Fórum Religião é Veneno – Vinte e Um Anos!

2»

Comentários

  • Acauan escreveu: »
    ENCOSTO escreveu: »
    E o tópico do Sodré falando que em 30 dias um dos ateus daqui iria se converter?
    Eu acabei postando alguma coisa e ele disse que o ateu que se converteria seria eu.
    Os dias foram passando e o cara foi entrando em desespero.
    Este foi o ponto de inflexão do RéV, de certo modo nosso auge.
    Depois do Desafio tudo mudou por aqui, deixamos de ser anárquicos e tivemos que manter um policiamento rígido sobre o que se passava no Fórum devido aos constantes ataques dos vencidos inconformados, uma gente obsessiva que passava as madrugadas criando e-mails e personagens fakes só prá nos encher o saco.

    Também foi nosso período mais criativo, quando evoluímos de espaço de debates para produtores de conteúdo.
    Os 30 dias se passaram e eu me segurei ao maximo para não postar nada mais aqui. Acho que me segurei por uns 3 ou 4 dias depois do prazo. Ai ficamos sabendo que o cara envolvia ate o filho pequeno na parada, colocando pia para orar o dia todo.
    Doentio, mas muito didático sobre a turma do outro lado.

    Praticamente um VT UOL jogos, só que mais refinado.
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Lembrei do forista Catholico Vaticano, que era um católico normal.
    Depois de anos de debate, o lado racional de sua mente começou a assumir o controle e ele questionou a própria fé.
    Passou algum tempo postando textos angustiados, mas acabou voltando apavorado para o conforto da religião, só que agora como fanático (carismático).

    Essas coisas sempre são curiosas: o que deveria abrir a mente do cara o retrai.
  • Os crentes mencionados no texto acima e suas reações peculiares suscitam a seguinte reflexão.

    A fé, enquanto prática religiosa, tem duas funções primordiais mas com motivações diferentes.
    Ela atende a aqueles, vitimados por profundas questões conscienciais e que procuram na religião a sua penitência, o seu cilício; seja por meio de sacrifícios, orações ou atos devocionais extremos.

    Geralmente este grupo apresenta comportamento fanatizado e jamais questiona a forma exagerada de suas práticas, mesmo quando estas são confrontadas por seus irmãos de crença.

    A fé pode provir, também, de um instinto ou necessidade, de buscar respostas para questões que não se enquadram na conceituação geral, seja da ciência ou do senso crítico comum.

    Neste último caso o homem se sentirá sozinho pois suas fontes de pesquisa serão os livros de Filosofia, de Teologia, e a Bíblia; ou seja, continuará dependendo da opinião de outros que antes dele se debruçaram sobre o tema.

    Os profetas de AT e também Jesus, Maomé, Buda, Lao-Tze (Taoísmo), Confúcio (princípios moralistas), e outros, experimentaram inspiração ou epifanias que direcionaram suas ações para a revelação, a conversão e a elevação moral dos homens para Deus.
    Tais objetivos nem de longe foram alcançados, mas um número prodigioso de crentes, sinceros, espertalhões ou indiferentes, surge, pregando as mesmas coisas.
    O quê estes "crentes" fazem é jogar na vala comum das superstições o esforço das mentes mais arguciosas que poderiam auxiliar na sistematização do processo da crença.

    Enfim, temos encontrado vários tipos de manifestação da fé religiosa e em todas prevalecem os dogmas, ou seja, aqueles pontos cruciais em que se sustentam e não admitem contestação.
    E são principalmente os dogmas que afastam o livre pensador dos profundos questionamentos que a vida nos apresenta, porque, desiludido, nega a priori o que até agora existe sobre o assunto.


    .



  • Cheguei aqui não sei quando, mas acho que já tem mais de dez anos que tô por aqui enchendo o saco dos agnósticos deistas porque ateu radical mesmo não encontrei nenhum.
    Vim a convite do ex forista Jonny que conheci lá no fórum Realidade.
    Sinceramente consegui me divertir mais do que aprender por aqui isso porque que sou mais bem humorado do que inteligente.
    Minha sinceridade não agrada mas isto aqui não é site de bons relacionamento mesmo, por isso fui injustamente expulso do clube dos compadres que era muito arbitrário e injustamente partidário por isso acabou fechando.
  • patolino escreveu: »


    Enfim, temos encontrado vários tipos de manifestação da fé religiosa e em todas prevalecem os dogmas, ou seja, aqueles pontos cruciais em que se sustentam e não admitem contestação.

    Lembrei desse dogma espirita:
    espiritismo_no_brasil_e_chico_xavier-696x526.png
  • Tem que ter paciência pra esses textos do Augusto
  • editado January 8
    Lembrei do forista Videomaker, um espírita debochado e meio sem noção.

    Ou o Vitor Moura, espírita e comunista, daqueles que acham que Cuba e Coreia do Norte são uma maravilha ou que a China é democrática.
  • ENCOSTO escreveu: »
    Me cadastrei no forum crente como "O ENCOSTO" e fui bloqueado após a segunda ou terceira postagem.
    Antes de conhecer o RéV +/- em 2006 eu participava do fórum CfraClub. Minha diversão era zoar a turma do White Metal.
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Coleção de coisas postadas por Erivelton/Profeta dos Ateus/Dr.Watson.
    Caramba, eu lembrava que o Erivelton eram difícil, mas não lembrava que ele passava tanto dos limites.
  • Tinha também o Pensador e sua teoria do Grande Atrator.
    Ele dizia que ia publicar um livro sobre o assunto, mas o tal do livro nunca aparecia.
  • Esse pensador acho que era o Vinícius do Orkut ele tinha umas teorias doidas sobre a existência de Deus.
  • uns dos mais interessantes que teve passagem relâmpago por aqui foi o desaforista Inseto, me rendeu boas risadas!
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.