Veganos horrorizados com gente que come coração de frango

Brasil retira 5,86 bilhões de corações de frangos por ano para satisfazer um paladar mórbido

Reflita sobre o assunto, converse com seus amigos e familiares.

Fim de semana se aproximando e, claro, muita gente já se preparando para o churrasco com os amigos e familiares. Um dos itens que os brasileiros mais consomem nesse tipo de evento é o coração de galinha, também chamado de coração de frango.

Segundo uma matéria da indústria avícola, só em 2016 o Brasil produziu 5,86 bilhões de corações de aves (confira aqui). O nosso planeta tem 7 bilhões de pessoas e só o Brasil matou quase 6 bilhões de aves legalmente durante apenas 1 ano. Esses números não fazem você pensar?

Para cada espeto de corações que roda numa churrascaria durante um rodízio de carnes, cerca de 85 a 100 animais precisaram ser mortos. Esse dado também é da indústria.

Quase toda a produção de corações de frango fica no mercado interno. Segundo os próprios pecuaristas, o coração é um dos miúdos mais valorizados pelos brasileiros.

Felizmente, é possível fazer um churrasco e ter toda a alegria e descontração do evento sem precisar machucar ninguém. O portal Vista-se mantém um hotsite para explicar mais sobre isso e também para ensinar receitas para churrascos veganos: www.EuQueroChurrasco.com.br. O link para esse hotsite está também de forma permanente no menu aqui do portal.

Ao comer o coração de um frango, uma pessoa mastiga veias, artérias, válvulas, pericárdio, ventrículos e outras partes muito semelhantes às do nosso próprio coração. Tenha empatia e compaixão pelos animais. Por favor, considere o veganismo.

https://www.vista-se.com.br/brasil-retira-586-bilhoes-de-coracoes-de-frangos-por-ano-para-satisfazer-um-paladar-morbido/

Comentários

  • Comentários no Facebook:
    Parei de comer coração antes mesmo de ser vegetariana, eu amava, mas não tinha um pingo de noção, quando me dei conta que para eu comer um espeto, diversos animais eram mortos, eu não consegui mais comer. Eu era uma criança quando isso aconteceu. Nojo!
    Se a humanidade está aqui para evoluir, por que continua fazendo isso? O ser humano se perdeu em meio a costumes insanos que custam VIDAS e tentam amenizar os próprios atos dizendo que é o costume.
    Isso me dá ânsia de vômito... Como pode algo cruel e nojento ser "normal"?
    Melhor do que jogar fora, né. Se já matou para pegar a coxa, o peito, porque desperdiçar essa coisinha deliciosa que é o coração.
    Desgraçado! Parabéns. Tira do ser humano também!!!
    Me da o seu
    Por essas e por outras que a natureza está revoltada e o mundo chegando ao fim
    Aprendi com a vida e amor aos animais que nada de mal fizeram para serem sacrificados simplesmente pra satisfazer o homem
    É o cúmulo achar que td bem comer CORAÇÃO.
    Não escapa nada da industria, crueldade
    Jesus amado....e a violencia social explode junto.....claro.....
    E para alimentar uma indústria que só quer aumentar os lucros e o resto que se dane!
    https://www.facebook.com/vistase/posts/1664927133559775

     
  • Mata-se animais que jamais teriam nascido se todo mundo fosse vegano,  logo, deixar de comer frango não salva animal nenhum.
  • Esta turma ficaria horrorizada com o popular X-Coracão, fast good gaúcho. Cada lanche deve consumir um galinheiro todo.
  • editado October 2017
    Nos supermercados, eu vejo embalagens de carne de frango que tem só as partes dos músculos do animal. Provavelmente, nesses casos, o coração e outros órgãos não foram jogados fora. Há demanda para eles. Há demanda simultânea para os que só gostam dos músculos e para os que só gostam dos órgãos dos animais.

  • Será que os veganos terão algum argumento contra isto?
    Carne de frango criada em laboratório será vendida a consumidores

    Rafael Rigues 3 de dezembro de 2020

    Uma das lendas urbanas mais antigas que circula na Internet, datando do início da década de 90, afirma que a rede de fast-food KFC não usa frangos de verdade em seus pratos, mas sim carne de “organismos mutantes” geneticamente modificados e criados em laboratório, sem bicos, penas e pés e com estrutura óssea reduzida para que produzam o máximo de carne possível com o mínimo desperdício.

    É uma mentira deslavada, mas que ironicamente passará a ter um fundo de verdade em breve. Uma companhia norte-americana chamada Eat Just conseguiu aprovação para vender, em Singapura, produtos contendo carne de frango artificial criada em laboratório.

    Mas ao contrário da lenda urbana, este frango criado em laboratório nunca foi um “ser vivo”. No processo da Eat Just, células musculares de frango são coletadas e cultivadas em um biorreator, onde são alimentadas com uma solução de aminoácidos, carboidratos, minerais, gorduras e vitaminas. Segundo o site da empresa, “o processo ocorre em um ambiente seguro e controlado, de forma similar à fermentação em uma cervejaria”.

    b4635529-28d3-4da7-a2af-2b0b169a0d51-eat_just.JPG?width=660&height=382&fit=crop&format=pjpg&auto=webp
    Nuggets com carne de frango criada em laboratório pela Eat Just

    Frango artificial: seguro e sustentável

    A empresa afirma ter produzido 20 lotes da carne de frango em seus biorreatores, que tem capacidade para 1.200 litros cada, para demonstrar sua segurança às agências reguladoras. Os testes mostraram que o produto atende aos mesmos padrões de segurança que a carne de frango tradicional, e tem “conteúdo microbiológico extremamente baixo e significativamente mais limpo que o frango convencional”, diz a empresa.

    A empresa cita um estudo que afirma que seu “frango” também é mais sustentável, emitindo de 78% a 96% menos gases causadores do efeito estuda, exigindo 99% menos terras e usando de 82% a 96% menos água que a carne produzida convencionalmente.

    “Estou certo que nossa aprovação para carne ‘cultivada’ será a primeira de muitas em Singapura e em países ao redor do mundo”, diz Josh Tetrick, cofundador e CEO da Eat Just.
    publicidade

    Apesar das vantagens da tecnologia, o custo ainda é um desafio. O primeiro produto a chegar ao mercado serão nuggets de frango, vendidos a um preço que a empresa afirma ser equivalente a “frango premium” em restaurantes.

    Fonte: USA Today
    https://www.usatoday.com/story/news/world/2020/12/02/eat-just-lab-grown-chicken-gets-regulatory-approval-singapore/3791581001/
    https://olhardigital.com.br/2020/12/03/noticias/carne-de-frango-de-laboratorio-sera-vendida-para-consumidores/


  • editado December 2020
    Fernando_Silva escreveu: »
    Brasil retira 5,86 bilhões de corações de frangos por ano para satisfazer um paladar mórbido
    Carambolas, não vejo a menó graça ni coração de frango.
  • Será que os veganos aceitarão receber vacina contra covid 19?
  • Acauan escreveu: »
    Esta turma ficaria horrorizada com o popular X-Coracão, fast good gaúcho. Cada lanche deve consumir um galinheiro todo.

    Bah e é bom. Um dos mais caros.
    Aqui no sul coração de galinha é oferecido para a criançada nos churrascos. Ele adoram. Fica pronto rapido. Quando a costela fica pronta, a piazada já está alimentada e deixa os pais em paz.
  • Mas coração de boi eu não gosto. servem muito nos "bandejões de firma" em forma de "iscas". É uma carne dura e muito gordurosa.



  • ENCOSTO escreveu: »
    Mas coração de boi eu não gosto. servem muito nos "bandejões de firma" em forma de "iscas". É uma carne dura e muito gordurosa.



    Verdade.
  • editado December 2020
    Vísceras de bicho de consumo humano costumam ter muita química. Uma coisa visceral sem trocadilho.
  • Acauan escreveu: »
    Mata-se animais que jamais teriam nascido se todo mundo fosse vegano,  logo, deixar de comer frango não salva animal nenhum.

    Essa é uma boa questão, melhor ter uma morte precoce do que nunca ter nascido?
    Melhor nunca ter existido do que ter uma vida miseravel sofredora?
    A questão da alta produtividade de alguns animais de consumo é o desequilibrio ambiental
  • editado December 2020
    Quanto comer coração de galinha, tem coisa bem pior tem gente comendo C# de galinhas
  • Acauan escreveu: »
    Mata-se animais que jamais teriam nascido se todo mundo fosse vegano,  logo, deixar de comer frango não salva animal nenhum.
    Andei pensando sobre isto. Todo animal se reproduz e tem utilidades que não sejam simplesmente para nos alimentar com sua carne. Ovos de mil gêneros, Leites, adubos, vigilância e companhia, mel, etc.
    Pode-se fazer um lista, deles.

    E mesmo quando velhos, e morrem, seu couro para vestuário, calçados, chifres nos artesanatos, drogas, peles com mil utilidades e centenas de outras coisas.
    Mas existe uma tendência, principalmente na carne vermelha e vísceras, de portar inúmeras enfermidades, detectáveis de imediato ou por vias indiretas mais tarde.

    Não como carne e tenho um filho que desde criancinha investiga, com lupa, se há resquício de carne, no seu prato. Briga e esperneia. Verdadeira fobia.
    São as tais coisas: de onde vem isto?

  • patolino escreveu: »
    Não como carne e tenho um filho que desde criancinha investiga, com lupa, se há resquício de carne, no seu prato. Briga e esperneia. Verdadeira fobia.
    São as tais coisas: de onde vem isto?
    Deve ser culpa do K-pop
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.