LULA na TIME

— Putin não deveria ter invadido a Ucrânia. Mas não é só o Putin que é culpado, são culpados os Estados Unidos e é culpada a União Europeia. Qual é a razão da invasão da Ucrânia? É a Otan? Os Estados Unidos e a Europa poderiam ter dito: "A Ucrânia não vai entrar na Otan". Estaria resolvido o problema — afirmou o petista.



— Esse cara (Zelensky) é tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não tem apenas um culpado (...) o comportamento dele é um comportamento um pouco esquisito, porque parece que ele faz parte de um espetáculo.


https://gauchazh.clicrbs.com.br/politica/noticia/2022/05/capa-da-revista-time-lula-diz-que-zelensky-e-tao-responsavel-pela-guerra-quanto-putin-cl2rmr3m8002d01gh8dj16568.html

Comentários

  • editado May 5
    Lula é um imbecil.
    Guerra na Europa - O antissemitismo do regime de Putin


    Sergei Lavrov, cujo discurso antissemita não pode ser classificado como ignorante, e sim como uma ação proposital, um divisor de águas

    Por Guga Chacra 05/05/2022


    O regime de Putin adotou uma postura abertamente antissemita. São assustadoras as declarações do chanceler Serguei Lavrov, ao insinuar que Hitler teria sangue judaico (é uma mentira). Disse, ainda, que os “piores antissemitas são os próprios judeus” (um absurdo). O cenário se agravou com a acusação da Chancelaria da Rússia de que Israel apoiaria nazistas na Ucrânia (outra mentira). Ontem, uma porta-voz da Chancelaria em Moscou acrescentou que mercenários israelenses estariam lutando ao lado de neonazistas do Batalhão Azov, unidade da Guarda Nacional ucraniana que teria entre seus membros extremistas.

    [...]

    Desde o início da Guerra da Ucrânia, a Rússia diz que pretende “desnazificar” o país vizinho. Mas sempre foram questionados sobre o fato de Zelensky ser o único governante judeu fora de Israel. Isso irrita Moscou, pois afeta a sua narrativa mentirosa. O Batalhão Azov, de fato, tem histórico ligado a neonazistas. Mas não há evidências de envolvimento de israelenses e muito menos do governo. Criticar Israel pela ocupação ilegal dos territórios palestinos é legítimo. O que Moscou faz é diferente: ataca Israel pela questão judaica, assim como ofende judeus do mundo todo. O regime de Putin é antissemita.
    https://blogs.oglobo.globo.com/guga-chacra/post/o-antissemitismo-do-regime-de-putin.html
  • ENCOSTO escreveu: »
    — Putin não deveria ter invadido a Ucrânia. Mas não é só o Putin que é culpado, são culpados os Estados Unidos e é culpada a União Europeia. Qual é a razão da invasão da Ucrânia? É a Otan? Os Estados Unidos e a Europa poderiam ter dito: "A Ucrânia não vai entrar na Otan". Estaria resolvido o problema — afirmou o petista.

    "— Hitler não deveria ter invadido a Polônia. Mas não é só o Hitler que é culpado, é culpada a França e é culpada a Inglaterra. Qual é a razão da invasão da Polônia? São os aliados? A Inglaterra e a França poderiam ter dito: "A Polônia não vai entrar nos Aliados". Estaria resolvido o problema — afirmou o petista".
  • Em 2008, a Rússia apagou do mapa 17 cidades da Geórgia que tinham população de maioria georgiana.
    Foi uma limpeza étnica para deixar apenas habitantes russos.
    Agora, com a invasão da Ucrânia, o povo de lá está com medo de novos ataques.

    Mais detalhes neste vídeo. Ele mostra um mapa com o antes e o depois da região "purificada":
    https://information.tv5monde.com/video/ukraine-les-echos-de-la-guerre-en-georgie

    E não vamos nos esquecer da Chechênia nos anos 90 e em 2002. Vão alegar que eles estavam combatendo o terrorismo, só que o terrorismo aconteceu no contexto da luta pela independência:

    https://www.bbc.com/portuguese/internacional-60679258
  • Percival escreveu: »

    O Just Biebier tambem andou intervindo no processo eleitoral brasileiro..
  • editado May 9
    ENCOSTO escreveu: »

    _________________________________________________
    UOL - O melhor conteúdo


    Opiniões de Lula sobre a Ucrânia são bem-vindas
    Lula deu a declaração sobre a guerra na Ucrânia para a revista norte-americana Time - Reprodução
    Lula deu a declaração sobre a guerra na Ucrânia para a revista norte-americana Time Imagem: Reprodução
    Chris Thornhill

    Colunista convidado

    07/05/2022 04h00

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tornou-se objeto de críticas, tanto no Brasil como na arena internacional, por suas declarações sobre a guerra na Ucrânia. Em vez de receber uma dura condenação, porém, deveria ele receber um reconhecimento positivo por expressar uma resposta ao conflito que revela que políticos com claras credenciais internacionais na promoção da democracia são capazes de refletir criticamente sobre a posição ocidental hegemônica em relação ao conflito militar.
    _____________________________________________________________________________________________________________



    Parei aí.
  • Se Bolsonaro dissesse algo parecido a corja trataria como genocida declarado... 🙄
  • Cameron escreveu: »
    Se Bolsonaro dissesse algo parecido a corja trataria como genocida declarado... 🙄

    E como...
  • Outras figuras "ilustres" que já foram capa da Time:
    -Hitler
    -Stalin
    -Al Capone
    -Aiatolá Khomeini
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Outras figuras "ilustres" que já foram capa da Time:
    -Hitler
    -Stalin
    -Al Capone
    -Aiatolá Khomeini

    De facto, ser capa nessa revista não é, necessariamente, honroso.
  • editado May 13

    Comunistas, anti-comunistas, entre outras ideologias escolhem ver conforme se adeque ás próprias crenças.


    Quem não tomar partido, resta observar as consequências a curto e médio prazo, numa primeira instância. Depois conjeturar o futuro a partir dos dados obtidos.
    Então, há na Europa uma enorme vontade de usar este acontecimento como impulso para criar um Estado europeu - será possível?
    Irrealismo?

    Unir a Europa é um sonho antigo, George de Podiebrad apresentou o seu projecto para defender a Europa dos otomanos.
    Ao longo dos séculos houve vários projectos. Mas foi necessário a destruição da Europa pelo nazismo para dar o passo de concretizar a unidade.

    Será este confronto com a Rússia o motor para novo passo para reunificar a Europa?
    Será possível sem o cristianismo como fundamento?

    Vivemos tempos interessantes

  • PugII escreveu: »
    Vivemos tempos interessantes
    Tempos interessantes só ficam bem nos livros de história antiga.
    Povos felizes não têm história.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.