O caso George Floyd

editado April 9 em Religião é veneno
stou acompanhando o caso George Floyd desde o início pela mídia dos EUA.

CNN e afins querem que o policial seja condenado, se possível a pena de morte.

Desde o início Ben Shapiro (que é advogado) alertou para o seguinte:

Não era bom o que a CNN estava fazendo porque não haviam evidências de assassinato a sangue frio como a CNN tratou o caso e advogados criminalistas de rede social de todo mundo engoliram e compartilharam a mentira pra marcar pontos sociais.
É intencional por parte da CNN que seja dessa forma. Querem passar a impressão de que o policial seria beneficiário de um sistema de justiça racista caso não condenado pelo crime máximo, onde ele intencionalmente teria intenção e iniciativa de matar Floyd.

A CNN JÁ SABIA DESDE O INÍCIO que não era um caso de assassinato em segundo grau mas queriam incitar revoltas similares às que incitaram quando no ato da morte de Floyd. Lojas foram saqueadas e queimadas, produtos foram roubados, pessoas foram agredidas, tudo em nome de protestos ante a morte de Floyd. A CNN quer tudo de novo, ela está aqui citada por representar a todos os que vivem de incitar o ódio. Pra eles ou a justiça se vinga ou não será considerada justiça.

Assistindo a partes do julgamento e a opiniões de especialistas no assunto está bem claro que não da pra condenar o policial por crime intencional, no momento no máximo um caso de assassinato em terceiro grau (manslaughter) onde não há intenção mas negligência. Mesmo pra esta condenação é preciso que seja provada a negligência pra "além de dúvida razoável". É a lei e é de se entender o porque precisa ficar bem provado, a pena máxima é de 25 anos.

Na melhor das hipóteses não é um caso fácil de julgar e de entender.

Onde quero chegar com isso?

Quando sair a sentença a Globo News vai fazer o mesmo que a CNN, os demais canais brasileiros vão seguir a mesma linha, idiotas e especialistas que nem sabiam que o julgamento estava acontecendo vão compartilhar suas certezas sobre racismo e justiça sem a menor reflexão sobre o que significa jogar alguém em uma cela por 25 anos só porque as redes sociais ou movimentos racistas como o Black Lives Matter querem.

Lembrando que o caso de Ferguson começou com a mídia podre defendendo que se tratava de um assassinato motivado por racismo e terminou com o veredito de legítima defesa.

Provavelmente boa parte dos idiotas que vão opinar sobre o Caso Floyd não sabem o que é Ferguson no contexto aqui. Provavelmente vão digitar "quem é Ferguson" no Google...

Comentários

  • editado April 9
    De um lado um colosso com histórico de crimes descontrolado possivelmente sob efeito de drogas numa situação limite, do outro, um policial completamente adrenado aparentemente insensível aos apelos populares alertando sobre a situação do detido. O que deve ser julgado é o procedimentocomo um todo o qual talvez não contemple algum desvio do policial em nome de algum bom senso.
  • Senhor escreveu: »
    De um lado um colosso com histórico de crimes descontrolado possivelmente sob efeito de drogas numa situação limite, do outro, um policial completamente adrenado aparentemente insensível aos apelos populares alertando sobre a situação do detido.

    O que deve ser julgado é o procedimento como um todo o qual talvez não contemple algum desvio do policial em nome de algum bom senso.

  • Parece até aqui um caso de overdose em que o estopim pra causar a morte foi a abordagem policial. O desespero de ser preso somado ao consumo de drogas. A posição do joelho do policial não impediria Floyd de respirar, em vídeo Floyd reclama de não estar conseguindo respirar ANTES MESMO de ter sido deitado no chão com o joelho do policial em cima dele.

    Ontem o Steven Crowder fez um vídeo onde ele fica na mesma posição que o Floyd e pelo mesmo tempo. Não relatou nenhuma falta de ar.

    Aqui ele dizendo que era claustrofóbico e que não queria entrar no carro por isso, por várias vezes ele diz que não estava conseguindo respirar, tudo antes de ter sido deitado no chão:

    Aqui a polícia do Canadá usando a técnica de usar o joelho pra imobilizar o suspeito.


    Não está fácil pra promotoria provar que o policial queria matar o cara ou que achava que o que estava fazendo poderia vir a o matar e mesmo assim continuou a agir. O que aparece nas filmagens é um suspeito reagindo a prisão e dando desculpas pra não seguir preso. O policial não tinha como saber que o cara estava drogado e que o stress da situação poderia causar a morte dele.

  • Como diz o vídeo e foi mencionado no julgamento, usar o joelho não é algo que seja ensinado aos policiais mas isso não basta pra afirmar que tenha sido pelo emprego desta técnica que Floyd teria morrido.
  • Na época descobriram que o cara tinha feito um pornô amador.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.