Acauan: Pra encher de coragem China, Rússia e Irã.

Foi ao ar hoje e se passa dentro da Casa Branca.

Comentários

  • editado August 10
    Perdi meu tempo aprendendo Inglês. Era melhor ter estudado Mandarim.

    O processo de boiolização do Ocidente está completo.
  • Judas escreveu: »
    O processo de boiolização do Ocidente está completo.
    O'er the land of the free and the home of the brave!...
    Já vi comentários sobre o conteúdo profético do filme "O Demolidor", do Stallone e achei que eram exagerados.
    Parece que não...
    Certo tava o Wesley Snipes quando disse que a America se tornou um mundo de bichas babacas e ele queria ficar com a Costa Oeste, ou coisa assim.
    Frase que deve ser muito repetida, hoje em Pequim.


  • editado August 13
    Judas escreveu: »
    Perdi meu tempo aprendendo Inglês. Era melhor ter estudado Mandarim.
    Há trocentas línguas na China.
    No massacre da Praça da Paz Celestial, o governo selecionou militares que não falavam mandarim para que não entendessem o que os estudantes estavam dizendo e passassem por cima.
    china-langs.png
    https://vividmaps.com/map-of-languages-spoken-in-china/
  • editado August 13
    Eu escolheria a língua que os chineses donos dos shoppings populares aqui de BH falam. Ou a mais falada que pelo mapa parece ser o Mandarim mesmo.

    Tem uma série de jogos chamada "Romance of the Three Kingdons" que é bem legal e você joga as batalhas entre as muitas dinastias chinesas de vários períodos. Possivelmente deve vir de algum livro e eu só conheço os jogos.

    Nahh, nem terminei de escrever o post e já confirmei.
    O Romance dos Três Reinos, escrito por Luo Guanzhong no século XIV, é um romance histórico chinês baseado em eventos dos anos turbulentos próximos do fim da Dinastia Han e da era dos Três Reinos da China, começando em 169 e terminando com a reunificação do reino em 280. Wikipédia

    Os jogos são interessantes. Começaram bem toscos no Super Nintendo e talvez no DOS e evoluíram.

    É bem complexo, você comanda vários oficiais, a economia, o recrutamento e treinamento de tropas, envia assassinos, inicia rumores, faz alianças, trai alianças etc...


  • Também gerou alguns animes e mangás, inclusive um com personagens femininas chamado Ikkitousen.
  • Judas escreveu: »
    Tem uma série de jogos chamada "Romance of the Three Kingdons" que é bem legal e você joga as batalhas entre as muitas dinastias chinesas de vários períodos. Possivelmente deve vir de algum livro e eu só conheço os jogos.

    Nahh, nem terminei de escrever o post e já confirmei.
    O Romance dos Três Reinos, escrito por Luo Guanzhong no século XIV, é um romance histórico chinês baseado em eventos dos anos turbulentos próximos do fim da Dinastia Han e da era dos Três Reinos da China, começando em 169 e terminando com a reunificação do reino em 280. Wikipédia
    A China é uma salada de etnias e culturas. Ao longo dos milênios, reinos se formaram, invadiram e anexaram os vizinhos para depois serem desmembrados por rebeliões e invasões. Para então as partes seram anexadas por outros reinos que etc. etc.
  • Ao menos jogando foi o que pude ver. Os reinos que você conquistava entravam frequentemente em rebelião principalmente quando você deixava poucos soldados na cidade.

    Meu objetivo pessoal era derrubar o tal de Cao-Cao e tentar recrutar ele pro meu exército, tudo mecânica do jogo. Consegui o derrubar mas quando tentei o recrutar ele sempre recusava e preferia continuar preso, até que resolvi o executar.
    Alguns oficiais rendidos aceitavam se juntar a você mas os imperadores jamais, sempre dava errado.

    Você podia espalhar boatos pra tentar arruinar alianças.

    Muito interessante também é ver os mapas das regiões e quem dominava cada qual em determinado período histórico.

    Logo de início da pra ver a salada que era.
  • editado August 13
    As armaduras dos generais Chineses da época são bem legais. Existe um jogo arcade beat n up também que é baseado num mangá baseado no romance dos tres reinos se chama warriors of fate.

    https://en.wikipedia.org/wiki/Warriors_of_Fate
  • Acauan escreveu: »
    Judas escreveu: »
    O processo de boiolização do Ocidente está completo.
    O'er the land of the free and the home of the brave!...
    Já vi comentários sobre o conteúdo profético do filme "O Demolidor", do Stallone e achei que eram exagerados.
    Parece que não...
    Certo tava o Wesley Snipes quando disse que a America se tornou um mundo de bichas babacas e ele queria ficar com a Costa Oeste, ou coisa assim.
    Frase que deve ser muito repetida, hoje em Pequim.


    Ocidente (civilização judaico cristã) morreu - Pensei que isto era só blablabla, mas vivi o suficiente para assistir a este trágico destino.

    Papa Francisco cheio de carisma e admiração das massas, leva o pouco que resta da dignidade católica para o buraco.






  • Fernando_Silva escreveu: »
    Judas escreveu: »
    Tem uma série de jogos chamada "Romance of the Three Kingdons" que é bem legal e você joga as batalhas entre as muitas dinastias chinesas de vários períodos. Possivelmente deve vir de algum livro e eu só conheço os jogos.

    Nahh, nem terminei de escrever o post e já confirmei.
    O Romance dos Três Reinos, escrito por Luo Guanzhong no século XIV, é um romance histórico chinês baseado em eventos dos anos turbulentos próximos do fim da Dinastia Han e da era dos Três Reinos da China, começando em 169 e terminando com a reunificação do reino em 280. Wikipédia
    A China é uma salada de etnias e culturas. Ao longo dos milênios, reinos se formaram, invadiram e anexaram os vizinhos para depois serem desmembrados por rebeliões e invasões. Para então as partes seram anexadas por outros reinos que etc. etc.

    Sendo uma Nação (sentido moderno) tardia, está ainda em fase de consolidar a sua unidade. Tendo em conta que o poder não sente constrangimento em fazer uso da força, esta unificação tem sido bem sucedida.
    Na prática: pobres tibetanos, uigures, etc

  • PugII escreveu: »
    Fernando_Silva escreveu: »
    A China é uma salada de etnias e culturas. Ao longo dos milênios, reinos se formaram, invadiram e anexaram os vizinhos para depois serem desmembrados por rebeliões e invasões. Para então as partes seram anexadas por outros reinos que etc. etc.
    Sendo uma Nação (sentido moderno) tardia, está ainda em fase de consolidar a sua unidade. Tendo em conta que o poder não sente constrangimento em fazer uso da força, esta unificação tem sido bem sucedida.
    Na prática: pobres tibetanos, uigures, etc
    Um povo acostumado a milênios de submissão a déspotas vê como progresso o fato de estar com a barriga cheia e minimiza coisas como liberdade de expressão, que lhe parecem secundárias.
  • PugII escreveu: »
    Papa Francisco cheio de carisma e admiração das massas, leva o pouco que resta da dignidade católica para o buraco.

    Em matéria de carisma e admiração das massas, Francisco está para João Paulo II como o emir de Dubai está para a Rainha Elizabeth...
  • Acauan escreveu: »
    PugII escreveu: »
    Papa Francisco cheio de carisma e admiração das massas, leva o pouco que resta da dignidade católica para o buraco.

    Em matéria de carisma e admiração das massas, Francisco está para João Paulo II como o emir de Dubai está para a Rainha Elizabeth...

    João Paulo II está morto, todos os outros não.

    Quem se lembra dele?
    VC, eu...

    Não apoio Francisco, pois li Fratelli Tutti.
  • PugII escreveu: »

    João Paulo II está morto, todos os outros não.

    Quem se lembra dele?
    VC, eu...

    Eu lembro, quer dizer que morreu não deixa legado? Que lástima de pensamento.

  • PugII escreveu: »
    João Paulo II está morto, todos os outros não.

    Quem se lembra dele?
    VC, eu...

    Você, eu e todos os Católicos Romanos do mundo que o consideram Santo,

  • Protesto no Afeganistão é reprimido pelo Talibã com violência, e ao menos 3 pessoas morrem



    Além das três pessoas que morreram, outras 12 ficaram feridas. Manifestantes protestavam na cidade de Jalalabad porque o Talibã tirou a bandeira do Afeganistão e colocou a sua própria.

    Por G1

    18/08/2021



    O Talibã reprimiu violentamente uma manifestação na cidade de Jalalabad, no Afeganistão, nesta quarta-feira (18).



    Membros do grupo extremista efetuaram disparos em uma multidão e bateram em manifestantes (assista ao vídeo acima).

    Cidade de Jalalabad, no Afeganistão em 15 de agosto de 2021; na imagem, há militantes do Talibã com a bandeira do grupo — Foto: Reuters



    Cidade de Jalalabad, no Afeganistão em 15 de agosto de 2021; na imagem, há militantes do Talibã com a bandeira do grupo — Foto: Reuters

    Pelo menos três pessoas morreram e 12 ficaram feridas, segundo a agência Reuters e com a rede Al Jazeera.

    O protesto começou porque o Talibã tirou a bandeira do Afeganistão de um monumento no centro da cidade e colocou a sua própria.



    https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/08/18/taliba-reprime-primeiro-protesto-com-violencia-ha-pelo-menos-dois-mortos.ghtml
  • Jahal al bahala laha mahulul ahal al bahala jalalalaba alhalaaaaa
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.