Quem é rico? (Criaturos do Twitter)

Com o projeto do Kim Kataguiri que pretende cobrar mensalidades de filhos de rico estudando em universidades públicas surge a pergunta:

Quem é rico?

A discussão gerou essas pérolas:
g466wlxp3tyj.jpg
«1345

Comentários

  • Eu vi agora, que na verdade o preço atual é cerca de 9 mil reais na PUCSP, mas uma coisa não deixa de ser verdade, com esses preços irreais, as faculdades públicas de medicina provavelmente ficar sem alunos se os alunos tivessem que pagar por isso e por outro lado na verdade provavelmente uns 95% dos alunos de medicina da PUCSP devem ter bolça da prouni, inclusive os com cada pai ganhando 13 mil reais. (os que conseguem entrar na faculdades de medicina mesmo da PUCSP, provavelmente, os mais "pobres" talvez até sejam os com pais ganhando literalmente isso mesmo).
  • Por outro lado, eu não sei se é uma boa mesmo por outros motivos. Os alunos que estudaram em escolas particulares e depois entram na USP, seus pais JÁ pagaram a faculdade ao pagar impostos quando os filhos estavam no ensino básico, que até aquele momento não usaram na educação. É como se eles tivessem um estoque acumulado, que sinceramente, acho que devem ter o direito de usar. Agora o que poderia haver seria que o que Estado pagasse para a manutenção da faculdade fosse só metade do que paga agora, e aí até poderia haver mensalidades para uma proporção maior de alunos de medicina, mas não que eles tivessem que pagar tudo, pois isso seria irreal em pelo menos 95% das vezes. ,mesmo em se tratando dos que puderam passar no vestibular para medicina numa USP ou PUCSP, outra coisa também é que aluno repetente em mais de 3 matérias (em mais de 2 semestres mesmo que de uma matéria só)deveria ter que pagar integralmente ou perder a vaga.
  • Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Mas a questão não se limita aos cursos de medicina e sim sobre cobrar mensalidades de quem pode pagar em qualquer universidade pois como as vagas são limitadas o pobre acaba subsidiando o ensino do rico.

    Dai entra a questão: Quem é rico?
  • Pobre que ganha 12 k que piada.
  • NadaSei escreveu: »
    Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Exato. Já vi universidade grande não conseguir oferecer curso de medicina graças ao lobby do conselho regional aqui do RS.
    Não espero que uma Uniasselvi consiga oferecer esse tipo de curso com o minimo de qualidade mas o mesmo não se pode dizer de uma instituição como a UNISINOS.

    Mas eu já me consultei com tanto medico BOSTA que não consigo ver motivos para liberar o curso de medicina a distancia.
  • Pobre igual a empregado que ainda necessita trabalhar
    Faculdade a 10000,00 e ainda tem gente que acha salario 4750,00 de enfermeiro alto que deveria ser reduzido pela metade
    para um assalariado conseguir pagar uma escola de 10000,00 teria que ganhar uns 25000,00
    a questão é que brasileiros querem desfrutar apenas do filé sem "ossos", por isso ricos dispensam a pré escola publica e só querem consumir o filé mingnhom das boas universidades publicas.
    Fácil de resolver basta exigir escolaridade publica como pré requisito apara adentrar a universidades publicas, muito justo.
    isto irá reduzir o interesses da classe média pelo ensino publico superior, o que deverá aumentar a oferta do ensino privado.
  • editado May 26
    quem ganha 10000,00 é rico ?
    depois eu que tenho inveja dos ricos, parece que alguém tem inveja dos pobres enfermeiros =)
    quem ganha 10000,0 sustenta o governo isso sim :
    27% IRRF
    14% inss
    dos 50% restante
    iptu icms

  • Lá vem o choro aqui nesse tópico, pobre menino rico.
  • NadaSei escreveu: »
    Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Mas a questão não se limita aos cursos de medicina e sim sobre cobrar mensalidades de quem pode pagar em qualquer universidade pois como as vagas são limitadas o pobre acaba subsidiando o ensino do rico.

    Dai entra a questão: Quem é rico?

    Mas os 12% mais ricos ( a proporção da população que vai na escola privada nos ensinos fundamental e médio, se bem que no sudeste, sul e Goiás-DF a proporção é um pouco maior uns 17% ) JÁ pagou o seu ensino universitário ao não usar a parte para educação dos seus impostos pagos quando o seu filho estava no ensino fundamental e medio e aliais ele continua pagando impostos quando o seu filho está no ensino superior.
  • A verdade e que se continua pagando impostos estudando ou não.
  • CRIATURO escreveu: »
    quem ganha 10000,00 é rico ?
    depois eu que tenho inveja dos ricos, parece que alguém tem inveja dos pobres enfermeiros =)
    quem ganha 10000,0 sustenta o governo isso sim :
    27% IRRF
    14% inss
    dos 50% restante
    iptu icms

    Pobre certamente não se é pobre fazendo parte dos 5% mais ricos do Brasil já que 95% dos brasileiros não tem renda de 10k por mês.

    Os 25k que você quer já te colocam entre os 2% mais ricos, mas imagino que nem isso você considera rico não é mesmo?
  • LaraAS escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Mas a questão não se limita aos cursos de medicina e sim sobre cobrar mensalidades de quem pode pagar em qualquer universidade pois como as vagas são limitadas o pobre acaba subsidiando o ensino do rico.

    Dai entra a questão: Quem é rico?

    Mas os 12% mais ricos ( a proporção da população que vai na escola privada nos ensinos fundamental e médio, se bem que no sudeste, sul e Goiás-DF a proporção é um pouco maior uns 17% ) JÁ pagou o seu ensino universitário ao não usar a parte para educação dos seus impostos pagos quando o seu filho estava no ensino fundamental e medio e aliais ele continua pagando impostos quando o seu filho está no ensino superior.

    Não existe dúvidas de que o rico já pagou pelo ensino, a questão é que o pobre também pagou e não levou.
  • Percival escreveu: »
    A verdade e que se continua pagando impostos estudando ou não.

    Tem gente que acha que é pouco, pergunta pro Criaturo.
  • Percival escreveu: »
    Pobre que ganha 12 k que piada.

    Pois é, eu já vi gente ganhando 15k e 20k e reclamando.
    Rico é sempre o cara que ganha mais do que você.

    É igual saber quem é velho. Pergunte para quem tem 15, 20, 30 e 40 e você irá ouvir respostas bem diferentes, algumas de te tirar gargalhadas.

    O Criaturo mesmo acha que quem faz parte dos 10% mais ricos do Brasil é pobre.
    Fale isso para quem vive de auxílio Brasil e ele vai rir até amanhã.
  • NadaSei escreveu: »
    LaraAS escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Mas a questão não se limita aos cursos de medicina e sim sobre cobrar mensalidades de quem pode pagar em qualquer universidade pois como as vagas são limitadas o pobre acaba subsidiando o ensino do rico.

    Dai entra a questão: Quem é rico?

    Mas os 12% mais ricos ( a proporção da população que vai na escola privada nos ensinos fundamental e médio, se bem que no sudeste, sul e Goiás-DF a proporção é um pouco maior uns 17% ) JÁ pagou o seu ensino universitário ao não usar a parte para educação dos seus impostos pagos quando o seu filho estava no ensino fundamental e medio e aliais ele continua pagando impostos quando o seu filho está no ensino superior.

    Não existe dúvidas de que o rico já pagou pelo ensino, a questão é que o pobre também pagou e não levou.

    É exatamente o oposto, é o rico que não usou o ensino básico, que pagou impostos e não levou e que pagou dobrado. O pobre só pagou uma vez.
  • NadaSei escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    quem ganha 10000,00 é rico ?
    depois eu que tenho inveja dos ricos, parece que alguém tem inveja dos pobres enfermeiros =)
    quem ganha 10000,0 sustenta o governo isso sim :
    27% IRRF
    14% inss
    dos 50% restante
    iptu icms

    Pobre certamente não se é pobre fazendo parte dos 5% mais ricos do Brasil já que 95% dos brasileiros não tem renda de 10k por mês.

    Os 25k que você quer já te colocam entre os 2% mais ricos, mas imagino que nem isso você considera rico não é mesmo?
    claro que não! 15000,00 é para manter o curso de medicina
    10000,00 é renda para sustentar o governo
    brasil salários de 3o mundo com custo de vida de 1o mundo
  • NadaSei escreveu: »
    Percival escreveu: »
    Pobre que ganha 12 k que piada.

    Pois é, eu já vi gente ganhando 15k e 20k e reclamando.
    Rico é sempre o cara que ganha mais do que você.

    É igual saber quem é velho. Pergunte para quem tem 15, 20, 30 e 40 e você irá ouvir respostas bem diferentes, algumas de te tirar gargalhadas.
    O Criaturo mesmo acha que quem faz parte dos 10% mais ricos do Brasil é pobre.
    Fale isso para quem vive de auxílio Brasil e ele vai rir até amanhã.
    voce ta querendo dizer que em terra de cegos quem tem um olho é rei
  • NadaSei escreveu: »
    Percival escreveu: »
    Pobre que ganha 12 k que piada.

    Pois é, eu já vi gente ganhando 15k e 20k e reclamando.
    Rico é sempre o cara que ganha mais do que você.

    É igual saber quem é velho. Pergunte para quem tem 15, 20, 30 e 40 e você irá ouvir respostas bem diferentes, algumas de te tirar gargalhadas.

    O Criaturo mesmo acha que quem faz parte dos 10% mais ricos do Brasil é pobre.
    Fale isso para quem vive de auxílio Brasil e ele vai rir até amanhã.

    Eu recebo auxílio Brasil aqui para complementar a renda porque tô desempregado. Então falo com conhecimento de causa.
  • agradeça ao paulo guelas e vote no bolsonaro
  • LaraAS escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    LaraAS escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    Só não vamos esquecer que o preço atual desses cursos de medicina é o resultado do estado limitar o número de vagas.

    Mas a questão não se limita aos cursos de medicina e sim sobre cobrar mensalidades de quem pode pagar em qualquer universidade pois como as vagas são limitadas o pobre acaba subsidiando o ensino do rico.

    Dai entra a questão: Quem é rico?

    Mas os 12% mais ricos ( a proporção da população que vai na escola privada nos ensinos fundamental e médio, se bem que no sudeste, sul e Goiás-DF a proporção é um pouco maior uns 17% ) JÁ pagou o seu ensino universitário ao não usar a parte para educação dos seus impostos pagos quando o seu filho estava no ensino fundamental e medio e aliais ele continua pagando impostos quando o seu filho está no ensino superior.

    Não existe dúvidas de que o rico já pagou pelo ensino, a questão é que o pobre também pagou e não levou.

    É exatamente o oposto, é o rico que não usou o ensino básico, que pagou impostos e não levou e que pagou dobrado. O pobre só pagou uma vez.

    O rico não usou o ensino basico porque não quis e preferiu pagar pelo particular.
    Ninguém proibe os ricos de usar o ensino público.
    O custo anual por aluno no ensino basico e medio é de 3600 reais por ano.

    O pobre paga pelo ensino superior mais de 10 vezes esse valor, nas federais o ensino superior pela bagatela de 40 mil reais por ano o custo de cada aluno.

    O pobre quer usar o que esta pagando MAS NÃO PODE porque são os ricos quem estão recebendo esses recursos.
  • CRIATURO escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    quem ganha 10000,00 é rico ?
    depois eu que tenho inveja dos ricos, parece que alguém tem inveja dos pobres enfermeiros =)
    quem ganha 10000,0 sustenta o governo isso sim :
    27% IRRF
    14% inss
    dos 50% restante
    iptu icms

    Pobre certamente não se é pobre fazendo parte dos 5% mais ricos do Brasil já que 95% dos brasileiros não tem renda de 10k por mês.

    Os 25k que você quer já te colocam entre os 2% mais ricos, mas imagino que nem isso você considera rico não é mesmo?
    claro que não! 15000,00 é para manter o curso de medicina
    10000,00 é renda para sustentar o governo
    brasil salários de 3o mundo com custo de vida de 1o mundo

    Pois é, você vive na terra da fantasia.
    Faça-nos rir um pouco.
    Quanto precisa ganhar uma pessoa por mês, para que você a considere rica?
  • editado May 26
    Percival escreveu: »
    Eu recebo auxílio Brasil aqui para complementar a renda porque tô desempregado. Então falo com conhecimento de causa.

    Que pena Percival, espero que as coisas melhorem.
    Eu já passei muito perrengue também e sei que 4k é grana pra caramba.
    Quando eu finalmente consegui ganhar esse tipo de grana eu vi claramente como eu podia juntar dinheiro por somente 2 ou 3 meses e comprar coisas super caras a vista.

    As vezes nem isso. Lembro como num mesmo mês peguei o que sobrou do meu salário e comprei um Nintendo 3Ds a vista.
    Eu ganhava pouco mais de 4k nessa época e foi quando eu entendi que eu finalmente não era mais pobre.

    90% dos brasileiros só sabem o que é fazer compras em 12 prestaçõese e era a experiência que eu conhecia até então.

    Claro que existem muitos níveis de riqueza, mas é inegável que quem faz parte do topo da pirâmide e ganha mais do que 90% da população é parte do grupo dos mais ricos da nação.

    O problema é que tem muito filhinho de papai por ai que nunca conheceu o que é pobreza de verdade e acha que mesmo 25k é pouco.

    Teve um ator ai que certamente ganha mais de 60k por mês dizendo que não é parte do topo da pirâmide ainda que esse tipo de renda seja o dobro do necessário para colocar ele no top 1%.

    Pra ele 60k não é ser rico...
  • Por que nessas discussões com o Criaturo sobre riqueza eu fico com a impressão de que ele é funcionário público?
  • CRIATURO escreveu: »
    agradeça ao paulo guelas e vote no bolsonaro

    Agradeço a ele a ao Bobosauro mesmo, mas pricipalmente a chimpas como você que endossam esse tipo de pensamento que cria esse cenário.
    NadaSei escreveu: »
    Percival escreveu: »
    Eu recebo auxílio Brasil aqui para complementar a renda porque tô desempregado. Então falo com conhecimento de causa.

    Que pena Percival, espero que as coisas melhorem.
    Eu já passei muito perrengue também e sei que 4k é grana pra caramba.
    Quando eu finalmente consegui ganhar esse tipo de grana eu vi claramente como eu podia juntar dinheiro por somente 2 ou 3 meses e comprar coisas super caras a vista.

    As vezes nem isso. Lembro como num mesmo mês peguei o que sobrou do meu salário e comprei um Nintendo 3Ds a vista.
    Eu ganhava pouco mais de 4k nessa época e foi quando eu entendi que eu finalmente não era mais pobre.

    90% dos brasileiros só sabem o que é fazer compras em 12 prestaçõese e era a experiência que eu conhecia até então.

    Claro que existem muitos níveis de riqueza, mas é inegável que quem faz parte do topo da pirâmide e ganha mais do que 90% da população é parte do grupo dos mais ricos da nação.

    O problema é que tem muito filhinho de papai por ai que nunca conheceu o que é pobreza de verdade e acha que mesmo 25k é pouco.

    Teve um ator ai que certamente ganha mais de 60k por mês dizendo que não é parte do topo da pirâmide ainda que esse tipo de renda seja o dobro do necessário para colocar ele no top 1%.

    Pra ele 60k não é ser rico...

    É esse tipo de pensamento que eu crio, mas como eu sou um cara que tomo praticamente conta de uma casa sozinho é muito difícil guardar algo, mas felizmente tenho incentivado minha mulher e eu também estava juntando. O problema é que devido a um caso de uma tutela antecipada malfeita por um advogado e a jornada jurídica que eu passei tive minhas contas bloqueadas.

    Me deu tanto ódio aqui isso tudo que tô passando.

  • NadaSei escreveu: »
    Por que nessas discussões com o Criaturo sobre riqueza eu fico com a impressão de que ele é funcionário público?

    Tem um pezinho lá mesmo.
  • Sim, eu lembro de você contar essa história absurda que te deixou devendo 100k.

    Uma advogada garantiu antecipadamente acesso a recursos de algum direito que você tinha, se não me engano por causa do seu pai, dai a justiça terminou determinando que você não tinha direito e precisava devolver os valores não é isso?

    Já a advogada que sabia que isso poderia acontecer, aposto que levou uma porcentagem em honorários e não deve nada a ninguém.
  • NadaSei escreveu: »
    Por que nessas discussões com o Criaturo sobre riqueza eu fico com a impressão de que ele é funcionário público?

    Chegou primeiro KKKK.

    Meu voto é SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM.
  • NadaSei escreveu: »
    Sim, eu lembro de você contar essa história absurda que te deixou devendo 100k.

    Uma advogada garantiu antecipadamente acesso a recursos de algum direito que você tinha, se não me engano por causa do seu pai, dai a justiça terminou determinando que você não tinha direito e precisava devolver os valores não é isso?

    Já a advogada que sabia que isso poderia acontecer, aposto que levou uma porcentagem em honorários e não deve nada a ninguém.

    Sim até verifiquei as condições desse pagamento, eu até estava tranquilo quando mantive contas zeradas. Só que esse ano com minha demissão deixei uns valores irrisórios em uma conta na outra eram os lucros das vendas na shopee que somavam 220 reais. Mas foi no final do mês de abril que sentimos aperto porque uma das contas era dinheiro para compras.
  • Judas escreveu: »
    NadaSei escreveu: »
    Por que nessas discussões com o Criaturo sobre riqueza eu fico com a impressão de que ele é funcionário público?

    Chegou primeiro KKKK.

    Meu voto é SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM.

    Claro que e, tenho um colega de escola que e do meio e e igualzinho a ele
  • editado May 26
    O Criaturo tem todos os comportamentos que se vê em funcionários públicos.
    Eu me baseio em uma teoria de administração relativa à motivação de funcionários.
    É a Teoria dos Dois Fatores de Herzberg.

    Para o que interessa aqui ele explica que o salário mais alto, o dinheiro em si, não é fator motivacional.

    Ele descreve o salários como um dos fatores higiênicos que seriam responsáveis não pela satisfação mas apenas pela NÃO Insatisfação

    Ele explica que o dinheiro só motiva instantaneamente e que pouco tempo após o aumento do salário o funcionário está desmotivado de novo.
    Pra Herzberg o que motiva é o gosto pela profissão, a sensação de que seu trabalho faz a diferença, a autorrealização profissional, a vontade de ser o melhor.

    E isso é muito visível em funcionários públicos que fazem tarefas maçantes, tipo ganhar 3500 reais por mês pra bater carimbos.
    Isso no longo prazo é devastador pra motivação e uma pessoa assim realmente ficaria infeliz mesmo se ganhasse 4 mil por mês.
    Com o tempo a sensação de ser inútil e de não estar progredindo na vida profissional vem, e junto disso a insatisfação.

    Aqui os fatores da seta azul são os que motivam e conduzem a satisfação profissional, é apenas por eles que se chegaria a SATISFAÇÃO.
    Já os em vermelho quando atendidos geram no máximo a não insatisfação .
    60333427_433489840761546_1086269878530211840_n.png?_nc_cat=100&ccb=1-7&_nc_sid=730e14&_nc_ohc=fK-7c73AeTcAX-C7MNE&_nc_ht=scontent.fplu9-1.fna&oh=00_AT9p8CdpuJxFUy0Ko7TM_Qk3o74bSlahQWcIkj9j6bCSiQ&oe=62B54DA1


Entre ou Registre-se para fazer um comentário.