologistas defendem, muitos cristãos, falo de modo geral e não apenas da liderança, apoiavam o regime nazista com entusiasmo, cantavam alegremente em suas igrejas mesmo com as sinagogas em chamas, um apoio que só se enfraqueceu quando eram sobre suas cabeças que as bombas começaram a cair.

    Em termos morais tudo naquela época falhou, as instituições, a igreja e a população que abandonou valores milenares por causa de alguns anos de propaganda extensiva.
  • Cameron escreveu: »
    Fato é que o Nazismo foi um bom exemplo de que o Cristianismo não serve como freio moral em uma sociedade como muitos de seus apologistas defendem, muitos cristãos, falo de modo geral e não apenas da liderança, apoiavam o regime nazista com entusiasmo, cantavam alegremente em suas igrejas mesmo com as sinagogas em chamas, um apoio que só se enfraqueceu quando eram sobre suas cabeças que as bombas começaram a cair.

    Em termos morais tudo naquela época falhou, as instituições, a igreja e a população que abandonou valores milenares por causa de alguns anos de propaganda extensiva.

    Cara, a igreja católica surgiu no seio do império romano... os 1ºs papas bajulavam os Césares. Caiu Roma... os papas mandavam na Idade Média ou bajulavam os reis e imperadores pra se manterem no topo...
    Os Estados Pontifícios... por exemplo... surgiram na Idade Média... pq o Papa bajulou o rei Pepino o Breve. Houve barganha da grossa... Estes Estados foram extintos por Garibaldi em 1870. O resquício dos Estados regressaria com o Tratado de Ladrão (ops, Latrão) e por vai.
    As igrejas não tem vergonha em se envolver com ladrões e assassinos...
  • As generalizações, costumam induzir a erros no julgamento da História. Não existe "as Igrejas". Confunde-se frequentemente o Catolicismo papal com o cristianismo.
    As acomodações entre a Religião e o Poder sempre ocorreram sob a égide da ICAR, dada sua hegemonia no ocidente e a pouca influência da Reforma Protestante.
    A humanidade sempre foi o berço de todo o mal que o mundo comporta e só muito paulatinamente princípios de moralidade emergem nas Leis e em nossos costumes.
    As Religiões, assim como todas as instituições humanas se ajoelhavam ante o poder da Espada e do Ouro.
    Condenar aquelas frágeis lideranças colocando sobre seus ombros responsabilidades que deveriam ser compartilhadas por todos, é viés que nos exculpa de igual responsabilidade em muitos dos equívocos coletivos de nossa sociedade moderna.
    Não mudamos muito; antes, a força que corrompia consciências estava na Espada e no Ouro, hoje são os políticos e as grandes corporações financeiras.
  • editado July 25
    patolino escreveu: »
    e.
    A humanidade sempre foi o berço de todo o mal que o mundo comporta...
    Aqui eu sou obrigada a discordar severamente, antes de julgar e condenar a humanidade é muito importante levar em conta o contexto e o ambiente.

    Vivemos em um mundo escasso, miserável, selvagem e violento aonde todos os seres vivos, dos minúsculos aos gigantescos, travam uma luta insana e sem sentido pela sobrevivência todos os dias, só a humanidade com sua imaginação ao longo dessa história sangrenta conseguiu almejar algo além da pura maldade que rege as relações entre as espécies desse planeta.

    Quer um exemplo do que é possível apenas na civilização humana (em alguns lugares mais avançados pelo menos)? Aleijados e deficientes tendo vida digna com adaptações as suas necessidades especiais, na natureza nasceu com algum problema morre na hora.

    Longe de ser o berço de todo o mal a humanidade é a fonte de toda abstração moral brotando no mais estéril e desafiador dos cenários, o que temos fora da civilização? Uma natureza e um universo com uma implacável indiferença com a condição humana e para fora da Terra um ambiente vasto e hostil a toda forma de vida que conhecemos, não sou adepta de muitos dogmas mas se eu fosse defender um seria esse:

    FORA DA HUMANIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO.

  • patolino escreveu: »
    As generalizações, costumam induzir a erros no julgamento da História. Não existe "as Igrejas". Confunde-se frequentemente o Catolicismo papal com o cristianismo.
    As acomodações entre a Religião e o Poder sempre ocorreram sob a égide da ICAR, dada sua hegemonia no ocidente e a pouca influência da Reforma Protestante.
    A humanidade sempre foi o berço de todo o mal que o mundo comporta e só muito paulatinamente princípios de moralidade emergem nas Leis e em nossos costumes.
    As Religiões, assim como todas as instituições humanas se ajoelhavam ante o poder da Espada e do Ouro.
    Condenar aquelas frágeis lideranças colocando sobre seus ombros responsabilidades que deveriam ser compartilhadas por todos, é viés que nos exculpa de igual responsabilidade em muitos dos equívocos coletivos de nossa sociedade moderna.
    Não mudamos muito; antes, a força que corrompia consciências estava na Espada e no Ouro, hoje são os políticos e as grandes corporações financeiras.
    Falei as igrejas por que as igrejas católica e luterana eram e ainda são importantes na Alemanha. Veja o caso brasileiro.
    Historicamente o catolicismo é a religião dominante, mas nos últimos 30 anos o protestantismo evangélico cresceu demais e se tornou tão importante quanto o rival


  • Cameron escreveu: »
    patolino escreveu: »
    e.
    A humanidade sempre foi o berço de todo o mal que o mundo comporta...
    Aqui eu sou obrigada a discordar severamente, antes de julgar e condenar a humanidade é muito importante levar em conta o contexto e o ambiente.

    Vivemos em um mundo escasso, miserável, selvagem e violento aonde todos os seres vivos, dos minúsculos aos gigantescos, travam uma luta insana e sem sentido pela sobrevivência todos os dias, só a humanidade com sua imaginação ao longo dessa história sangrenta conseguiu almejar algo além da pura maldade que rege as relações entre as espécies desse planeta.

    Quer um exemplo do que é possível apenas na civilização humana (em alguns lugares mais avançados pelo menos)? Aleijados e deficientes tendo vida digna com adaptações as suas necessidades especiais, na natureza nasceu com algum problema morre na hora.

    Longe de ser o berço de todo o mal a humanidade é a fonte de toda abstração moral brotando no mais estéril e hostil dos cenários, o que temos fora da civilização? Uma Natureza e um Universo com uma implacável indiferença com a condição humana e para fora da Terra um ambiente vasto e hostil a toda forma de vida que conhecemos, não sou adepta de muitos dogmas mas se eu fosse defender um seria esse:

    FORA DA HUMANIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO.


    Concordo 100% @Cameron !
  • Caros, no texto procuro isentar da acusação de máxima culpa àquelas "igrejas" mostrando a fragilidade dos seus personagens.
    O dedo acusador sofre do mesmo mal, que acusa, exatamente pela fragilidade moral de que toda a humanidade se ressente.
    Acrescentei contudo, que essa humanidade vai, pouco e pouco abandonando seu casulo auto-protetor, e compreende que o bem coletivo replica o bem individual.
    Mas não nos enganemos, se estamos timidamente caminhando na direção da solidariedade uma grande e perigosa horda de ignorantes espreita-nos e ameaça-nos a cada passo.
    Em resumo, existem pessoas boas e de bom caráter, sim, mas ainda são o "sal da terra".

  • Besteira, folclorismo, toda essa bobagem e folclorismo vem só do fato da Alemanha e da Croácia terem perdido a guerra, só disso e de absolutamente nada mais. A Sérvia daquela época e os guerrilheiros de Tito e a URSS daquela época não eram melhores moral e eticamente dos que os nazistas, só eram melhores militarmente.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.