Games: O que andam jogando, indicações e Notícias.

Tópico auto explicativo:

Street_Fighter_Collection_2_psx_title.png

Joguei a versão World Warrior, me esqueci o quanto era difícil a primeira versão de Street Fighter 2.

dragon-ball-z-budokai-3.jpg

Finalmente aprendi a jogar esse bagaça, melhor que o Tenkachi disparado. Comandos simples de executar, sem ser Naruto demais. Você percorre o storyline de acordo com os personagens e tal... Vale a pena.

Comentários

  • header.jpg?t=1515664275

    Agora que fiz todos os finais e vi o jogo completo posso dizer:

    Melhor jogo da história da humanidade.

    Ponto.
  • editado February 2018
    Fliperamas com realidade virtual a 60 reais por hora nos shoppings
    Casas de realidade virtual se tornam versão moderna dos fliperamas

    Nos anos 80 a febre eram os fliperamas; na década de 90, as locadoras de videogame bombavam com suas inúmeras opções de consoles para quem quisesse jogar os últimos lançamentos. No início dos anos 2000, as lanhouses se tornaram redutos preferidos de quem procurava o que havia de mais moderno no mundo dos games online. Desde o início, comprar máquinas poderosas ou os consoles modernos nunca foi para qualquer bolso. A história se repete. A novidade agora são locais exclusivos para jogar usando os mais diversos equipamentos de realidade virtual - as casas VR.

    A gente visitou três espaços aqui em São Paulo para experimentar a novidade. O mais recente é este aqui. Em nove salas independentes, o jogo é um só - um game de estratégia que pode ser jogado por até quatro pessoas ao mesmo tempo. Na maioria das vezes, a solução está na colaboração entre os participantes, que tem a missão de salvar o mundo em cinco missões diferentes. Em ambientes inusitados como a superfície lunar ou a Era Jurássica, os jogadores precisam decifrar enigmas que os levam para a próxima fase. Os cenários são cheios de detalhes, mas o game requer mais estratégia do que qualquer tipo de movimento.

    Neste outro espaço, o Leandro, um colecionador de videogame, resolveu transformar sua paixão em profissão. Aqui, além dos jogos mais populares e até um simulador de automobilismo, ele oferece a primeira arena de realidade virtual. Com o computador nas costas e sensores acoplados nas pernas e em um fuzil eletrônico, os jogadores conseguem não só se enxergar dentro do game, mas se movimentam livremente para impedir um ataque alienígena. A experiência é bastante imersiva, divertida e até cansativa dependendo de quanto tempo você ficar ali atirando em criaturas violentas…

    Os óculos de realidade virtual, combinados com computadores potentes, proporcionam uma experiência quase de teletransporte. É só vestir o equipamento para pisar em um mundo paralelo. É possível ter as sensações mais inusitadas como mergulhar com tubarões, escalar o Everest, fugir de zumbis ou desafiar seus piores medos, como altura e terror. E, não adianta você tentar dizer para si mesmo que aquilo é só um jogo. Com os óculos e o fone de ouvido, a imersão é instantânea.

    O preço ainda é um pouquinho salgado, mas vale a experiência. Essas casas cobram, em média, 60 reais por hora de jogo usando óculos de realidade virtual. Mas para quem ainda não teve a sensação, a gente recomenda. E, se prepare, se você acha que vai conseguir controlar seu cérebro dizendo “isso é apenas um jogo”, acredite, não é tão simples assim. Em uma conversa bastante legal com um psicólogo totalmente ligado à tecnologia explicamos o fenômeno: como a realidade virtual engana tão bem o seu cérebro. O link está logo abaixo deste vídeo no nosso site. Confira antes de se aventurar…
    https://olhardigital.com.br/video/casas-de-realidade-virtual-se-tornam-versao-moderna-dos-fliperamas/74124
  • editado February 2018
    2i9721j.jpg
    Tô com uns jogos pra jogar entre eles 
    # HorizoN zero dawn 
    # the evil within 
    # the last of us 
    # God of war 
    Zerei sonic forces e minha opinião : jogo meia boca com botões que fazem tudo automático e level design das fases bem simples sem dificuldades não empolga...
    Fases bem curtas sem obstáculos...
    A história é boa mas é só 6 horas de gameplay no máximo 

    Tem dois jogos que tou jogando agora : resident evil 4 reMaster e Knack 
    Resident evil 4 tem sido frustrante porque morro demais mesmo no nível normal e tô com 6 horas de gameplay e agora que passei do bitorrez Mendes e entrei no castelo com a ashley.(Um terço do jogo)[tem viciado que zera em duas horas] Gostei da parte da vila mas o castelo tô morrendo demais...
    Ao contráriodo resident evil 4 e sonic forces um jogo que tô amando jogar é Knack 
    Porrradaria desenfreada e obstáculos de plataforma 
    Um jogo que não curtia assim desde fighting force do PsOne em 2004.
    Muito  bacana recomendo muito knack! ! Show!

    Vim do PsOne e no fifa e pro evolution soccer você tinha uma opção de escolher entre setas/direcional ou analogicos /alavancas pra correr e  hoje no PS4 só tem alavancas mesmo no knack que tô curtindo jogar só o analógico pra movimentar/correr 
    Alguém sabe de software pra mudar botões pras setas ou truque pra se acostumar com os analogicos? ?
  • @Cameron
    Nier automata o mais barato que achei pra ps4 custa 140 reais e vi também que é a Square Enix quem faz o jogo. 
    Mas quantos horas de gameplay e oque  é basicamente?  É ação porradaria ou estratégia RPG?
    Deve ser um bom jogo vou dar uma comprada agora dia 27....
    Valeu a dica!
  • editado February 2018
    Nier automata o mais barato que achei pra ps4 custa 140 reais e vi também que é a Square Enix quem faz o jogo. 
    Mas quantos horas de gameplay e oque  é basicamente?  É ação porradaria ou estratégia RPG?
    Deve ser um bom jogo vou dar uma comprada agora dia 27....
    Valeu a dica!

    A Square Enix distribuiu o jogo, quem fez foi a Platinum Games.

    Para fazer o primeiro final com a 2B sem perder muito tempo com as sidequests é cerca de 20 horas, o segundo gameplay são os mesmos eventos sob a ótica do 9S e algo em torno de 10 horas, o terceiro gameplay é a continuação dos eventos dos dois primeiros que terminam no mesmo lugar e mais umas 8 horas se for direto.

    Quanto a jogabilidade é uma salada, mistura de jogo de navinha, RPG de ação, mundo aberto, etc...

    Mas a melhor parte de longe é a história e a trilha sonora, ganha disparado de qualquer outro que tive a oportunidade de jogar.
  • Zerei sonic forces e minha opinião : jogo meia boca com botões que fazem tudo automático e level design das fases bem simples sem dificuldades não empolga...

    Jogos do Sonic desandaram desde o Dreamcast, o último acerto da SEGA foi o Generations.
  • Novo Loader permite que jogos sejam salvos no MD Play e no "novo" Mega Drive da Tec Toy:


  • editado February 2018
    Sou novo no GBA e descobri recentemente esse porte do Doom 2 que eu achei que era alguma bobagem como uns que vi para consoles 16 bits.
    Eu estava errado, fiquei boquiaberto com esse porte e ficava o tempo todo me perguntando como era possível uma coisa dessas.



    Esse jogo me fez perceber que o GBA não é um simples SNES portátil, seu processador é muito mais potente, algo que se confirmou com outros jogos que vi sendo recomendados pra ele.
    Uma pesquisa rápida sobre as diferenças confirmou que o GBA é bem mais potente que o SNES, algo que me surpreendeu pois os primeiros jogos que peguei pra ele foram jogos tipicos de SNES como os marios e metroids.

    Isso me levou a pesquisar mais sobre o GBA em busca de bons jogos e foi quando eu descobri um Duke Nukem 3D "novinho" feito pra ele.
    Ele é o que vou começar a jogar agora, joguei os 2 primeiros mapas para testar e é uma excelente nova versão FPS do Duke Nukem.

  • @Cameron valeu a dica!!!
    Olha meus jogos novos!!!
    Comprei nier automata por 99 reais lacrado pena so ter idioma inglês.
    O god of war 2018 comprei por 150 reais mas vou zerar primeiro o knacK 1 e KNACK 2 depois ai sim passo pro god of war 3 remastered depois sim god of war 2018.
    2rqyn8x.jpg
    j0idjq.jpg
  • Eu preciso tirar a poeira do meu PS2 e voltar a jogar meu 3ds...
  • Eu preciso tirar a poeira do meu PS2...
    Dependendo das configurações do seu PC o emulador PCSX2 já ultrapassou o que o console original tinha a oferecer faz tempo, especialmente em tempo de carregamento. 

    Eu não jogaria Culdcept 2 no PS2 a 30 fps ao invés de 300 fps do PC de jeito nenhum.
     
  • Cameron escreveu: »
    Eu preciso tirar a poeira do meu PS2...
    Dependendo das configurações do seu PC o emulador PCSX2 já ultrapassou o que o console original tinha a oferecer faz tempo, especialmente em tempo de carregamento. 

    Eu não jogaria Culdcept 2 no PS2 a 30 fps ao invés de 300 fps do PC de jeito nenhum.
     

    Prefiro console mesmo, não tenho máquina pra isso.
  • editado September 2018
    Prefiro console mesmo, não tenho máquina pra isso.

    Quais as configurações da sua máquina? PS2 já pode ser considerado um console antigo e o emulador está excelente em termos de otimização, conseguia rodá-lo até em uma jurássica (e medonha) GMA 3150...
  • Além disso, mesmo que você ainda use HDD 5400rpm ao invés de SSD o carregamento dos jogos será mais rápido que ler um DVD.
  • Meu pc é de 2010. Além do mais prefiro no console mesmo, já perdi muitos saves no pc por ter que ficar formatando e tal.

  • Cameron escreveu: »
    Prefiro console mesmo, não tenho máquina pra isso.

    Quais as configurações da sua máquina? PS2 já pode ser considerado um console antigo e o emulador está excelente em termos de otimização, conseguia rodá-lo até em uma jurássica (e medonha) GMA 3150...

    Se é pra uma emulação de bosta, prefiro nem emular.
  • Meu pc é de 2010. Além do mais prefiro no console mesmo, já perdi muitos saves no pc por ter que ficar formatando e tal.

    É só baixar uma versão portátil do PCSX2 e colocar todos os arquivos em uma partição separada que não será deletada durante as formatações, tenho saves aqui do tempo que tinha essa citada GMA 3150 até hoje.

    Mas se o seu PC for realmente fraco então a emulação não ficará muito melhor então vai no console mesmo.
  • Isso meu pc é fraco pra isso. Mas tem entusiastas. Por exemplo o Amer do Canal do Amer faz gameplays direto do PS2 dele. Acho que o máximo que ele já emulou no canal dele foi Dreamcast.
  • Shoot ’em up Squadron 51 coming to PS4, Xbox One, Switch, and PC in 2021

    Squadron-51_01-14-21.jpg

    A spaceship shooter with 2D gameplay and 3D environment.
    Publisher Assemble Entertainment, China-based publishing partner Whisper Games, and Brazil-based developer Loomiarts will release shoot ’em up Squadron 51 for PlayStation 4, Xbox One, Switch, and PC (Steam) in 2021, the companies announced.

    “We’re huge fans of classic sci-fi horror and we jumped at the opportunity to co-publish Squadron 51 with our partner WhisperGames,” said Assemble Entertainment CEO Stefan Marcinek in a press release. “Squadron 51 has found a loving home among Assemble Entertainment’s other award-winning titles known for their charming eccentricity. Fans of all genres will appreciate this delightfully original shoot ’em up.”

    Here is an overview of the game, via Assemble Entertainment:

    Squadron-51_2021_01-14-21_003.jpg

    About

    Warning! Extraterrestrials from outer space have arrived on our planet, bringing promises of a bright new future for the earthlings. However, this otherworldly partnership soon reveals a darker side as the VEGA Corporation, the alien enterprise led by the hideous Director Zarog, is imposing its predatory politics on the human race. In the midst of this oppression, the rebel group Squadron 51 rises as a response against the violent acts committed by these vile beings. Will the brave pilots of Squadron 51 and their aircraft stand a chance against Zarog’s diabolic fleet of flying saucers?

    Squadron-51_2021_01-14-21_008.jpg

    Key Features

    SHMUP Yeah! – Enjoy classic shoot-’em-up gameplay with four unique aircraft that can be customized with special weapons.
    Cinematic Experience – Marvelous black-and-white aesthetics, live-action FMV sequences, and dubbed voices will tell the story of the battle between Squadron 51 and Director Zarog’s alien fleet.
    11 Ways to Save the World – Fight against enemy ships and bosses in 11 different environments – snowy mountains, forests, cityscapes, and more.
    Rookie Pilots Supported – Whether you’re a beginner or a veteran flying ace, Squadron 51 supports dynamic difficulty that allows every pilot to enjoy the alien extermination.
    Ducks Fly Together! – Fighting an alien horde is more fun with a squadmate! A second player can enter a level at any time — earn points with a co-op player and unlock together new special weapons and upgrades.

    Squadron-51_2021_01-14-21_005.jpg



    https://www.gematsu.com/2021/01/shoot-em-up-squadron-51-coming-to-ps4-xbox-one-switch-and-pc-in-2021
  • Percival escreveu: »

    Que foda.

    Parece que tem coisa do primeiro Arcade game e do Turtles in time misturados.

    Battletoads foi um desastre, acho que nesse aí fizeram direito.

    Será que terá pra PC na locadora do Paulo Coelho?
  • Deve ter são dos mesmos criadores do Steets of Rage 4.
  • editado March 12
    O tema foi regravado pelo Mike Patton da banda Faith no More.
    https://rollingstone.uol.com.br/noticia/mike-patton-do-faith-no-more-canta-tema-de-novo-jogo-das-tartarugas-ninjas/
    Um game/desenho do final dos anos 80 combina com um cantor da mesma era.

    Ótima banda, poucas músicas realmente boas mas mesmo assim era legal.

    Usavam os sintetizadores muito bem junto com o rock.


  • Sim, verdade.

    Aproveitando vou deixar o link de um vídeo de um Fangame que é praticamente um mix dos jogos do NES, SNES e Game Boy:



    Será que com uma máquina modesta consigo rodar isso tranquilamente. Eu tava pensando em montar uma máquina só pra rodar esses joguinhos retrô que saem.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.