Eleições 2022 no Brasil.

Palpiteiros do mundo uni-vos.
«1345

Comentários

  • Primeira Terça Feita de 2021

    Pergunta:

    Quem seria a alternativa "votável" a um segundo mandato de Bolsonaro. Já que o segundo mandato é sempre pior que o primeiro, queria que houvesse uma opção viável.

    Minha resposta hoje seria a Janaína Paschoal.

    Hoje os "invotáveis" são:
    Dória (em quem eu cogitei votar no tópico sobre eleições 2018)
    Boulos (candidato do @Criaturo)
    Marina Silva
    Ciro Gomes (meu pior pesadelo)
    Luciano Huck

    E temos a incógnita sobre o que fará Sergio Moro.
  • A opção é o Zema.
  • Será?!
    Ele pegou um pepino do caraio...Nem deu pra avaliar resultados. O estado já tava quebrado pelo PT e ainda veio o vírus.

    Deus deve ser de esquerda.

    Mas teve atitude de não torrar dinheiro, não aumentar gastos. Eu votaria nele também.
  • Está fazendo milagres. Viva o São Zema.
  • O povo gosta de candidato carismático, que tenha uma história.
    Este é o Moro.
  • Lamento informar mas estagnamos
  • editado January 5
    2020 nos ensinou que é cedo demais para falar em 2022, primeiro temos que nos preocupar em sobreviver a 2021, um ano de cada vez...
  • Mas o tópico é isso mesmo =)

    No decorrer dos anos checamos as primeiras páginas e dá pra ver o quão imprevisíveis as coisas são.

    Em 2017 eu abri o das eleições de 2018 e quando dei uma olhada nas primeiras páginas estava lá eu achando que o Ciro ia ganhar, falando do favoritismo do Dória...

    Hoje Dória tá queimado e vá saber daqui a dois anos o que estará acontecendo.
  • editado January 8
    Doria é um dissimulado pior do que o bolsodoido este pelo menos não disfarça sua arrogancia
  • Nem imagino o que ocorrerá, já especulo um anything goes. Será um teste ao bolsonarismo esse momento.
  • editado January 15
    O Zema seria um bom candidato até pelo fato de que não interromperia o mandato para se candidatar, coisa que eu acho muito negativa. Integridade é tudo.
  • Senhor escreveu: »
    O Zema seria um bom candidato até pelo fato de que não interromperia o mandato para se candidatar, coisa que eu acho muito negativa. Integridade é tudo.
    Eu votaria nele, ou no Moro, ou no Marcel van Hattem

  • Danilo Gentili deveria sair candidato mesmo.

    Pra participar dos debates e dizer umas coisas para os candidatos que outros candidatos não tem coragem de dizer.

    Conseguiria índices em pesquisa pra participar tranquilamente.
    Toda a mídia podre levantaria a questão.
    "Mas ele é humorista. Candidatura a presidência não pode ser levada na palhaçada..."

    Luciano Huck também é candidato.

    E aí? Só é democracia se for apresentador? Não pode ser apresentador e comediante?

    Queria ver como essa gente reagiria.

    O dinheiro viria de crowdfundind e a campanha, a exemplo da do Bolsonaro, seria feita em redes sociais.
    Queria ver esse pessoal das Big Techs tendo que engolir o Danilo e provavelmente o censurando no processo.
    Queria ver o STF tentando afundar a candidatura se baseando em alguma falcatrua jurídica.

    Os empecilhos seriam:
    Conseguir um partido.
    Danilo perder o programa na Band que é de muito sucesso e por em risco sua carreira.
  • "Manifesto" para manifestar autodesmascaramento com a miragem Amoedo se juntando ao inominávis que nem vale a pena citar aqui. O Moro não se meteria nessa, nem Marcel Van Hatten....

  • Amoêdo desiste de concorrer a presidência em 2022
    Com a desistência de Amoêdo, o partido não tem um nome definido para as próximas eleições

    Na noite desta quinta-feira (10) o partido Novo, do então pré-candidato João Amoêdo, anunciou que o mesmo desistiu de concorrer a presidência nas próximas eleições. Nas ultimas eleições, Amoêdo teve 2,5% dos votos válidos.

  • editado June 11
    Percival escreveu: »
    Amoêdo desiste de concorrer a presidência em 2022
    Com a desistência de Amoêdo, o partido não tem um nome definido para as próximas eleições

    Na noite desta quinta-feira (10) o partido Novo, do então pré-candidato João Amoêdo, anunciou que o mesmo desistiu de concorrer a presidência nas próximas eleições. Nas ultimas eleições, Amoêdo teve 2,5% dos votos válidos.


    A desistência de Amoêdo é uma notícia ruim, eu votaria nele. Se no final polarizar MESMO, somente com Lula x Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2022, o jeito é usar um método científico milenar: a boa e velha moeda jogada ao ar.
    Cara ou coroa?
  • Percival escreveu: »
    Amoêdo desiste de concorrer a presidência em 2022
    Com a desistência de Amoêdo, o partido não tem um nome definido para as próximas eleições

    Na noite desta quinta-feira (10) o partido Novo, do então pré-candidato João Amoêdo, anunciou que o mesmo desistiu de concorrer a presidência nas próximas eleições. Nas ultimas eleições, Amoêdo teve 2,5% dos votos válidos.


    A desistência de Amoêdo é uma notícia ruim, eu votaria nele. Se no final polarizar MESMO, somente com Lula x Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2022, o jeito é usar um método científico milenar: a boa e velha moeda jogada ao ar.
    Cara ou coroa?

    Voto no Mito Genocida sem sombra de duvidas.
  • Entendo o seu ponto de vista, Encosto. Gostaria que FOSSE diferente, que surgisse um terceiro nome. Amoêdo está fora, mas as eleições serão em novembro de 2022. Temos, portanto, 17 meses pela frente. Muita coisa pode acontecer até lá!
    P.S. Lula AINDA É RÉU em seis processos criminais. Se for condenado e preso novamente, muda TODO o cenário político nacional, não? (Eu gostaria muito)
  • Entendo o seu ponto de vista, Encosto. Gostaria que FOSSE diferente, que surgisse um terceiro nome. Amoêdo está fora, mas as eleições serão em novembro de 2022. Temos, portanto, 17 meses pela frente. Muita coisa pode acontecer até lá!
    P.S. Lula AINDA É RÉU em seis processos criminais. Se for condenado e preso novamente, muda TODO o cenário político nacional, não? (Eu gostaria muito)

    A "terceira via" será o Coroné Ciro Gomes que vai roubar votos do PT.
    De centro direita, não tem ninguem.
  • Gostaria que FOSSE diferente.

    A sua visão de mundo não dita o cenário real, nem a minha.

  • Percival escreveu: »
    Gostaria que FOSSE diferente.

    A sua visão de mundo não dita o cenário real, nem a minha.

    Até o dia da eleição, as coisas podem mudar.
  • Percival escreveu: »
    Gostaria que FOSSE diferente.

    A sua visão de mundo não dita o cenário real, nem a minha.

    Até o dia da eleição, as coisas podem mudar.

    Isso se chama especular, até eu faço.
  • Amoêdo fora da campanha. Ciro Gomes chamando Lula de "pai da corrupção".
    Tá ficando interessante!
  • Percival escreveu: »
    Percival escreveu: »
    Gostaria que FOSSE diferente.

    A sua visão de mundo não dita o cenário real, nem a minha.

    Até o dia da eleição, as coisas podem mudar.

    Isso se chama especular, até eu faço.

    Exato!
  • Não tem como comparar Bolsonaro com Lula.

    Antes do COVID o governo estava indo muito bem e o IBOV ia batendo recorde atrás de recorde. Foi preciso um problema do tamanho do COVID, toda a oposição do país, muita mentira e histeria e a ajuda do próprio Bolsonaro e sua estupidez política pra conseguir estragar isso.

    E mesmo assim na última semana o IBOV superou em 10 mil pontos o nível em que estava antes da crise do vírus.

    A ideia de que sequer da pra discutir quem é pior já é uma tremenda vitória de Lula e sua turma.

    Eu não tenho medinho de me chamarem de cúmplice de genocídio por votar em Bolsonaro de novo. Primeiro porque é mentira e segundo porque a turma que fala isso normalmente é gente pior que o próprio Bolsonaro e que vota no PT desde 1989.

    Se não houver um de centro direita até 2022 e provavelmente não haverá eu voto no genocida também.
  • Judas escreveu: »

    Se não houver um (candidato) de centro direita até 2022
    e provavelmente não haverá eu voto no genocida também.
    Espero que surja esse candidato, Judas. Alguém moderado, de centro-direita.
  • editado June 11
    Outra coisa.

    Bolsonaro foi eleito, ocorreu um problema que não foi culpa dele mas ele teve que administrar, a administração foi bastante discutível em muitos pontos. Decisões erradas custaram a vida de pessoas, se fossem decisões melhores poderiam custar menos. Mas isso é a administração pública.

    Você é um prefeito e tem que escolher entre comprar uma ambulância ou uma viatura de polícia.
    Você escolhe a ambulância.
    Alguém sofre latrocínio e te acusam de ser negligente em relação a segurança pública.

    O que vai sustentar sua decisão é por exemplo se a cidade tivesse sem nenhuma ambulância mas tivesse duas viaturas. Sim, talvez uma viatura a mais tivesse evitado o latrocínio, mas isso não dava pra saber.

    Cada vida importa do ponto de vista moral. Pra quem administra a coisa pública e precisa escolher onde gastar melhor o dinheiro sempre estará escolhendo que investimento matará menos gente.

    A oposição vem com essa conversa de que se tivesse feito isso ou aquilo menos gente teria morrido portanto o cara é genocida.
    Jamais. O que se pode alegar é que escolheu mal e administrou mal a crise e que portanto é melhor votar em outro da próxima vez, já que este acabou por escolher o pior caminho diante de algo que ele não causou porém era dele que se esperava boas decisões caso algo inesperado acontecesse e aconteceu.

    Se Bolsonaro for genocida por uma má gestão de uma crise a qual ele não causou então vejamos.

    O Brasil sediou o Pan-americano, as Olimpíadas e a Copa do mundo. A decisão de torrar dinheiro com isso pra entregar nas mãos de empreiteiros amigos do rei se deu diante de um país que já tinha carência de leitos de hospitais, creches, escola de boa qualidade principalmente em nível fundamental, uma malha rodoviária toda esburacada mesmo sendo a principal rota de escoamento da produção e mais uma tonelada de problemas que já existiam. Lula e sua turma, diante disso escolheram fazer estádios enormes em Manaus, Brasília e na puta que o pariu

    Quem fez esta observação na época teve que ouvir do garoto propaganda da gastança imoral e, essa sim, genocida, que "não se faz copa do mundo com hospitais".


    Agora apliquem o mesmo rigor aplicado a Bolsonaro ao Lula levando em conta as circunstâncias descritas.
  • Espero que surja esse candidato, Judas. Alguém moderado, de centro-direita.
    Eu não vou com a cara dele de jeito nenhum mas ele não é corruto e conseguiu se eleger, vou repetir, ELE NÃO É CORRUPTO!!!

    Isso no Brasil seria o equivalente a encontrar um trevo de 10 folhas no meio do Saara...

  • Assistam PELO AMOR DE DEUS antes de igualar um ao outro.
  • Bolsonaro poderia então ter que dar explicações por exemplo sobre a compra de vacinas.

    Apresentar argumentos quanto a recusa de ofertas de vacinas. Se os argumentos dele bastarem tecnicamente pra justificar a recusa não há o que fazer. Se ele conseguir provar que poderia ter problemas adiante e então ser responsabilizado por eles não tem como o acusar de nada.

    O que precisaria ser provado é que ele não teria nenhum problema em tomar a decisão de comprar as vacinas e isso é impossível de se provar. Se ele compra e o efeito colateral vem não interessa o que está escrito no contrato, ele seria o responsável, pior ainda é quando consta no contrato que a fornecedora não seguraria o pepino.

    A decisão poderia então estar errada do ponto de vista pragmático/político porém correta do ponto de vista jurídico cabendo então a quem concorda ou discorda dela julgar isso nas urnas em 2022.

    Talvez você achasse melhor um presidente que assumisse este risco sozinho, confiando que a vacina daria certo e sabendo que se desse errado estaria ferrado, mas isso só mesmo votando. Talvez exista quem ache que uma raposa política como Ciro Gomes faria uma coisa dessas, assumir todo o risco sozinho e arriscar algo errado com a vacina armar a oposição e o derrubar.

    A questão da Cloroquina não se aplica aqui porque há embasamento técnico pra tentar usar. Se os estudos são inconclusivos mesmo diante de mais estudos contra o uso do que a favor isso não basta pra condenar por crime, no máximo condenar por burrice mas, de novo, só nas urnas.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.