Experiências de Quase Morte - EQM

1235789

Comentários

  • editado January 2020
    CRIATURO disse:
    Senhor disse: Outra coisa, de todo jeito, que garante a partir de qual situação de privação fisiológica os pensamentos as faculdades cognitivas passam a expessar essa ou aquela condição cognitiva(maior ou menor ordenação/clareza de pensamentos)? Tudo isso tá mais pra sacação que qualquer outra coisa.

    interessante pessoas diferentes que fazem uso de diferentes drogas , possuem comportamentos e visões diferentes.
    não estranha que os relatos de EQMs sejam coerentemente parecidos?
    Por que são de natureza memética, como estórias de lobisomens(lobismulheres, lobistransmasculinos, lobistransfemininos), chupacabras(ou chupabodes), abduções por ETs, etc..

    O fato de haver uma coerência depõe justamente contra! Já experiências com drogas simplesmente são reais.


  • Senhor disse:
    CRIATURO disse:
    Senhor disse: Outra coisa, de todo jeito, que garante a partir de qual situação de privação fisiológica os pensamentos as faculdades cognitivas passam a expessar essa ou aquela condição cognitiva(maior ou menor ordenação/clareza de pensamentos)? Tudo isso tá mais pra sacação que qualquer outra coisa.

    interessante pessoas diferentes que fazem uso de diferentes drogas , possuem comportamentos e visões diferentes.
    não estranha que os relatos de EQMs sejam coerentemente parecidos?
    Por que são de natureza memética, como estórias de lobisomens(lobismulheres, lobistransmasculinos, lobistransfemininos), chupacabras(ou chupabodes), abduções por ETs, etc..

    O fato de haver uma coerência depõe justamente contra! Já experiências com drogas simplesmente são reais.


    não estranha que céticos ja passaram por EQMs semelhantes?
  • editado January 2020
    CRIATURO disse:
    Senhor disse:
    CRIATURO disse:
    Senhor disse: Outra coisa, de todo jeito, que garante a partir de qual situação de privação fisiológica os pensamentos as faculdades cognitivas passam a expessar essa ou aquela condição cognitiva(maior ou menor ordenação/clareza de pensamentos)? Tudo isso tá mais pra sacação que qualquer outra coisa.

    interessante pessoas diferentes que fazem uso de diferentes drogas , possuem comportamentos e visões diferentes.
    não estranha que os relatos de EQMs sejam coerentemente parecidos?
    Por que são de natureza memética, como estórias de lobisomens(lobismulheres, lobistransmasculinos, lobistransfemininos), chupacabras(ou chupabodes), abduções por ETs, etc..

    O fato de haver uma coerência depõe justamente contra! Já experiências com drogas simplesmente são reais.


    não estranha que céticos ja passaram por EQMs semelhantes?
    Se o cara diz que é uma coisa praticando outra então ele não é o que afirma ser.


  • Senhor disse:
    CRIATURO disse:
    Senhor disse:
    CRIATURO disse:
    Senhor disse: Outra coisa, de todo jeito, que garante a partir de qual situação de privação fisiológica os pensamentos as faculdades cognitivas passam a expessar essa ou aquela condição cognitiva(maior ou menor ordenação/clareza de pensamentos)? Tudo isso tá mais pra sacação que qualquer outra coisa.

    interessante pessoas diferentes que fazem uso de diferentes drogas , possuem comportamentos e visões diferentes.
    não estranha que os relatos de EQMs sejam coerentemente parecidos?
    Por que são de natureza memética, como estórias de lobisomens(lobismulheres, lobistransmasculinos, lobistransfemininos), chupacabras(ou chupabodes), abduções por ETs, etc..

    O fato de haver uma coerência depõe justamente contra! Já experiências com drogas simplesmente são reais.


    não estranha que céticos ja passaram por EQMs semelhantes?
    Se o cara diz que é uma coisa praticando outra então ele não é o que afirma ser.


    ok neste caso quando estiver morto aja o que houver, vendo o que ver continue se fazendo de morto só para provar a si mesmo que tinha e continuará tendo razão até depois de morto!
    Entendeu se morrer e houver continuação da vida continue morto só para provar que estava certo o tempo todo!
    Eu acho que voce é crente só não quer dar o braço a torcer ou então gosta de ficar medindo a fé alheia!

  • editado January 2020
    Saudações Senhor


    O Senhor esqueceu de responder uma questão minha na pág. 4.


    Então...


    Em 1991, aos 35 anos de idade, teve uma experiência de quase-morte (EQM) durante uma cirurgia cerebral.
    Esta EQM é uma das mais notáveis e bem documentadas existentes, sendo comumente considerada por pesquisadores de EQMs como uma prova ou evidência da sobrevivência da consciência humana após a morte física.

    Diagnóstico e operação

    Reynolds relatou a seu médico que ela estava com sintomas de tonturas, perda da fala e dificuldade em movimentar partes de seu corpo. O médico a encaminhou para um neurologista e uma tomografia revelou mais tarde que Reynolds tinha um grande aneurisma no cérebro dela, perto do tronco cerebral. Por causa da situação difícil do aneurisma, foi previsto que havia poucas chances de sobrevivência.

    Como último recurso, o Dr. Robert F. Spetzler - um neurocirurgião altamente qualificado do Instituto Neurológico Barrow, em Phoenix, Arizona - decidiu que um procedimento cirúrgico único e raramente executado, conhecido como parada cardíaca hipotérmica, era necessário para melhorar o resultado da Pam.

    Durante este procedimento, também conhecido como uma operação de imobilização, a temperatura do corpo de Pam foi baixada para 60 ° F (16 ° C), a respiração e os batimentos cardíacos parados, e o sangue drenado da cabeça. Seus olhos estavam fechados com fita adesiva e tampões pequenos para os ouvidos com alto-falantes foram colocados em seus ouvidos. Esses alto-falantes emitiam cliques audíveis que foram utilizados para verificar a função do tronco cerebral para garantir que ela tinha um EEG pleno antes da operação prosseguir.


    A operação foi um sucesso e Reynolds recuperou-se completamente.

    EQM parte 1

    Durante a operação, antes dela ser posta em paragem cardíaca, Reynolds disse ter ouvido um som como um natural 'D'.

    O som parecia puxá-la para fora de seu corpo.

    Ela relatou ficar flutuando na sala de cirurgia e assistindo os médicos realizando a operação. Sentia-se mais consciente do que o normal e sua visão era mais focada e mais clara do que a visão normal. Ela fez várias observações neste estado, por exemplo: ela notou o médico usando uma furadeira para abrir seu crânio. Surpreendeu-lhe que parecia uma escova de dentes elétrica, não como uma serra como ela espera. Mais tarde é confirmado que a broca utilizada pelo médico foi semelhante em aparência a uma escova de dentes elétrica.

    Ela ouviu uma voz feminina dizer: "Nós temos um problema. Suas artérias são muito pequenas." E mais tarde confirmou que os médicos primeiro tentaram ligar a máquina de circulação extracorpórea pela perna direita. Mas as artérias eram tão pequena que eles mudaram para a perna esquerda.

    Estes exemplos parecem mostrar que ela foi capaz de ver e ouvir durante a operação.

    EQM parte 2

    Em algum momento durante a operação, ela notou uma presença. Em seguida, ela foi puxada para uma luz. Quando ela se aproximou a luz se tornou muito brilhante. Ela começou a observar muitas pessoas em meio à luz, incluindo sua avó, um tio, outros parentes falecidos e pessoas desconhecidas para ela.

    Quanto mais tempo ela estava lá, mais desfrutava. Mas em algum ponto do tempo ela se lembrou que tinha que voltar. Seu tio a trouxe de volta ao seu corpo. Quando ela olhou para seu corpo, ela não queria ir para dentro, seu tio tentou persuadi-la, mas ela continuava recusando. Então ela viu seu corpo fazendo um salto (causada pelo desfibrilação para iniciar seu coração). O tio deu-lhe um empurrão e ela estava de volta em seu corpo. Reynolds percebeu que a sensação de voltar para o seu corpo era como a de pular na água gelada.


    https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Pam_Reynolds


    Como uma pessoa que teve todo o sangue do cérebro drenado para a cirurgia pôde ter consciência e mais...

    Consciência estruturada ?


    Qualquer coisa que o Senhor ou os demais contrários falarem agora...

    Primeiro me respondam a este enigma...


    Um cérebro totalmente drenado o sangue, mesmo assim, conseguiu permanecer consciente e com estruturação de eventos relatados e confirmados ?


    Só depois dessa resposta podemos continuar a discussão, se não...


    Melhor pararem... Começa a ficar feio...rs



    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Silvana disse: Saudações Senhor


    O Senhor esqueceu de responder uma questão minha na pág. 4.


    Então...


    Em 1991, aos 35 anos de idade, teve uma experiência de quase-morte (EQM) durante uma cirurgia cerebral.
    Esta EQM é uma das mais notáveis e bem documentadas existentes, sendo comumente considerada por pesquisadores de EQMs como uma prova ou evidência da sobrevivência da consciência humana após a morte física.

    Diagnóstico e operação

    Reynolds relatou a seu médico que ela estava com sintomas de tonturas, perda da fala e dificuldade em movimentar partes de seu corpo. O médico a encaminhou para um neurologista e uma tomografia revelou mais tarde que Reynolds tinha um grande aneurisma no cérebro dela, perto do tronco cerebral. Por causa da situação difícil do aneurisma, foi previsto que havia poucas chances de sobrevivência.

    Como último recurso, o Dr. Robert F. Spetzler - um neurocirurgião altamente qualificado do Instituto Neurológico Barrow, em Phoenix, Arizona - decidiu que um procedimento cirúrgico único e raramente executado, conhecido como parada cardíaca hipotérmica, era necessário para melhorar o resultado da Pam.

    Durante este procedimento, também conhecido como uma operação de imobilização, a temperatura do corpo de Pam foi baixada para 60 ° F (16 ° C), a respiração e os batimentos cardíacos parados, e o sangue drenado da cabeça. Seus olhos estavam fechados com fita adesiva e tampões pequenos para os ouvidos com alto-falantes foram colocados em seus ouvidos. Esses alto-falantes emitiam cliques audíveis que foram utilizados para verificar a função do tronco cerebral para garantir que ela tinha um EEG pleno antes da operação prosseguir.


    A operação foi um sucesso e Reynolds recuperou-se completamente.

    EQM parte 1

    Durante a operação, antes dela ser posta em paragem cardíaca, Reynolds disse ter ouvido um som como um natural 'D'.

    O som parecia puxá-la para fora de seu corpo.

    Ela relatou ficar flutuando na sala de cirurgia e assistindo os médicos realizando a operação. Sentia-se mais consciente do que o normal e sua visão era mais focada e mais clara do que a visão normal. Ela fez várias observações neste estado, por exemplo: ela notou o médico usando uma furadeira para abrir seu crânio. Surpreendeu-lhe que parecia uma escova de dentes elétrica, não como uma serra como ela espera. Mais tarde é confirmado que a broca utilizada pelo médico foi semelhante em aparência a uma escova de dentes elétrica.

    Ela ouviu uma voz feminina dizer: "Nós temos um problema. Suas artérias são muito pequenas." E mais tarde confirmou que os médicos primeiro tentaram ligar a máquina de circulação extracorpórea pela perna direita. Mas as artérias eram tão pequena que eles mudaram para a perna esquerda.

    Estes exemplos parecem mostrar que ela foi capaz de ver e ouvir durante a operação.

    EQM parte 2

    Em algum momento durante a operação, ela notou uma presença. Em seguida, ela foi puxada para uma luz. Quando ela se aproximou a luz se tornou muito brilhante. Ela começou a observar muitas pessoas em meio à luz, incluindo sua avó, um tio, outros parentes falecidos e pessoas desconhecidas para ela.

    Quanto mais tempo ela estava lá, mais desfrutava. Mas em algum ponto do tempo ela se lembrou que tinha que voltar. Seu tio a trouxe de volta ao seu corpo. Quando ela olhou para seu corpo, ela não queria ir para dentro, seu tio tentou persuadi-la, mas ela continuava recusando. Então ela viu seu corpo fazendo um salto (causada pelo desfibrilação para iniciar seu coração). O tio deu-lhe um empurrão e ela estava de volta em seu corpo. Reynolds percebeu que a sensação de voltar para o seu corpo era como a de pular na água gelada.


    https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Pam_Reynolds


    Como uma pessoa que teve todo o sangue do cérebro drenado para a cirurgia pôde ter consciência e mais...

    Consciência estruturada ?


    Qualquer coisa que o Senhor ou os demais contrários falarem agora...

    Primeiro me respondam a este enigma...


    Um cérebro totalmente drenado o sangue, mesmo assim, conseguiu permanecer consciente e com estruturação de eventos relatados e confirmados ?


    Só depois dessa resposta podemos continuar a discussão, se não...


    Melhor pararem... Começa a ficar feio...rs



    [Fraternos]
    Primeiro precisa dizer qual relação entre
    cereblo drenado e tal e tal evento. Talvez se queira considerar antes de mais nada se é possivel um celebro totalmente drenado sem que micro artérias na falta de sangue para insulflá-las simplesmente ressequem ou se colem irremediavelmente matando áreas inteiras do celeblo inclusive por falta de oxigenação. É um tanto de perguntas que mesmo fazê-las teria o condão de produzir o Efeito Criaturo de
    cogitar da possibilidade de coisas estultas por excelência, algo como empoderar o bobo.
  • editado January 2020
    Saudações Senhor


    Durante este procedimento, também conhecido como uma

    operação de imobilização,

    a temperatura do corpo de Pam foi baixada para 60 ° F (16 ° C),

    respiração e os batimentos cardíacos parados, e o sangue drenado da cabeça.

    Seus olhos estavam fechados com fita adesiva e tampões pequenos para os ouvidos com alto-falantes foram colocados em seus ouvidos. Esses alto-falantes emitiam cliques audíveis que foram utilizados para verificar a função do tronco cerebral


    Para garantir que ela tinha um EEG pleno antes da operação prosseguir.


    Senhor as respostas estão todas no texto acima.

    Drenagem por sucção para minimizar a circulação do sangue periférico, já que houve uma imobilização, ou seja, respiração e batimentos cardíacos parados.

    O controle da temperatura auxiliou a minimizar os efeitos dos fluídos corpóreos e sua deteriorização...

    O EEG monitorando o estado latente dos sentidos...

    O que mais... Deixa eu vêr...

    Ah, sim...

    O sangue armazenado nas micro-estruturas da massa encefáluca, para manter irrigado essas micro estruturas (claro), e mais sem respiração (suspensão da troca gasosa e circulação), e mais a ausência do bombeamento cardíaco (minimizando o deficit do gasto energético do retorno}.

    O que teremos... Suspensão das atividades cerebrais de forma mecânica monitorada...

    Senhor, nesse caso ela tinha a consciência suprimida...

    O que reforça mais ainda a expansão da consciência fora do corpo... E isso pode demonstrar sim, que existe consciência e vida extra corpórea.



    [Frraternos]
  • Silvana disse: Saudações Senhor


    Durante este procedimento, também conhecido como uma

    operação de imobilização,

    a temperatura do corpo de Pam foi baixada para 60 ° F (16 ° C),

    respiração e os batimentos cardíacos parados, e o sangue drenado da cabeça.

    Seus olhos estavam fechados com fita adesiva e tampões pequenos para os ouvidos com alto-falantes foram colocados em seus ouvidos. Esses alto-falantes emitiam cliques audíveis que foram utilizados para verificar a função do tronco cerebral


    Para garantir que ela tinha um EEG pleno antes da operação prosseguir.


    Senhor as respostas estão todas no texto acima.

    Drenagem por sucção para minimizar a circulação do sangue periférico, já que houve uma imobilização, ou seja, respiração e batimentos cardíacos parados.

    O controle da temperatura auxiliou a minimizar os efeitos dos fluídos corpóreos e sua deteriorização...

    O EEG monitorando o estado latente dos sentidos...

    O que mais... Deixa eu vêr...

    Ah, sim...

    O sangue armazenado nas micro-estruturas da massa encefáluca, para manter irrigado essas micro estruturas (claro), e mais sem respiração (suspensão da troca gasosa e circulação), e mais a ausência do bombeamento cardíaco (minimizando o deficit do gasto energético do retorno}.

    O que teremos... Suspensão das atividades cerebrais de forma mecânica monitorada...

    Senhor, nesse caso ela tinha a consciência suprimida...

    O que reforça mais ainda a expansão da consciência fora do corpo... E isso pode demonstrar sim, que existe consciência e vida extra corpórea.



    [Frraternos]
    Informalmente o que eu digo é só que estou vendo questionamentos simples sendo escamoteados como se fossem ditas outras coisas. O que acontece e que há um crescente de cada vez mais assuncões sem qualquer respaldo factual se acumukando. Formalmente sugeriria, tamanhas são as assuncões sem respaldo que delas não se considerasse questionar meramente parágrafos, nem mesmo frases mas palavra por palavra por que isso virou angú de caroço!

    Era bom pesquisar cada assunção a ver cada comentário sobre ela e todas mais de cada estudioso cientifico para ver se salva pelo menos alguma poesia da coisa.


  • editado January 2020
    Perguntas básicas sobre qualquer relato se EQM; quem faz o relato, quando, onde e como. Quem são as pessoas envolvidas, a credibilidade e o histórico delas, etc..
  • editado January 2020
    A coisa com relação a considerações desde interpretações sobre determinados conceitos como consciência(só pra começar!), por exemplo, ligar os pontinhos, tá igual a tópicos sobre espiritismo onde o básico do básico, que é estabelecer factualmente o que é espirito, o que é sempre escamoteado.
  • editado January 2020
    Saudações Senhor


    Senhor disse:
    frases mas palavra por palavra por que isso virou angú de caroço!

    Hahaha

    Sei...

    O que percebo de sua parte são palavras vazias.

    O mesmo vazio discurso de sempre... Emsaia um texto crítico com ar de minimização oda a explicação dada...

    Não se deu ao trabalho nem de questionar se o sangue residual presente no cérebro servíria como base para a manutenção da consciência e da atividade cerebral para sonhos lúcidos... rs

    Percebeu como vazio foi seu discurso ?

    Quando seu debatedor precisa destacar o possível erro do enunciado...

    Claro que somente drenar o sangue para uma cirurgia o que se faz é minimizar o fluxo, porém de todo os fluídos sanguíneos não poderiam ser de todo descartados.

    A ciência vai avançar e creio que as EQMs serão casa vez menos tabus.


    [Fraternos]
  • tenho pra mim que o senhor ja esta a caducar...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  • Já foi citado aqui: um médico, o dr. Raymond Moody Jr, após inúmeras experiências com pacientes terminais, escreve um livro, "Vida Após a Vida" e no seu prefácio esclarece não ser pessoa religiosa, mas ter se surpreendido com o padrão característico dos fatos narrados por seus pacientes.
    Vale conferir.
  • editado January 2020
    Surgery in which a patient's blood is completely drained from their body
    they cool the patient’s body from the normal 37 degrees to just 20 degrees.
    At this cooler temperature the brain function slows down and so the brain can survive for twenty minutes. But after 20 minutes, the surgeon must stop his work and allow the patient to have their blood returned to their body and then warmed up, so that the brain can receive vital oxygen.
  • editado January 2020
    patolino disse: Já foi citado aqui: um médico, o dr. Raymond Moody Jr, após inúmeras experiências com pacientes terminais, escreve um livro, "Vida Após a Vida" e no seu prefácio esclarece não ser pessoa religiosa, mas ter se surpreendido com o padrão característico dos fatos narrados por seus pacientes.
    Vale conferir.
    Mesmo que o titulo do livro seja um bait, alguém dizer que não é religioso mas se surpreender com X... Francamente.


  • O sono REM que é uma parte do sono em que ocorreriam os sonhos(mais vívidos) ocorre em ciclos de 90 minutos. A considerar que isso acontece desde uma integridade fisiológica mínima, absolutamente questionável de ocorrer em 20 minutos e sob severa falta de irrigação por drenagem sanguínea pressupõe que muitos elementos extraordinários estão presentes para se tirar qualquer conclusão extraordinaria sobre questões envolvendo a cognição.
  • Saudações Patolino


    Patolino disse:
    Já foi citado aqui: um médico, o dr. Raymond Moody Jr, após inúmeras experiências com pacientes terminais, escreve um livro, "Vida Após a Vida".

    Oi Patolino, vou procurar a indicação. Obrigada !



    [Fraternos]
  • editado January 2020
    Saudações Criaturo

    Criaturo disse:
    tenho pra mim que o senhor ja esta a caducar...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Criaturo, concordo com vc... Mais até eu acho que li uma coisa e agora não achei mais nos posts dele.

    Tenho para mim que tinha lido antes ter sido comparada a uma teimosa menina de 5 anos.

    Daí volto e não vejo mais a tal menina de 5anos.

    Cadê ? Cresceu e agora está com 50 ?!

    Hahaha


    [Fraternos]
  • Saudações Gorducho

    Gorducho disse:

    they cool the patient’s body from the normal 37 degrees to just 20 degrees.
    At this cooler temperature the brain function slows down and so the brain can survive for twenty minutes. But after 20 minutes, the surgeon must stop his work and allow the patient to have their blood returned to their body and then warmed up, so that the brain can receive vital oxygen.


    Gorducho, o tempo da operação e mais a questão da oxigenação e aquecimento no retorno do sangue so cérebro, não garante uma fluidez da consciência.

    Mesmo em 30m.do retorno do sangue, não explicaria todos os relatos de todos os detalhes do tempo drenado mencionados pela pacientes...

    Compreende ?

    A consciência necessita de um fluxo de ordenação das informações... A paciente (Pam), teria falhas nos relatos após o término da cirurgia.

    Destaque do Link:
    Mas, sem o sangue fluir, o cérebro do paciente não recebe oxigênio e, em circunstâncias normais, ocorre dano cerebral após apenas dois minutos sem oxigênio. Para dar à equipe uma janela mais longa para operar, eles dão outro passo notável: esfriam o corpo do paciente dos 37 graus normais para apenas 20 graus.

    A essa temperatura mais baixa, a função cerebral diminui e, portanto, o cérebro pode sobreviver por vinte minutos. Porém, após 20 minutos, o cirurgião deve interromper seu trabalho e permitir que o paciente devolva o sangue ao corpo e depois se aqueça, para que o cérebro possa receber oxigênio vital. Após cerca de meia hora, todo o procedimento pode ser repetido para permitir que a cirurgia minuciosa continue.

    A cirurgia dura muitas horas e, nesse período, a equipe precisa drenar o sangue do paciente repetidamente para dar tempo suficiente para remover o material fibroso. Porém, uma vez removido o coágulo, o paciente poderá se recuperar completamente e voltar à vida normal.

    https://www.bbc.co.uk/programmes/articles/2fp7d5ldppZgr7JnQWdNdL4/surgery-in-which-a-patients-blood-is-completely-drained-from-their-body


    [Fraternos]
  • Saudações Senhor


    Senhor disse:
    O sono REM que é uma parte do sono em que ocorreriam os sonhos(mais vívidos) ocorre em ciclos de 90 minutos. A considerar que isso acontece desde uma integridade fisiológica mínima, absolutamente questionável de ocorrer em 20 minutos e sob severa falta de irrigação por drenagem sanguínea pressupõe que muitos elementos extraordinários estão presentes para se tirar qualquer conclusão extraordinaria sobre questões envolvendo a cognição.

    Sim. Um cérebro é como um servidor de computadores... Desligue e ao religar o mesmo terá um tempo para voltar ao seu pleno funcionamento...


    Por isso afirmo... Tanto os pilotos de caça e suas centrifugas (treinamento), quanto comas profundos, e EQMs, são todos eventos de APAGÕES NO SISTEMA.

    Justifica afirmar que relatos como os que ocorrem dessas experiências e na grande maioria sempre os mesmos relatos pode significar expansão da consciência...

    Ou seja, a consciência experimentou experiências extrassensoriais (permitam-me)... Não precisou do cérebro para tal fato.



    [Fraternos]
  • Experiências de quase derramamento de água...
  • Mesmo tendo pontos em comum cada narrativa apresenta diferenças marcantes. Dá a entender que o indivíduo, ou o seu psiquismo, interfere na dinâmica do acontecimento.
  • patolino escreveu: »
    Mesmo tendo pontos em comum cada narrativa apresenta diferenças marcantes. Dá a entender que o indivíduo, ou o seu psiquismo, interfere na dinâmica do acontecimento.
    patolino escreveu: »
    Mesmo tendo pontos em comum cada narrativa apresenta diferenças marcantes. Dá a entender que o indivíduo, ou o seu psiquismo, interfere na dinâmica do acontecimento.

    Concordo 100%
  • editado July 2020
    😒Tisc tisc tisc...
  • Essas coisas dão muito o que pensar.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.