Notícias E Variedades.

11617181921

Comentários

  • editado July 7
    Diante da cizânia interna no governo, Renato Feder declinou do convite para ser ministro da Educação. Parecia ser um bom nome, inclusive o cientista político Fernando Schuller teceu comentarios elogiosos a Feder. Schuller queria Feder. No que muita gente concordaria . Talvez fosse mesmo um bom candidato.
  • Senhor escreveu: »
    Diante da cizânia interna no governo, Renato Feder de libou do convite para ser ministro da Educação. Parecia ser um bom nome, inclusive o cientista político Fernando Schuller teceu comentarios elogiosos a Feder. Schuller queria Feder. No que muita gente concordaria . Talvez fosse mesmo um bom candidato.
    A esquerda o criticou por defender a privatização das universidade públicas.
  • editado July 7
    Fernando_Silva escreveu: »
    Senhor escreveu: »
    Diante da cizânia interna no governo, Renato Feder de libou do convite para ser ministro da Educação. Parecia ser um bom nome, inclusive o cientista político Fernando Schuller teceu comentarios elogiosos a Feder. Schuller queria Feder. No que muita gente concordaria . Talvez fosse mesmo um bom candidato.
    A esquerda o criticou por defender a privatização das universidade públicas.
    Deveriam deixá-lo implementar essa idéia. As universidades tem se tornado verdadeiros antros ideológicos.

    A ideia de vaucheres é muito mais moderna que essa coisa de Estado proprietário de todo ciclo educacional.
  • editado July 11
    Articulação do T-800.

  • Acelerador de partículas
    Superlaboratório em SP faz primeiras imagens do coronavírus.

    Local passa a oferecer estrutura para ajudar no conhecimento sobre a Covid-19.
    https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2020/07/11/sirius-faz-primeiras-imagens-do-coronavirus-e-reforca-ciencia-no-combate-a-doenca.ghtml
  • A inusitada tensegridade



  • Queda do nível de NO2 (dióxido de nitrogênio) na atmosfera entre 2019 e 2020 devido ao confinamento:
    MzY1MTcxMg.gif

    MzY1MTcxNA.gif

    https://spectrum.ieee.org/news-from-around-ieee/the-institute/ieee-member-news/covid19s-effect-on-air-quality-can-be-seen-from-space
  • Mais inusitado

  • Calor na Sibéria e no Ártico seria 'praticamente impossível' sem aquecimento induzido pelo homem, diz estudo

    Verão no Polo Norte registra temperatura de 38 graus; Região russa tem picos de incêndio, enquanto solo gelado e libera gases de efeito estufa

    O Globo 15/07/2020

    Nos últimos seis meses, a Sibéria registrou temperaturas consideradas amenas para a região. No Ártico, por sua vez, os termômetros bateram 38 graus Celsius em junho. As mudanças em áreas tradicionalmente gélidas foram analisadas em um estudo divulgado esta quarta-feira pelo projeto World WeatherAttribution. Estes eventos seriam praticamente impossíveis se não houvesse o aquecimento global induzido pelo homem, segundo reportagem do "Washington Post".

    O levantamento foi feito através de uma colaboração de várias instituições na França, Alemanha, Holanda, Rússia, Suíça e Reino Unido. A partir da análise do pico de incêndios na Sibéria e no Ártico, os cientistas concluíram que estes eventos seriam 600 vezes mais prováveis na presença do aquecimento global induzido pelo homem, comparada à possiiblidade de que acontecessem sem qualquer interferência humana no meio ambiente.

    A análise mostra que os seis meses de temperaturas muito acima da média na região ocorreriam menos de uma vez em 80 mil anos sem as mudanças climáticas causadas pelo homem.
    [...]
    As temperaturas prolongadas e extraordinariamente amenas na Sibéria estão tendo impactos claros nos ecossistemas, nos assentamentos humanos e até no próprio clima. Os incêndios no Ártico começaram extraordinariamente cedo este ano por causa das condições quentes e secas na Sibérias. Tais incêndios aumentaram o aquecimento global, emitindo dióxido de carbono e fuligem e desestabilizaram o solo gelado, liberando antigas reservas de dióxido de carbono e metano.
    https://oglobo.globo.com/sociedade/sustentabilidade/calor-na-siberia-no-artico-seria-praticamente-impossivel-sem-aquecimento-induzido-pelo-homem-diz-estudo-24534546
  • editado July 16
    Imagem para masturbação mental6ar26zsjjva51.jpg

    Garoto do carrinho traz roupas doadas por sua empresa para colegas favelados praticarem esportes
  • Interpreto fotos assim como uma tentativa de me fazer sentir culpado sem saber exatamente por quê.
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Interpreto fotos assim como uma tentativa de me fazer sentir culpado sem saber exatamente por quê.
    Retórica pictórica(esquerdalha vazia, pra variar), atentando à aquela maxima de uma imagem valer por mil palavras, nesse caso palavras masturbatórias...

  • Que piração, as vezes o galo do vizinho parece cantar "socoooooooooooooooorrrrrooooo".
  • Primeiros humanos teriam chegado à América do Norte 15 mil anos antes do que se pensava

    Ferramentas de pedra entalhada evidenciam ocupação humana na caverna de Chiquihuite, no norte do México, há mais de 33 mil anos

    O Globo com agências internacionais 23/07/2020

    xChiquihuite.jpg.pagespeed.ic.zOOuwtVWoq.jpg

    A ocupação das Américas pelos primeiros humanos é um dos temas mais complexos da história de nossa espécie, mas também um dos que têm maior potencial de revelar a essência dos homens. Dois estudos arqueológicos publicados nesta quarta-feira (22) na revista “Nature” trazem ainda mais respostas, e questionamentos, sobre este processo.

    Ferramentas encontradas em uma caverna no norte do México evidenciam que os humanos viviam na América do Norte há mais de 30 mil anos, ou seja, 15 mil anos antes do que se pensava.

    As amostras encontradas, entre elas 1.900 ferramentas de pedra entalhada, evidenciam uma ocupação humana na caverna de Chiquihuite, no norte do México, com 33 mil anos e que durou 20 mil anos, destacam dois estudos publicados na revista Nature.

    Os primeiros humanos nas Américas vieram do leste da Ásia, mas ainda não se sabe quando começaram a chegar. Alguns pesquisadores pensam que isso poderia ter acontecido há mais de 100 mil anos.

    Desde 2012, uma equipe liderada por Ciprian Ardelean, da Universidade Autônoma de Zacatecas, no México, escava a caverna Chiquihuite, que fica a 2.740 metros acima do nível do mar nas montanhas Astillero do país. O grupo aponta o local como um possível abrigo durante tempestades no auge da Era Glacial, 26 mil anos atrás.

    Teoria Clovis contestada

    Por décadas, a teoria mais aceita foi a de um povoamento de 13 mil anos, correspondente ao chamado período Clovis, muito considerada pela cultura americana.

    Evidências arqueológicas — incluindo pontas de lança especialmente projetadas para matar mamutes e outros animais — sugeriram que essa população se expandiu pela América do Norte.

    Essa teoria é questionada há 20 anos, com novas descobertas que colocaram o período dos primeiros povoadores em 16 mil anos atrás.

    Além disso, ferramentas e armas encontradas nesses locais não eram as mesmas, mostrando origens diferentes.

    Leia mais: EUA fecham acordo de quase US$ 2 bilhões para 100 milhões de doses de vacina da Pfizer e BioNTech

    No segundo estudo, os pesquisadores da Universidade de Oxford, Lorena Becerra-Valdivia e Thomas Highman, usaram o carbono 14 e outra técnica baseada em luminescência para datar amostras de 42 locais na América do Norte.

    Usando um modelo estatístico, eles mostraram presença humana generalizada — antes, durante e imediatamente após o Último Máximo Glacial —, entre 27 mil e 19 mil anos atrás.

    Megafauna extinta

    O momento deste período glacial é determinante, uma vez que se considera que os humanos que migraram da Ásia não poderiam ter atravessado as enormes camadas de gelo que cobriram grande parte do continente durante aquela época.

    As populações humanas presentes no continente durante um período anterior também coincidem com o desaparecimento da megafauna, incluindo mamutes e espécies extintas de camelos e cavalos.

    — O estudo aponta que a ampla expansão de seres humanos na América do Norte foi um fator chave na extinção de grandes mamíferos terrestres — concluiu a segunda investigação.
    https://oglobo.globo.com/sociedade/primeiros-humanos-teriam-chegado-america-do-norte-15-mil-anos-antes-do-que-se-pensava-24545048
  • editado July 24
    O que diabos é isso?

    Xadrez com viagens no tempo e dimensões paralelas?

    https://store.steampowered.com/app/1349230/5D_Chess_With_Multiverse_Time_Travel/

  • editado July 25
    Video reconfortante. Fazeção de mesa

  • editado July 28
    População do Brasil deve encolher em quase 50 milhões até o fim do século, aponta estudo

    Até o fim desde século, a população do Brasil deve encolher em quase 50 milhões de pessoas, a China cairá de primeiro para terceiro país mais populoso do mundo, Japão, Itália e Portugal devem ter suas populações reduzidas a menos da metade e a lista dos 10 países com mais habitantes no planeta incluirá 5 africanos - hoje, só a Nigéria faz parte dessa lista.

    Este novo mundo com populações mais enxutas e idosas, onde migrações e trocas multilaterais preencherão vácuos na força de trabalho e abrirão espaço para novas potências é descrito por um novo estudo feito por pesquisadores da escola de medicina da Universidade de Washington e publicado nesta terça-feira (14) pela revista científica britânica The Lancet.

    A partir de novas fórmulas para estimar taxas de natalidade, mortalidade e fluxos de circulação de pessoas, os autores desafiam previsões consagradas ao apontarem que a população mundial não deve crescer indefinidamente.



    https://www.bbc.com/portuguese/brasil-53412547?at_custom1=[post+type]&at_custom4=773D0D02-C625-11EA-88D1-55EC39982C1E&at_medium=custom7&at_custom2=facebook_page&at_custom3=BBC+Brasil&at_campaign=64&fbclid=IwAR0pUS0j8PkZ-7YgCrOwCU4ZG-k3WFX5sPs7a1jikJjoe4AIDDxO22XZBE8
  • editado August 6
    Vídeos da explosão em Beirute:
    Padre no meio da missa:

    Repórter no meio de entrevista:
    https://t.co/ljhtDAT7wk

    Noiva durante sessão de fotos:
    https://t.co/c0mOKRc0jN
  • editado August 7
    Porto de Beirute, antes e depois:
    beirute.jpg
  • Estamos virando uma teocracia corrupta.
    Igrejas querem ampliar isenção em impostos na reforma tributária

    Bancada evangélica na Câmara apresentou emenda pedindo que remessas ao exterior e contribuição previdenciária não sejam taxadas. Especialistas alertam para fiscalização

    Bernardo Mello 08/08/2020

    A frente parlamentar evangélica na Câmara dos Deputados encabeça uma articulação para ampliar, dentro do projeto da reforma tributária, o alcance da imunidade e das isenções concedidas atualmente a entidades religiosas.

    Em reunião no fim de julho com o relator da reforma na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), os parlamentares se uniram em torno de uma emenda do líder da bancada evangélica, o deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM), que livra as igrejas de cobranças em remessas financeiras para o exterior e também na operação de atividades fora dos templos. A emenda ainda pode isentar organizações religiosas da contribuição previdenciária.

    No encontro com a bancada evangélica, Aguinaldo sinalizou interesse em dar “clareza e segurança” sobre a imunidade de igrejas no texto da reforma tributária. Pela Constituição, entidades religiosas são imunes ao pagamento de impostos sobre renda, patrimônio e serviços. A lei atual exige, no entanto, o recolhimento de encargos trabalhistas e previdenciários, entre outras contribuições sociais, além de deixar as igrejas sujeitas a contribuições de intervenção no domínio econômico (Cide) e a taxas sobre serviços específicos.

    — A emenda que apresentamos é muito didática e pedagógica. Pela falta de regulamentação sobre a imunidade religiosa, há brechas atualmente para interpretações da Receita Federal, de estados e municípios. Então, o que a gente pede é uma definição sobre essa extensão — afirmou Câmara.

    — Por exemplo: se as igrejas são imunes, por que incidem tributos sobre produtos utilizados na prestação de seu serviço? Por que o estado pode cobrar ICMS sobre um ônibus alugado para transporte de missionários? Porque não está definida a extensão desta imunidade — completou.

    A emenda da bancada evangélica, apresentada originalmente em setembro do ano passado, é uma tentativa de modificar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45, do líder do MDB, Baleia Rossi (SP).
    [...]
    Para o tributarista Luiz Rafael Mansur, no entanto, as regras previstas na emenda, caso entrem em vigor, pioram o controle sobre operações financeiras internacionais.

    O advogado também acredita que as mudanças abririam brecha para o desenvolvimento de organizações empresariais “protegidas” pela formação de uma igreja. A emenda estende a isenção de contribuição previdenciária para a folha de pagamento de todos os funcionários de uma organização religiosa, incluindo aqueles não diretamente envolvidos com cultos ou trabalho missionário.

    — Além do gigantesco impacto orçamentário para a União, um texto como esse pode ter consequências fiscalizatórias, como em relação à prática de lavagem de dinheiro — disse Mansur.
    https://oglobo.globo.com/brasil/igrejas-querem-ampliar-isencao-em-impostos-na-reforma-tributaria-24575441
  • editado August 20
    Gravação da voz de Alexander Graham Bell de 1885. Foi recuperada de um disco de cera usando leitura por luz, já que o material era muito frágil para ser lido com agulha:

    Quando ele lançou o "Graphophone", a previsão é que seu uso fosse comercial, anotando recados e conversas telefônicas.
    https://connect.ieee.org/da03HBjUeM0Hp00P0m030G0
  • Fernando_Silva escreveu: »
    Gravação da voz de Alexander Graham Bell de 1885. Foi recuperada de um disco de cera usando leitura por luz, já que o material era muito frágil para ser lido com agulha:

    Quando ele lançou o "Graphophone", a previsão é que seu uso fosse comercial, anotando recados e conversas telefônicas.
    https://connect.ieee.org/da03HBjUeM0Hp00P0m030G0
    Faltou uma versão limpa.

  • "Claro que tava gostando", diz padre sobre menina de 10 anos estuprada pelo tio

    Ramiro Perotto escreveu no Facebook que a vítima que engravidou após ser abusada sexualmente pelo tio por 4 anos "gosta de dar".

    Insultos publicados por um padre referentes à menina de 10 anos estuprada pelo tio no Espírito Santo geraram indignação entre moradores do município de Carlinda (MT). Identificado como Ramiro Perotto, ele escreveu no Facebook que a vítima, abusada sexualmente por quatro anos, "gosta de dar".

    As postagens já foram deletadas e o padre excluiu seu perfil, mas capturas de tela foram registradas e continuam circulando pela web. Os comentários dele foram feitos em meio a uma conversa sobre o caso da menina, que após ter engravidado, passou por um procedimento de aborto, respaldado pela legislação, permitindo a interrupção da gravidez a vítimas de estupro, em caso de risco de morte à mãe e se o feto for anencefálico. A criança nesta situação se enquadrou nos dois primeiros itens.

    O padre Ramiro , porém, demonstrou discordar que a criança fosse uma vítima de abuso sexual .

    "Vá defender isso em outro lugar. Você acredita que a menina é inocente? Acredita em papai noel também? 6 anos, por 4 anos e não disse nada. Claro que tava gostando. Por favor kkkk, gosta de dar, então assuma as consequências", escreveu ele. "Duvido uma menina ser abusada com 6 anos por quatro anos e não falar. Aposto minha cara. Ela compactuou com tudo e agora a menina é inocente kkkk. Gosta de dar, então assuma as consequências".
    https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2020-08-21/claro-que-tava-gostando-diz-padre-sobre-menina-de-10-anos-estuprada-pelo-tio.html
  • editado August 22
    Enquanto isso na militância,




Entre ou Registre-se para fazer um comentário.