Eleições nos Estados Unidos 2020

Bora dar palpite errado de novo.

«1

Comentários

  • The Trumpo vencerá.
  • Se alguém quer opinar sobre o tema ao menos tenha essa leitura obrigatória no currículo.
    @Acauan todo gabola de saber das coisas, agora quero ver se sabe mesmo...duvido que tenha lido este aqui =) .

    Há três anos foi número um na Amazon por mais de uma semana. Este eu li!


    Parece que este ano merece uma nova edição.
  • Sinhô! Se não leu o livro, reduza-se!!! =)
  • Judas escreveu: »
    Sinhô! Se não leu o livro, reduza-se!!! =)
    =)

  • A onrra dos palpiteiros não poderá ser maculada com informação privilegiada.
  • Trump irá perder novamente.
  • ENCOSTO escreveu: »
    Trump irá perder novamente.
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.

  • Não me venham com fatos porque já tenho opinião formada.
  • Cameron escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    Trump irá perder novamente.
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.


    Ainda bem que vivemos no Brasil.
  • ENCOSTO escreveu: »
    Cameron escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    Trump irá perder novamente.
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.


    Ainda bem que vivemos no Brasil.
    Não chega a tanto mas é fato que o sistema eleitoral deles é uma bagunça aonde a pessoa com mais votos pode perder a eleição.

  • Fernando_Silva escreveu: »
    Não me venham com fatos porque já tenho opinião formada.

    Hahahahaha

  • Cameron escreveu: »
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.

    Na verdade o sistema deles dificulta que alguém muito forte em um estado populoso ganhe a eleição. No Brasil, por exemplo, grande parte dos presidentes vieram de estados mais populosos como São Paulo, Minas Gerais e por aí vai o que faz com que os políticos daqueles estados dominem a cena nacional.
  • editado August 24
    Volpiceli escreveu: »
    Cameron escreveu: »
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.

    Na verdade o sistema deles dificulta que alguém muito forte em um estado populoso ganhe a eleição. No Brasil, por exemplo, grande parte dos presidentes vieram de estados mais populosos como São Paulo, Minas Gerais e por aí vai o que faz com que os políticos daqueles estados dominem a cena nacional.
    10: Minas Gerais
    6: Rio Grande do Sul e São Paulo
    5: Rio de Janeiro
    2: Ceará e Alagoas
    1: Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Oceano Atlântico
    0: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe, Tocantis, Distrito Federal


    https://aventurasnahistoria.uol.com.br/amp/noticias/historia-hoje/onde-nasceram-presidentes-brasil.phtml
    Contando com Naro, o Bolso são 7 de SP
  • editado August 24
    Nos EUA

    7 - Virginia
    5 - New York
    5 - Ohio
    3 - North Carolina
    3 - Massachussets
    1 - Vermont
    1 - Hawai
    1 - Conectcut
    1 - Arkansas
    1 - Ilinois
    1 - Georgia
    1 - Nebraska
    1 - California
    1 - Texas
    1 - Missouri
    1 - Iowa
    1 - New Jersey
    1 - Kentucky
    1 - pensylvania
    1 - New Hampshire


    https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_presidentes_dos_Estados_Unidos_por_nascimento
  • editado August 24
    Francamente os EUA, descontando os devidos fatores históricos e culturais não parece ser muito diferente do Brasil em termos de estados mais populosos terem relativamente mais presidentes. Parece ser mais o caso de o sistema deles servir para tentar evitar ousiders.
  • Senhor escreveu: »
    Francamente os EUA, descontando os devidos fatores históricos e culturais não parece ser muito diferente do Brasil em termos de estados mais populosos terem relativamente mais presidentes. Parece ser mais o caso de o siistema deles servir para tentar evitar ousiders.
    A rigor é isso.
  • Judas escreveu: »
    Se alguém quer opinar sobre o tema ao menos tenha essa leitura obrigatória no currículo.
    @Acauan todo gabola de saber das coisas, agora quero ver se sabe mesmo...duvido que tenha lido este aqui =) .

    Além de não ler, desconhecia por completo...
  • editado August 24
    Senhor escreveu: »
    Volpiceli escreveu: »
    Cameron escreveu: »
    A democracia deles é sólida mas o sistema eleitoral deixa muito a desejar.

    Na verdade o sistema deles dificulta que alguém muito forte em um estado populoso ganhe a eleição. No Brasil, por exemplo, grande parte dos presidentes vieram de estados mais populosos como São Paulo, Minas Gerais e por aí vai o que faz com que os políticos daqueles estados dominem a cena nacional.
    10: Minas Gerais
    6: Rio Grande do Sul e São Paulo
    5: Rio de Janeiro
    2: Ceará e Alagoas
    1: Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Oceano Atlântico
    0: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe, Tocantis, Distrito Federal
    https://aventurasnahistoria.uol.com.br/amp/noticias/historia-hoje/onde-nasceram-presidentes-brasil.phtml
    Contando con Naro, o Bolso são 7 de SP

    Esses dados tem que ser interpretados.
    Janio Quadros nasceu no Mato Grosso, FHC no Rio e Lula em Pernambuco, mas os três fizeram carreira política em São Paulo, eram políticos paulistas, mesmo que não nascidos aqui.
    Já Bolsonaro e Ciro Gomes (não foi eleito presidente, só prá citar) nasceram em São Paulo, mas de paulistas não têm nada.

  • Situações por lá análogas a uma guerra civil.

    A parte radical da esquerda tomou o partido democrata e juntos com a CNN e similares estão fomentando o caos.

    Eu nunca vi tanto jogo sujo assim na minha vida e isso inclui o que eu assisti do PT por aqui.
  • Judas escreveu: »
    Situações por lá análogas a uma guerra civil.

    A parte radical da esquerda tomou o partido democrata e juntos com a CNN e similares estão fomentando o caos.

    Eu nunca vi tanto jogo sujo assim na minha vida e isso inclui o que eu assisti do PT por aqui.

    O mundo que você conheceu não existe mais.

    Europa é culturalmente americanizado, o que faz este continente sofrer do mesmo jeito.


    No Brasil actual, não faço ideia se seguirá pelo mesmo buraco no americanos e europeus ocidentais se enfiaram.
    A ideologia insana existe com mais força aí do que aqui, mas tendo o vosso incompetente no poder atrasará o efeito.


  • editado September 1
    Trágico é Trump ser o maior promotor da insanidade, pois incompetente, ignorante e inapto para liderar uma Nação. Idem para Bolso...
    Ou seja, àquilo que chamam radicalismo de esquerda vingou na América liderada por Trump.
    No Brasil poderá ser diferente devido ao PT...

    Um país não é uma empresa.
    O interesse da nação supera o interesse de um indivíduo...
  • Não sei de onde ele tira essas deduções.
  • Ele não assiste o noticiário de lá e forma opinião.
  • editado September 1
    PT corrupto fez os brasileiros olharem a alternativa na direita. Mas sendo uma direita incompetente, a esquerda irá dizer com facilidade - vejam a porcaria que eles fazem.

    O mal menor inverte-se, e a esquerda que já domina culturalmente, ganha maior hegemonia.

    Direita só deve governar bem, sem margem de erro ou arrisca-se a ter uma esquerda ainda mais forte do que antes.

    É no longo prazo que a direita tem sido derrotada nas últimas décadas. Pois, se virmos, por exemplo, nos EUA, só os republicanos viram um presidente perder as eleições ( George Bush). Agora, aparentemente, Trump deverá perder ( será uma enorme surpresa se não acontecer isto).
    p.s. aqui o perder significa, presidente incapaz de se reeleger.


    Brasil:
    Lula bis + Dilma com o PT dominaram por anos a política brasileira. Em certa medida, mesmo com FHC o Brasil já caminhava para onde o PT o levou.
    Bolsonaro está lá há 2 anos, aparentemente, a governar um Brasil sem visão de longo prazo.



    Já agora Portugal:

    A direita governou +- 6 anos e meio nos últimos 25 anos.

    No último governo de direita, o trabalho feito não foi muito mau, mas foi apercebido pela população como horrível.
    Não obstante a impopularidade, venceram as eleições, mas incapazes de governar acabaram por desmoronar. O sintoma da desorientação pode ser visto com a divisão da direita em 4 partidos ( contando só os partidos presentes na assembleia).
  • Judas escreveu: »
    Ele não assiste o noticiário de lá e forma opinião.

    Tá explicado.

  • Não havia "direita" no país desde 1964. Simplesmente não havia como defender pontos de vista que se pudessem relacionar com direita pois isso era visto como "defesa da ditadura militar".

    E assim foi até 2013 quando as manifestações de rua que o PT tentou domar e pegar pra si se voltaram contra ele.
    Dali em diante o país começa um processo de retomada da normalidade onde existe esquerda e direita em seus extremos, os fisiológicos e os liberais.

    Bolsonaro é até aqui parte do processo de reação.

    É provável que a esquerda volte a governar mas não será como antes que fazia tudo sem oposição.

    E se isso acontecer terá sido melhor que os deixar mandar por 40 anos, indicar toda a corte suprema e se formar aqui o que se formou na Venezuela.

    Lembrando de novo:
    O PT em documento oficial se diz arrependido de não ter indicados militares "comprometidos" e se arrepende de não ter conseguido calar a imprensa livre.

    Mas há quem ache que deixar esse povo lá até que as coisas se resolvessem fosse uma opção melhor por não precisar arranhar sua preciosa visão de mundo onde se pode ser neutro nessas horas.
  • editado September 2
    Uma opinião diferente:

    Ao dar seguimento à posição tradicional americana na política externa, relativa a Israel,Trump tem uma vitória importante ao materializar um esforço de anos em ligar Arábia Saudita e Israel.
    Israel não só materializou-se ( 1948 e em todas as guerras posteriores) como garantiu em definitivo a sua existência assim que começou a cooperar com militarmente com os sauditas...pouco a pouco irá ser mostrada a amplitude e consequências desta normalização dos laços diplomáticos entre sunitas e Israel.

    (pragmatismo diplomático).


    No politica interna, as revoltas populares, também poderão ser usadas em benefício de Trump.
    Os americanos apreciam o bem estar e a "lei e ordem".
    As ideias progressistas insanas da esquerda americana terão sido, talvez, um dos motivos para Trump ter ganhado em 2016. Qual será o espanto se vencer de novo se agora estas ideias ainda são mais extremas?


  • PugII escreveu: »


    No politica interna, as revoltas populares, também poderão ser usadas em benefício de Trump.



    Estavam sendo usadas contra ele. Como se ele as tivesse fomentando essas revoltas e gente queimando lojas, quebrando tudo e agredindo pessoas "contra o racismo" estivessem todas de MAGA Hat.
    Governadores e prefeitos deixaram o caos rolar enquanto o partido democrata falava em cortar verbas da polícia.
    Trump começou a cobrar de governadores e prefeitos que protegessem seus cidadãos ou ele colocaria a força nacional pra agir.
    Foi chamado de fascista é claro.

    A CNN chegou a abrir um link ao vivo onde a legenda da notícia era "protesto inflamado mas na maioria pacífico" onde ao fundo e ao vivo se viam lojas queimando.

    Semana passada e SÓ semana passada dois âncoras da CNN disseram que era hora de Biden condenar essa violência porque isso já estava refletindo nas pesquisas...Vejam só..."Se tá rolando o caos e as pesquisas estão boas deixa rolar, se atrapalha a gente condena".

    E quando foi ontem Biden foi santificado pela CNN por dizer que violência é ruim, sem dar nome aos bois.


Entre ou Registre-se para fazer um comentário.